Mais uma

Os servidores do INSS podem se juntar a carteiros e fiscais da Anvisa e fazer uma paralisação de 24h da próxima quinta. A paralisação visa pressionar o governo a reabrir as negociações com os trabalhadores da carreira do seguro social (INSS) e seguridade (Saúde Federal, MPS e DRT). A tabela salarial apresentada pelo Ministério do Planejamento aos servidores não prevê qualquer reajuste linear, dizem os trabalhadores.

Plantar papel
O Projeto Tear – Oficinas de Trabalho, Terapia e Arte, programa realizado em Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo, ensina portadores de deficiência mental a como produzir papel ecologicamente correto, que após ser utilizado é cultivado na terra e se transforma em grama. A proposta de confeccionar o material surgiu para atender à solicitação de uma grande rede de supermercados. O produto, que tem entre seus ingredientes sementes de grama, apresenta um tempo curto de decomposição: de dez a 12 dias, na terra. O “papel que vira planta” tem mesmo custo do material feito com outras fibras: cerca de R$ 0,90 por folha, mas não leva produtos químicos.

Exterminadores do futuro
Os responsáveis pela Saúde nos governos Federal – José Gomes Temporão – e fluminense – Sérgio Cortes – têm mais uma coisa em comum, além de ambos terem construído suas carreiras no Rio: prometem hospital do futuro e acabam fechando as unidades. Na esfera federal está o Hospital Universitário do Fundão, que só não fechou totalmente devido à dedicação de médicos e demais funcionários, mas está esvaindo aos poucos – só voltou a fazer transplantes de fígado depois de dois meses parado porque recebeu verba de emergência.
Já no governo de Sérgio Cabral, a promessa era modernizar o Instituto Estadual de Infectologia São Sebastião, localizado no Caju, único na especialidade em todo o estado do Rio de Janeiro. As obras de reforma foram interrompidas e a unidade, fechada.
O deputado estadual Paulo Ramos (PDT) disse que o governo Sérgio Cabral Filho está “esquartejando” a rede de hospitais estaduais.

Vapor
Depois das vendas em São Paulo, que são alvo de investigação dos ministérios públicos de São Paulo e da Suíça, a multinacional francesa Alstom continuou fazendo negócios com governos, inclusive o Federal: foram negociadas mais de dez turbinas a gás e vapor para térmicas do PPT.

Discriminação
Sempre prontos para escrever libelos contra passeatas de trabalhadores que engarrafam o trânsito, os “jornalões” do Rio guardam curioso silêncio sobre a parada gay de Niterói, realizada neste domingo. Apesar de a presença de público ter ficado bem abaixo do previsto pelos organizadores – estima-se que menos de 30 mil pessoas compareceram, menos do que a metade de 2007 – a manifestação fez jus ao nome e parou o trânsito da cidade. Espera-se dos “jornalões” veementes protestos, até para não parecer que só se transformam em paladinos do direito de ir e vir quando se trata de atacar manifestações de trabalhadores.

Vou de van
O deputado federal Chico Alencar (PSOL), candidato à Prefeitura do Rio, iniciou sua campanha nas ruas criticando a política de transportes do prefeito Cesar Maia. O atual sistema só beneficia “cinco ou seis barões” em detrimento da maioria da população, acusou. E acabou defendendo o transporte alternativo, um dos maiores responsáveis pelo caos no trânsito: “Quando a população encontra uma alternativa, como o transporte alternativo, acontece a repressão. É claro que a Fetranspor e a Rio Ônibus gostam muito dessa repressão. Mas temos que valorizar os pequenos que está defendendo o seu ganha pão”, comentou Chico.

Versões
A notícia de que Ingrid Betancourt foi libertada após pagamento de US$ 20 milhões pode até ser falsa; mas, com certeza, a versão do governo colombiano não é verdadeira.

Marcos de Oliveira e Sérgio Souto

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDireita usa esquerda
Próximo artigoDiploma

Artigos Relacionados

Petrobras também foi ao mercado em Londres

Estatal criou subsidiária na década de 80 para atuar nas Bolsas.

Petroleiras ganham dinheiro no mercado, não com produção

Desde a década de 1980, companhias viraram empresas financeiras.

‘EUA do Mar’ seria considerado crime de lesa-pátria

Na terra de Biden, entregar navegação a estrangeiros é impensável.

Últimas Notícias

Oportunidades vistas em maior recuperação produtiva após corte de RRR

O corte do coeficiente de reserva exigida (RRR, sigla em inglês) do Banco Central da China com início do 15 de dezembro deve oferecer um melhor apoio à economia e pode estimular oportunidades de investimento a partir de uma maior recuperação da lucratividade dos fabricantes listados, relatou a Xinhua Finance citando a China Merchants Fund Management Co., Ltd. na terça-feira.

Primeiro lote de e-commerce transfronteiriço de Hainan FTP no exterior

Uma empresa chinesa do porto de livre comércio (FTP, sigla em inglês) de Hainan exportou recentemente o primeiro lote de mercadorias para seu depósito no exterior por meio do comércio eletrônico transfronteiriço.

Brasil é o 9º país que mais gastou com tarifa pré-paga

No Uzbequistão paga-se somente R$ 0,11 pelo mesmo benefício.

Faria: De R$ 9,7 bi de multas, só R$ 900 milhões foram pagos no setor

Menos de 10% das multas aplicadas são pagas.

PEC dos Precatórios abre espaço de R$ 65 bi no Orçamento de 2022

Precatórios não pagos podem chegar a R$ 121 bilhões em 2026.