Maricá ganhará parque industrial e Terminal de Ponta Negra

Iniciativa vai gerar desenvolvimento e oportunidades de emprego a partir do gás natural.

A Prefeitura de Maricá e o Governo do Estado do Rio de Janeiro assinaram nesta sexta-feira, durante a Expo Maricá, no shopping Boulevard, acordo de cooperação com o objetivo de implementar o Parque Industrial de Maricá e o Terminal de Ponta Negra (TPN) e consolidar arranjos produtivos locais, a partir do gás natural, por meio de planejamento estratégico, estudos e projetos de integração da infraestrutura disponível na região.

– O Parque Industrial de Maricá e o Terminal de Ponta Negra são elementos de infraestrutura logística estratégicos e fundamentais para o crescimento econômico do estado –, afirma o governador Cláudio Castro. – Através dessas facilidades, e de outras como os aeroportos do Galeão e Cabo Frio, vamos requalificar o Rio como o hub brasileiro para exportação, importação, distribuição de cargas e movimentação de passageiros.

Para o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais, Vinicius Farah, a parceria irá fomentar ainda mais a região de Maricá.

– Maricá tem potencial para se transformar em um dos principais polos industriais do país. A ideia é somarmos forças para transformarmos potencial em ações reais no menor espaço de tempo possível. A chegada de novas empresas no Parque Industrial de Maricá, que podem ser beneficiadas pelo Novo RioLog, irá gerar emprego e renda para a região.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico de Maricá, Igor Sardinha, o termo de cooperação que foi assinado servirá para fortalecer uma parceria com o governo do estado que na prática já está em curso. “O reconhecimento pelo governo do estado do potencial de industrialização da cidade de Maricá a partir da Rota 3 do gás e do Terminal Portuário de Ponta Negra já foi demonstrado no próprio decreto que criou o programa Industrializa Rio”, afirma.

“A inclusão de Maricá como cidade com alíquota diferenciada no ICMS foi outra grande demonstração. Atuaremos a partir dessa assinatura de maneira ainda mais forte e coordenada para viabilizarmos o nosso Parque Industrial gerando ainda mais emprego e renda na cidade e região”, conclui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

RJ terá dificuldades de pagar R$ 92 bi à União

O Governo do Estado do Rio de Janeiro poderá encontrar dificuldades para cumprir o pagamento de R$ 92 bilhões devidos à União. Isso porque...

Rio ameaça ir à justiça para manter Plano de Recuperação Fiscal

Ministério da Fazenda não aceita reajuste para servidores.

Laboratórios só têm testes de Covid para mais 7 dias

Estoques baixos também na Prefeitura de São Paulo, que limitou testagem a grupos prioritários.

Últimas Notícias

Empregos na saúde ultrapassa 4,6 milhões

O número de pessoas empregadas na cadeia produtiva da saúde cresceu 0,6% entre agosto e novembro do ano passado ao atingir 4.652.588 de trabalhadores,...

RJ terá dificuldades de pagar R$ 92 bi à União

O Governo do Estado do Rio de Janeiro poderá encontrar dificuldades para cumprir o pagamento de R$ 92 bilhões devidos à União. Isso porque...

China reduz juros em empréstimo de médio prazo

O banco central da China reduziu nesta segunda-feira (17) as taxas de juros de seus empréstimos de médio prazo (MLF) e repôs reversos em...

Petrobras: recorde de produção no pré-sal em 2021

A Petrobras atingiu recorde anual de produção no pré-sal em 2021, ao alcançar 1,95 milhão de barris de óleo equivalente por dia (boed). Esse...

Médicos de SP mantêm greve na quarta-feira

Após se reunirem com o secretário municipal de Saúde de São Paulo, Edson Aparecido, na tarde desta segunda-feira, o Sindicato dos Médicos de São...