26.1 C
Rio de Janeiro
segunda-feira, janeiro 25, 2021

Mercado doméstico à mercê de movimentação externa

A possibilidade de ocorrer o anúncio de um pacote fiscal trilionário ainda hoje, pelo novo presidente dos EUA, Joe Biden, está fazendo com que os mercados globais avancem nesta quinta-feira. Além disso, também está no radar dos investidores os eventos que o presidente do Fed, Jerome Powell, participará hoje. No Brasil, espera-se que o índice Ibovespa opere positivo seguindo o exterior, porém a notícia que o presidente, Jair Bolsonaro, decidiu demitir o presidente do Banco do Brasil, André Brandão, gerou ruídos dentro do mercado, podendo impactar negativamente nos ativos e nos juros futuros. Entrando brevemente na política, ocorreu um otimismo com a notícia de que o Ministério da Saúde prevê o início simultâneo da vacinação contra a Covid-19 nas capitais de “3 a 5” dias após a autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa0, mas, na contramão, o governador de SP, João Doria (PSDB), deseja aplicar as doses imediatamente após a aprovação da mesma, que ocorrerá dia 17. No momento, o futuro do índice Ibovespa está subindo +0,29% e o futuro do dólar está caindo -0,64%.

 

Thiago Penteado

Trader Mesa de Câmbio

Travelex Bank

Leia mais:

Noticiário ruim acelera realizações na Bovespa

Ibovespa sobe seguindo NY; dólar enfraquece ante moedas emergentes

 

Artigos Relacionados

Copom está alinhado com maioria da expectativa do mercado

Considerando foco na inflação de 2022, estamos considerando agora que BC começará a aumentar Selic em maio e não em agosto.

Primeira prévia dos PMI’s e avanço da Covid-19

Bolsa brasileira sucumbe ao terceiro dia de queda, mediante aos temores fiscais.

Exterior em baixa

Queda acontece em meio às preocupações com problemas para obtenções de vacinas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Copom está alinhado com maioria da expectativa do mercado

Considerando foco na inflação de 2022, estamos considerando agora que BC começará a aumentar Selic em maio e não em agosto.

Primeira prévia dos PMI’s e avanço da Covid-19

Bolsa brasileira sucumbe ao terceiro dia de queda, mediante aos temores fiscais.

Exterior em baixa

Queda acontece em meio às preocupações com problemas para obtenções de vacinas.

Más notícias persistem

Petróleo negociado em NY mostrava queda de 2,60% (afetando a Petrobras), com o barril cotado a US$ 51,75.

Mercado reagirá ao Copom e problemas internos

Na Europa, Londres teve alta de 0,41%. Frankfurt teve elevação de 0,77%. Paris teve ganhos de 0,53%.