Mais uma facada na Previdência

O presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos, acredita que a terceirização permitirá que as pequenas empresas “participem de cadeias produtivas como prestadoras de serviços especializados ou tenham contratos de trabalho que sejam adequados às modernas relações que a CLT não contempla e traz insegurança jurídica”. Esse arranjo significará mais um baque nas contas da Previdência. Se grandes companhias trocarem seus funcionários com carteira por terceirizados de empresas optantes do Simples, deixarão de arcar com 20% da alíquota previdenciária. A terceirizada, no caso de recolher pelo sistema simplificado, pagará de 4,5% a 16,93% – incluindo aí todos os impostos, como o de Renda e o ISS.

Se o empregado virar patrão de si mesmo – a pejotização – a situação piora, pois nem o 11% sobre o salário será recolhido, caso faça uma retirada mínima e opte por receber os rendimentos isentos. Até o Sebrae, assim como as outras entidades do Sistema S, perderá, pois não contará mais com o percentual que incide sobre a folha.

Conta-gotas

Mais uma notícia comprometendo o ministro da Justiça, Osmar Serraglio, na Operação Carne Fraca. Ele seria o “velhinho que está conosco”, segundo uma fiscal, cuja conversa telefônica foi grampeada. A revelação reforça o que esta coluna disse: não há condição de manter Serraglio no cargo, ao qual está – ou deveria estar – subordinada a Polícia Federal.

Teoria

Já há quem acuse a Operação Carne Fraca de ser uma conspiração contra a Lava Jato, ao repetir os até então aceitos e agora criticados métodos da justiça federal do Paraná.

Estante

Aproximadamente 60% da população do mundo com acesso à internet lê livros diariamente ou pelo menos uma vez por semana; 30% o faz todos os dias ou quase todos os dias. É o que mostra pesquisa feita em 17 países pela GfK. Na China, 70% afirmou que a leitura acontece pelo menos uma vez por semana. O percentual é de 59% na Rússia e 57% na Espanha.

Mais de um terço (35%) das pessoas em famílias de alta renda dizem que leem livros “todos ou quase todos os dias”, em comparação com um quarto (24%) das pessoas em famílias de baixa renda. Uma em cada dez pessoas em famílias de baixa renda declaram que nunca leem livros – o triplo da percentagem de pessoas em famílias de alta renda (3%).

O relatório pode ser lido em www.gfk.com/global-studies/global-study-overview/

Barra Norte

A Associação de Terminais Portuários Privados (ATP) apresentou o Projeto Barra Norte, em fase de estudo, ao corpo técnico da Marinha do Brasil. O trabalho trata da necessidade de melhorar a segurança da navegação na Barra Norte do Rio Amazonas. Ciente da importância que tal análise acadêmica representa para o setor logístico portuário, a ATP vislumbrou a oportunidade de colaborar com o estudo capitaneado pela professora Susana Vizon, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e, de fato, transformá-lo em um projeto que vai proporcionar ganhos diversos aos setores que atuam na Região Amazônica.

“Basicamente o estudo visa verificar a possibilidade do aumento do calado na Barra Norte. Ou seja, o estudo busca avaliar soluções que garantam uma melhor navegabilidade com foco no aumento da competitividade entre os terminais portuários que já operam na região”, explicou Murillo Barbosa, diretor-presidente da ATP.

Sem crise

A Doria Editora – do prefeito de São Paulo – anunciou que a revista LIDE passa de bimestral a mensal. Além disso, cada edição será acompanhada de encartes temáticos sobre varejo, empreendedorismo, marketing, saúde e agronegócio.

Pechincha

Uma empresa de médio porte brasileira ouviu, em reunião com uma multinacional da área de petróleo, que os estrangeiros estão preparados para mutos negócios com a Petrobras, porque está tudo uma pechincha.

Rápidas

A agência de promoção de negócios digitais entre Brasil e China, CBIPA – China Brazil Internet Promotion Agency realiza, no dia 30 de maio, no WTC, em São Paulo, o Chinnovation 2017, encontro entre executivos da indústria de internet dos dois países *** No dia 29 próximo, durante todo o dia, a Fundação Perseu Abramo (FPA), junto com outras entidades, realizará o seminário “Impactos da Eleição de Trump para a América Latina e o Brasil”. O evento acontecerá no hotel Golden Tulip Paulista Plaza *** A FGV e a Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 1ª Região – Amatra1 realizam nesta sexta (24) o seminário O Direito do Trabalho e a Crise Econômica: Flexibilização e Terceirização. Será no Ministério do Trabalho no Rio (Rua da Imprensa, s/nº, Centro, auditório do 4º andar). Inscrição: http://bit.ly/Inscricao_Mercado_Trabalho *** A Nissan América Latina anunciou que Guy Rodriguez é o novo vice-presidente regional de Vendas e Marketing, substituindo José Román que foi promovido a vice-presidente Corporativo Global da Unidade de Negócios Datsun, na sede da Nissan Motor Company, no Japão.

Artigo anteriorQuem paga a conta
Próximo artigoConteúdo estrangeiro
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Cortes poupam petroleiras e ‘bolsa refrigerante’

Para liberar auxílio emergencial, governo prejudica setores essenciais.

Inflação e PIB expõem falácia do Teto dos Gastos

‘Faz sentido?’, pergunta Paulo Rabello. ‘Claro que não’.

Mirem-se nos exemplos da Shell e da Exxon

Petrobras é fundamental para o desenvolvimento brasileiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Investimento chinês em pesquisa aumentará 7% ao ano até 2025

País divulga 14º Plano Quinquenal; desde 1953, PIB cresceu 1.232 vezes.

FMI: orçamento deve atender direitos das mulheres

No Egito, por exemplo, houve mais recursos para serviços públicos de creche.

Planos registram maior número de beneficiários desde dezembro de 2016

Dados de janeiro foram divulgados hoje pela ANS e confirmam tendência de crescimento no país.

MP-RJ pede júri popular para Flordelis e mais oito réus

Deputada é acusada de mandar matar o marido; 11 réus respondem ao processo, mas o MP pediu para não se pronunciar sobre dois deles.

Payroll de fevereiro surpreendeu positivamente as expectativas

Soma-se às surpresas a revisão no número anterior de 49k para 166k e, principalmente, a criação de vagas no setor privado em 465k.