Maricá lidera criação de empregos formais nos últimos 4 anos

Ainda de acordo com os dados do Caged, até novembro Maricá havia gerado 967 novos postos de trabalho com carteira assinada

Maricá foi o município do Estado do Rio que mais gerou empregos com carteira assinada nos últimos quatro anos, de acordo com os dados do Cadastro Geral de Emprego e Desemprego (Caged), divulgados pelo governo federal e referentes até novembro passado. De janeiro de 2017 a novembro de 2020 foram criados na cidade 6,59 mil novos empregos formais, representando um aumento de 52,5% na força de trabalho do município.

Ainda de acordo com os dados do Caged, até novembro Maricá havia gerado 967 novos postos de trabalho com carteira assinada – com a ressalva de que, no estado do Rio, houve perda de 133,75 mil vagas. Secretário de Desenvolvimento Econômico, Igor Sardinha destacou que o bom desempenho de Maricá na geração de empregos é fruto do desenvolvimento econômico do município e de ações dos setores público e privado.

No caso do setor público, destacam-se os programas de suporte econômico no âmbito da pandemia do novo coronavírus, que sustentaram um desempenho positivo na criação de empregos formais mesmo durante os meses mais críticos, com o fechamento do comércio reduzindo o ritmo econômico por toda parte.

O secretário avaliou o impacto positivo das políticas de apoio à economia local na proteção e aumento do estoque de empregos de Maricá. Os programas de Amparo ao Emprego (PAE) e de Amparo ao Trabalhador (PAT) – que foram prorrogados até março de 2021 após votação na Câmara Municipal – possibilitaram aos empregadores locais manter seus funcionários durante o período mais agudo da pandemia de Covid-19, quando muitas empresas deixaram de funcionar.

Leia mais:

Sem renda emergencial, desemprego pode superar 20%

Medo do desemprego é crescente entre os brasileiros

Artigos Relacionados

Proprietário de imóvel da União pode comprar o bem por aplicativo

SPUApp desenvolvido pelo Serpro permite remição de foro dos 17% do imóvel no Leme e em Copacabana.

Tarcísio inclui Arco Metropolitano na concessão da BR-116

Leilões estão previstos para o segundo semestre de 2021; serão investidos em torno de R$ 19,5 milhões nas obras a serem feitas antes.

Vendas do comércio do Rio cresceram 0,5% em junho

No acumulado do ano (janeiro/junho), números aumentaram 1,5%; venda a prazo foi a forma de pagamento preferida pelos consumidores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Mercado de TI é alavancado pela pandemia

Tetris IT, empresa que desenvolve projetos de inovação digital, cresceu 300% em 2020.

Ações da ClearSale valorizam mais de 20% na estreia na B3

A ClearSale (ticker CLSA3) concluiu nesta sexta-feira a sua oferta pública inicial (IPO) na B3. A oferta movimentou R$ 1,3 bilhão sendo que, apenas...

Edital da Oferta Permanente inclui 377 blocos

A Agência Nacional de Petróleo e Gás Natural (ANP) publicou nesta sexta-feira nova versão do edital da Oferta Permanente, com a inclusão de 377...

Multa de R$ 500 mil para ‘fake’ sobre eleição

Uma multa de R$ 500 mil, caso repita as manifestações que questionem os últimos pleitos presidenciais realizados no país, faz parte uma ação que...

Bacia de Campos recua com redução drástica de investimentos

A Bacia de Campos, atualmente a segunda maior região produtora de petróleo do Brasil, registrou em junho a sua menor produção média dos últimos...