Mal sinal

Segundo cálculos do Banco Mundial (Bird) apenas um em cada três brasileiros tem conta em banco e paga spread bancário (diferença entre o juro pago para captar e emprestar) de 49,2%, contra a média de 10% nos países desenvolvidos. Num ranking com 130 nações, o Brasil é um dos países nos quais os bancos cobram os maiores spreads, mas fica apenas em 53º lugar no volume de crédito. Os dados constam da edição deste mês da revista Por Sinal,  do Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central (Sinal), que acusa o BC de atuar como uma casa de corretagem, com risco zero e sem concorrência, voltada para captar dinheiro para o cofre do Tesouro Nacional.

Guinada
O ano ainda não está perdido, afirma Claudio Vaz, diretor do Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos (Depecon) da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e candidato à presidência da entidade. O Brasil possui condições suficientes para iniciar nos próximos três meses um novo ciclo de desenvolvimento e reverter o quadro de baixo crescimento da economia. “Depende do governo focar sua ação em programas de geração de emprego e renda e intensificar a queda dos juros”, enfatizou Vaz. A redução da vulnerabilidade externa do país, decorrente do crescente saldo comercial brasileiro, indica o acerto da política econômica praticada até agora. “Mas daqui para a frente é preciso aproveitar esta oportunidade e adotar medidas mais autônomas de desenvolvimento econômico”, completou o industrial e economista.

Sesi na avenida
A formatura dos primeiros 5.137 alunos do curso de alfabetização “Sesi – Por um Brasil Alfabetizado”, desenvolvido no Rio pela Firjan, será comemorada no próximo domingo, no Forte de Copacabana, com show do cantor Dudu Nobre. Antes, às 10h, haverá uma passeata pela Avenida Atlântica, partindo da esquina com a rua Miguel Lemos em direção ao Forte, com direito a dois trios elétricos e um samba especialmente preparado para a ocasião.

Concurso
Economistas que queiram trabalhar na aprazível Natal devem ficar atentos para o concurso público de provas de títulos para docentes da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. O período de inscrições irá de 3 a 31 de maio e as provas serão realizadas no dia 20 de junho. São duas vagas para a área de teoria macroeconômica e uma  para a área de teoria microeconômica. O candidato precisa ter concluído o curso de Ciências Econômicas. Mais informações pelo e-mail [email protected]

Centenas
Parlamentares que estiveram em Rondônia voltaram convencidos que mais de 100 garimpeiros foram mortos pelos índios, a maioria com tiros de metralhadora. Os corpos foram jogados no rio e só foram deixados para trás os que foram assassinados com facas e armas leves. O deputado Alberto Fraga (PMDB-DF), ex-coronel da PM, afirmou ontem, na Câmara: “Em 25 anos de polícia nunca vi algo parecido”.

Transparência
O presidente do Banco do Brasil, Cassio Casseb, estará hoje na Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRJ). Às 16h ele fará palestra sobre “A governança corporativa no Banco do Brasil e nos seus investimentos e parcerias”, durante reunião do Conselho de Empresarial de Governança Corporativa da ACRJ, presidido por Antonio Carlos Martins. A ACRJ fica na Rua da Candelária, 9, Centro.

Ferro
O presidente do grupo Gerdau, Jorge Gerdau Johannpeter, defendeu que o reajuste do salário mínimo seja “baixo” para evitar pressão sobre as contas públicas e viabilizar a queda dos juros. Como não depende tanto do mercado interno e atue num mercado oligopolizado, que está sendo investigado pelo Cade, Gerdau pode se dar ao luxo de dizer coisas como essa. Trabalhadores que penam no andar de baixo pensam em dar o troco: propor que o pro labore de Gerdau seja aumentado generosamente. Assim, ele pagará boa fatia de Imposto de Renda, e deixará, como a maioria dos executivos, de se beneficiar de expedientes – legais, diga-se de passagem, mas não legítimos – como receber Juros sobre Capital Próprio, que deixa apenas 15% para o Leão.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPesquisa nacional
Próximo artigoNovas fontes

Artigos Relacionados

‘EUA do Mar’ seria considerado crime de lesa-pátria

Na terra de Biden, entregar navegação a estrangeiros é impensável.

Governo Bolsonaro não dá a mínima para a indústria

País perde empregos de qualidade e prejudica desenvolvimento.

Taxa sobre exportação de petróleo renderia R$ 38 bi

Imposto aumentaria participação do Estado nos resultados do pré-sal.

Últimas Notícias

Fundos de investimento poderão atuar como formadores de mercado na B3

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) autorizou os fundos de investimento a atuarem como formadores de mercado na B3, a bolsa do Brasil. A...

ABBC: Selic deve subir 1,50 ponto percentual

O Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) se reúne na próxima terça-feira (7) para decidir sobre a nova Selic, a taxa básica...

Ibovespa fecha a semana em alta

(alta de 0,013%). O volume representou uma extensão do movimento positivo registrado na quinta-feira (2), quando o índice fechou com forte alta de 3,66%,...

China: Incentivos fiscais para investidores estrangeiros

A China anunciou que estendeu suas políticas fiscais preferenciais para investidores estrangeiros que investem no mercado de títulos da parte continental do país. A...

Brasileiro teria renda 6 vezes maior com indústria forte

Entre 1950–70, PIB do País foi multiplicado por 10.