McDonald’s: parceria com outras redes após três décadas na China

112

A rede de fast-food norte-americana McDonald’s se uniu na China a quatro padarias e fornecedores de alimentos, incluindo Bimbo e Tyson Foods, para lançar em conjunto uma base de fornecimento de alimentos na Província de Hubei, no centro do país.

O empreendimento é um parque industrial inteligente na cidade de Xiaogan, em Hubei, que começou a funcionar nesta quarta-feira (3). A projeção é de produzir quase 300 milhões de pães, 30.000 toneladas de produtos de carne, 30 milhões de doces e dois bilhões de produtos de embalagem anualmente.

No país há três décadas, o McDonald’s tem mais de 6.000 restaurantes. A China é o segundo maior mercado e o com crescimento mais rápido da empresa em todo o mundo. Phyllis Cheung, CEO do McDonald’s China, disse que o lançamento do parque industrial inteligente para suprimentos alimentares é um passo importante para aprofundar seu envolvimento no mercado chinês.

Cheung observou que o parque industrial melhorará ainda mais a eficiência do fornecimento dos pontos de venda do McDonald’s e acelerará a localização da empresa nas regiões central e oeste da China.

Espaço Publicitáriocnseg

O parque industrial em Xiaogan cobre uma área de mais de 300.000 metros quadrados e foi construído com um investimento total de 1,5 bilhão de yuans (US$ 206 milhões) para a produção de alimentos, embalagem e logística da cadeia de frio. “A taxa média de automação para cada ligação no parque industrial excede 70%”, disse Cheung, acrescentando que tecnologias como a internet das coisas e big data foram aplicadas para alcançar uma integração eficiente de matérias-primas, fabricação e armazenamento até logística e distribuição da cadeia de frio, permitindo a rastreabilidade em tempo real de todos os dados do processo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui