Matrículas escolares terão impacto na inflação em fevereiro

Pressão para aumento pode vir de despesas pessoais devido à alta temporada, que elevam os preços de excursões, hotéis e assim por diante.

Opinião do Analista / 14:32 - 10 de jan de 2020

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Nossa expectativa - Esse cenário de inflação não muda nossa visão em termos de política monetária devido às seguintes razões: I) Esse aumento do preço da carne foi impulsionado por um choque de oferta, e podemos observar uma desaceleração gradual da inflação de carne nos próximos meses; II) Os preços livres estão em níveis mais confortáveis ​​que os monitorados e que o IPCA geral.

O IPCA em janeiro de 2020 desacelerará significativamente em meio ao retorno gradual dos preços da carne aos níveis normais e à deflação de roupas (liquidação). Nossa projeção para o IPCA em janeiro é de +0,35%. A pressão para aumento pode vir de despesas pessoais devido à alta temporada, que elevam os preços de excursões, hotéis e assim por diante. Poderemos ver uma pressão adicional vinda dos preços dos combustíveis, refletindo os preços do petróleo no exterior e a taxa de câmbio. As matrículas escolares terão impacto na inflação em fevereiro. Para todo o ano de 2020, mantemos nossa convicção de que o IPCA acumulará 4%, em linha com a meta.

.

Mitsubishi UFJ Financial Group, Inc. (MUFG)

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor