Mercado continua esperando inflação maior

O mercado continua apostando na escalada ininterrupta da inflação, furando as metas estabelecidas pelo governo tanto para este ano como para 2022. O cenário atual não é nada aceitável pelos pelos especialistas, tanto assim, que aumentaram pela 34ª semana seguida suas projeções do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que passou de 10,12% para 10,5% este ano, ultrapassando a meta de 3,75% com margem de tolerância de 1,5 ponto percentual para mais ou menos.
Para 2022, segundo pesquisa semanal Focus divulgada pelo Banco Central nesta segunda-feira. a previsão avançou em 0,04 ponto chegando a 5,0%, exatamente o teto da meta, já que esta será no ano que vem de 3,5%, também com margem de 1,5 ponto. Foi a 19ª vez seguida que a projeção aumentou.
Em meio a projeções cada vez mais fracas para a economia, o mercado também reduzindo o Produto Interno Bruto (PIB), que deve crescer 4,78% este ano e 0,58% no próximo, de taxas de 4,80% e 0,70% esperadas antes.
A pesquisa semanal com uma centena de economistas mostrou ainda que a taxa básica de juros deve ser elevada em 1,5 ponto percentual na reunião de dezembro do BC e encerrar este ano a 9,25%. Mas a Selic, atualmente em 7,75%, deve chegar ao final de 2022 em 11,25%, sem alteração.

Leia também:

Senadores cobram aperfeiçoamentos na PEC dos Precatórios

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

BNDES: R$ 6,9 bi para construção da linha 6 do metrô de SP

Total previsto de R$ 17 bilhões financiados por um consórcio de 11 bancos

São Paulo teve a cesta básica mais cara de julho: R$ 760,45

Já no Rio, custo da cesta na capital apresentou queda de 1,28% em relação a junho.

Ferro, soja e milho puxam inflação ao produtor para baixo

Deflação do IGP-DI em julho é de 0,38%, a primeira queda do índice desde novembro de 2021.

Últimas Notícias

BNDES: R$ 6,9 bi para construção da linha 6 do metrô de SP

Total previsto de R$ 17 bilhões financiados por um consórcio de 11 bancos

Área de oncologia movimenta R$ 50 bilhões no Brasil

Cerca de 625 mil novos casos de câncer são diagnosticados por ano

Títulos públicos prefixados: maiores rentabilidades de julho

Destaque ficou com os prefixados de vencimentos mais longos, representados pelo IRF-M1+

Economia prepara projeto para abrir fundos de pensão ao mercado

Em jogo, patrimônio de R$ 1 trilhão acumulado pelos fundos fechados de previdência.