Malan, o crédulo

26

A morte da Velhinha de Taubaté não deixou as agências de classificação de risco órfãs. Ao tentar justificar a estranha tese de que, enquanto os países desenvolvidos devem reduzir juros e elevar o gasto público, as nações em desenvolvimento necessitariam fazer o contrário, o ex-ministro da Fazenda Pedro Malan alegou que a diferença da receita se deveria ao fato de os primeiros “terem credibilidade internacional”, enquanto nos segundos “a credibilidade está sendo construída”. Resta saber se, além da credibilidade nos mercados dos países desenvolvidos, Malan acredita em Papai Noel, Coelhinho da Páscoa ou Saci Pererê.

Prisioneiro do passado
A declaração do presidente do Grupo Gerdau, Jorge Gerdau, de que o Governo Lula deveria reagir à crise reduzindo gastos públicos, além de ser um tiro no pé do próprio setor industrial, carente de maior demanda estatal para fugir da recessão, revela que o dogmatismo ideológico levará ainda longo período para se render à nova realidade pós-neoliberalismo.

Âncora
O estaleiro Eisa lança ao mar, nesta sexta-feira, às 16h, a embarcação tipo OSCV Skandi Victoria, encomendada pela STX Brasil Offshore.

Mudo
Usuários do Speedy, serviço de conexão banda larga, e da Vivo de parte do interior de São Paulo sofreram na quarta-feira com o apagão do serviço de telefonia móvel e de banda larga. A Telefônica alega que acidentes provocaram o rompimento de duas fibras óticas nas regiões de Ribeirão Preto, Bauru e Jaú. O escritório regional da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) em São Paulo vai instaurar um processo administrativo para saber se houve negligência por parte da operadora e se o problema poderia ter sido evitado. É o segundo apagão na área da multinacional espanhola: no início de julho os clientes do Speedy já haviam sofrido com a pane no serviço de transmissão de dados.

Fórum online
Na semana que vem, a DNMCA Consultoria participará da Semana Global, com fóruns online no seu blog. Os temas abordados serão “Portabilidade numérica”, “Gestão de relacionamento com os clientes em pequenas e médias empresas” e “Choque cultural nas joint ventures”. Detalhes no blog www.dnmca.com/blog

Indefeso
Após analisar propagandas de alimentos voltadas para crianças, estudo australiano concluiu que se deve estudar a restrição ao uso de técnicas de marketing que envolvam brindes, competições e o uso de personagens promocionais, além de outras técnicas de persuasão.  Segundo estudo de pesquisadores ligados à Universidade de Sydney, relatado pela Agência Notisa, tais métodos de marketing são frequentemente utilizados para anunciar alimentos não-essenciais para crianças. Ao todo, foram analisados 20.201 anúncios, 25,5% dos quais eram relacionados a alimentos. Nesse grupo, a categoria mais vista foi a de alimentos não-essenciais, compreendendo 56,4% do total.

Incaer
O coronel-aviador RR Manuel Cambeses Jr., habitual colaborador desta página 2 do MM, foi eleito para ocupar a cadeira 9 no Conselho Superior do Instituto Histórico-Cultural da Aeronáutica (Incaer). A posse será ano que vem, em 25 de março. A cadeira 9 foi anteriormente ocupada pelo tenente-brigadeiro-do-ar Deoclécio Lima de Siqueira (fundador do instituto) e pelo major-brigadeiro-do-ar Ivo Gastaldoni.

Estado
Análise do Patrimonialismo através da Literatura Latino-americana (Editora Documenta Histórica) é o mais recente livro lançado pelo Instituto Liberal. O autor, o colombiano naturalizado brasileiro Ricardo Velez Rodriguez, aprofunda pesquisas de seu livro anterior sobre a forma como a Ibero-américa imagina o Estado.

Marcos de Oliveira e Sérgio Souto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui