Mercado: Até quando André Brandão fica no BB?

O presidente Jair Bolsonaro evitou responder à pergunta de um apoiador na manhã desta quinta-feira sobre a permanência do presidente do Banco do Brasil (BB), André Brandão, no cargo. Na saída do Palácio da Alvorada, em encontro com adeptos, disse estar com pressa, que não poderia “gravar” e pediu desculpas por ser breve.

Segundo apurou o Estadão/Broadcast, Bolsonaro decidiu demitir Brandão pelo desgaste provocado com o anúncio de fechamento de 112 agências, com desligamento de 5 mil funcionários do banco. No entanto, segundo o Correio Brasiliense, integrantes do Palácio do Planalto tiveram acesso prévio ao projeto de demissões. O ministro da Economia, Paulo Guedes, entretanto, ainda tenta demovê-lo da ideia.

A exemplo de decisões controversas anteriores, após longa crise com o ministro Paulo Guedes, Jair Bolsonaro decidiu manter o presidente do Banco do Brasil, André Brandão, no cargo, mesmo com informações de bastidores de que a decisão de Bolsonaro pela demissão já estava tomada e Guedes tentava revertê-la. O imbróglio provocou fortes oscilações nas ações do Banco do Brasil negociadas na B3, a bolsa de valores de São Paulo, fato que está provocando preocupação no mercado de capiais.

Leia mais:

Bolsonaro é retratado como criminoso de guerra em vídeo sobre Amazônia

Presidente da Anfavea dá recado ao presidente Bolsonaro

 

Artigos Relacionados

Sem consenso, votação da PEC Emergencial é adiada para terça

Pesquisa revela que novo auxílio emergencial de R$ 200 não compensará a renda dos informais diante da atual pandemia no país.

Municípios têm saúde financeira agravada com reajuste do mínimo

Para economista, ainda que justo e necessário, municípios não têm condições de bancar aumentos; acabam se tornando ainda mais dependentes da União.

Comissões do Senado voltam às atividades após um ano paradas

Depois de um ano inteiro sem funcionar devido à pandemia, das 13 existentes, sete recomeçam hoje os trabalhos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Bens duráveis: encomendas avançaram mais que o esperado em janeiro

Segundo analista, as revisões de dezembro foram altistas.

Coronavírus já contaminou 16% da população da capital paulista

Levantamento mostra aumento de 2 pontos percentuais em relação a janeiro.

Sem consenso, votação da PEC Emergencial é adiada para terça

Pesquisa revela que novo auxílio emergencial de R$ 200 não compensará a renda dos informais diante da atual pandemia no país.

IGP-M acumula inflação de 28,94% em 12 meses

Segundo FGV, taxa ficou em 2,53%, em fevereiro, após registrar 2,58% em janeiro.

Confiança do comércio tem leve alta em fevereiro

Segundo a FGV, é a primeira alta depois de quatro quedas consecutivas.