Mercado financeiro coloca Bolsonaro de aviso prévio

A carta aberta “O país exige respeito; a vida necessita da ciência e do bom governo”, assinada por integrantes do mercado financeiro e divulgada neste final de semana, sobre as medidas de combate à pandemia, traz alguns aspectos raros: um deles, ter entre os signatários não somente analistas e economistas do mercado, mas banqueiros, banqueiros de verdade, como Setúbal e Moreira Salles.

Outro aspecto que pode ser visto como inédito, mas que recebeu quase nenhum destaque, foi o final do documento. Precisamente, os 3 últimos parágrafos. Neles, é traçado o papel de liderança: “Apesar do negacionismo de alguns poucos, praticamente todos os líderes da comunidade internacional tomaram a frente no combate ao Covid-19 desde março de 2020”.

Em seguida a carta assinala: “Líderes políticos, com acesso à mídia e às redes, recursos de Estado, e comandando atenção, fazem a diferença: para o bem e para o mal. O desdenho à ciência, o apelo a tratamentos sem evidência de eficácia, o estímulo à aglomeração e o flerte com o movimento antivacina caracterizaram a liderança política maior no país. Essa postura reforça normas antissociais, dificulta a adesão da população a comportamentos responsáveis, amplia o número de infectados e de óbitos, aumenta custos que o país incorre.”

Finalizando: “O país pode se sair melhor se perseguimos uma agenda responsável. O país tem pressa; o país quer seriedade com a coisa pública; o país está cansado de ideias fora do lugar, palavras inconsequentes, ações erradas ou tardias. O Brasil exige respeito.”

 

Sem nunca ter sido

Será Marcelo Queiroga o mais novo “ministro Porcina”?

 

Rápidas

Nesta quinta-feira, a FGV recebe a médica pneumologista Margareth Pretti Dalcolmo para falar sobre igualdade de gênero no webinário “Mulheres que fazem a diferença: desafios sob diversas lentes”. O evento contará com a presença de outras mulheres, como a diretora executiva de Gestão do Magazine Luiza, Patrícia Pugas *** A jurisprudência do Supremo em torno do ITBI será o foco principal de debate que a Associação Paulista de Estudos Tributários (Apet) realizará nesta quarta-feira, 9h, pelo canal no YouTube *** Dia 27 será lançado o livro Solo de Histórias, no Instagram da Cia do Solo, às 16h. O livro é uma releitura de contos e fábulas tradicionais de diversos países *** Nesta sexta, o Ippes – Instituto de Pesquisa, Prevenção e Estudos em Suicídio realizará a mesa redonda “Conversando com as Instituições”, desta vez com o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais. Inscrição aqui *** Valéria Leal, consultora de Gestão de Pessoas e Recursos Humanos da VlealRH, participa nesta quarta do 1º Workshop de Desenvolvimento Empresarial, criado em parceria com a Associação Comercial e Empresarial do Recreio e Vargens (ACIR). Inscrições aqui.

Leia mais:

Quantas mortes pode-se debitar na conta de Bolsonaro?

Bolsonaro liberou 18x mais que mensalão e reeleição

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Juntar 2 meses e meio de auxílio para comprar cesta básica

Não só a pandemia, mas inflação é ameaça às pretensões de Bolsonaro.

Uma viagem eno-astrológica

Tomar de empréstimo o léxico astrológico para fazer analogias entre as características dos vinhos e dos signos solares.

Alerj barra privatização da Cedae pela segunda vez

Projeto condiciona venda a renovação do Regime de Recuperação Fiscal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Campos marítimos do pós-sal estão em decadência

Os campos marítimos do pós-sal já produziram cerca de 16 bilhões de barris de óleo equivalente ao longo de sua história, ou seja, 63%...

Motoboys protestam em São Paulo

Entregadores tomaram ruas de São Paulo contra baixa remuneração e péssimas condições de trabalho

BC altera norma para segunda fase do open banking

Medida complementa regulamentação que estabelece requisitos técnicos de fase que vai permitir compartilhamento de dados e transações de clientes.

Confiança do consumidor medida por Michigan ficou abaixo do esperado

Índice registrou leitura de 86,5 na prévia de abril e o esperado era 89.

Escolha de conselheiros da ANPD preocupa por conflito de interesses

Entre os indicados há diretores e encarregados de dados pessoais de grandes empresas da internet.