Mercado doméstico à mercê do exterior

Recuperação global no foco dos agentes de mercado.

A semana carrega decisões de juros de Bancos Centrais da China e Europa, balanços de grandes empresas e PMI’s dos EUA. No dia de hoje, entretanto, a agenda de eventos é arrefecida e a aversão ao risco externa influenciará os ativos locais no mercado acionário – apesar de que os papéis atrelados à commodities, bancos e varejo são beneficiados pelas divulgações dos balanços supramencionada. No mercado cambial, o dólar se fortalece frente às divisas emergentes e, em paralelo, nos juros os investidores se atentarão para a volatilidade dos treasuries enquanto aguardam o IPCA-15. Por fim, no cenário político, movimentos se organizam para voltar às ruas contra o Governo Federal.

As Bolsas europeias e os índices futuros de Nova Iorque operam em queda nesta segunda-feira. Receios com relação à cepa delta do coronavírus pode significar certa letargia na recuperação econômica mundial em um dia em que investidores digerem também o acordo anunciado pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e aliados para aumentar a produção mensal a partir de agosto. Às 7h24, a Bolsa de Londres caía 2,04%, a de Frankfurt recuava 2,01% e a de Paris cedia 2,07%. Em paralelo, no mercado futuro, o Dow Jones caía 1,02%, o S&P 500 cedia 0,73% e o Nasdaq tinha baixa de 0,37%. Por fim, do outro lado do globo, as Bolsas asiáticas encerraram a sessão em baixa no dia de hoje. Na China continental, o índice Xangai Composto encerrou praticamente estável. Em outras partes da Ásia, o Hang Seng recuou 1,8% em Hong Kong, o Kospi teve baixa de 1% em Seul, após a Coreia do Sul impor restrições mais rígidas a reuniões privadas para tentar conter a cepa delta. O Nikkei caiu 1,3% no Japão. Na Oceania, após um reforço do lockdown (confinamento) no país para conter a onda de infecções por Covid-19, o S&P/ASX 200 caiu 0,8% em Sydney.

.

Pedro Molizani

Trader Mesa Câmbio do Travelex Bank

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Seven Tech: Mais de 2,5 milhões de cartões de crédito até 2023

Com operações em seis países e presença em três continentes (Europa, África e América Latina), o Seven Tech Group, que nasceu como Software house...

Anúncio do substituto do Bolsa Família é adiado

Promessa de Bolsonaro fez dólar comercial disparar e a bolsa de valores recuar mais de 3%.

PIX: 38% dos pequenos e médios e-commerces já usam

BC estuda lançar real digital em 2024; entusiasmo com PIX pode ter influenciado positivamente percepção de brasileiro sobre digitalização.

Últimas Notícias

Seven Tech: Mais de 2,5 milhões de cartões de crédito até 2023

Com operações em seis países e presença em três continentes (Europa, África e América Latina), o Seven Tech Group, que nasceu como Software house...

Indústria de fundos está pronta para investimentos sustentáveis

É hora de a própria indústria de fundos, por meio de iniciativas de autorregulação, preencher o gap regulatório que ainda existe em torno dos...

Índice da B3: Empresas com melhores práticas no mercado de trabalho

A B3, bolsa do Brasil, e a consultoria global, Great Place to Work, anunciaram nesta terça-feira a criação de um novo índice com foco...

Comissão debate venda da Oi Móvel para outras operadoras

A Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados promove audiência pública nesta quinta-feira (21) para tratar da venda da Oi Móvel...

CVM: Acordo de R$ 300 mil após autodenúncia de infração

O Colegiado da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) analisou, em reunião nesta terça-feira, propostas de Termo de Compromisso dos seguintes Processos Administrativos (PA)...