Mercado interno tende a subir no pregão de hoje com ajuda de NY

O bom humor em Wall Street deve ajudar o índice Ibovespa no pregão desta segunda-feira, com os investidores otimistas com o payroll dos EUA divulgado na sexta-feira do feriado, além disso, os investidores globais aguardam os PMIs e a ata da última reunião do Federal Reserve. No Brasil, a preocupação com a pandemia de Covid-19 fora do controle, aumento da inflação, impasse sobre o Orçamento de 2021 e os ruídos políticos devem atrapalhar as negociações locais. Com o agravamento da pandemia, o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, prorrogou as medidas restritivas no município até sexta-feira, 9 de abril. Em São Paulo, a prefeitura já adiou também a volta às aulas presenciais para 12 de abril. No momento, o índice futuro do Ibovespa está subindo 1,10% e o dólar futuro está recuando 0,20%.

No exterior, os índices futuros de Nova Iorque operam em alta nesta manhã, com os investidores reagindo o payroll divulgado na sexta-feira. De acordo com o dado, foram criados 916 mil empregos em março, sendo um número bem acima das expectativas. Às 7h20, no mercado futuro, o Dow Jones subia 0,64%, o S&P 500 avançava 0,54% e o Nasdaq tinha ganho de 0,48%. O índice DXY do dólar, que mede as variações da moeda americana frente a outras seis divisas relevantes, segue em alta de 0,05%, a 93,068 pontos. Às 7h31, o euro estava a US$ 1,1744, ante US$ 1,1741 no fim da tarde de sexta. A libra era cotada a US$ 1,3861, de US$ 1,3855 no fim da tarde de sexta. Na Ásia, as Bolsas de Tóquio e Seul fecharam em alta. Em outras partes da Ásia, como China, Hong Kong e Taiwan, assim como na Austrália, onde fica o maior mercado acionário da Oceania, não houve negócios hoje devido a feriados. No Japão, o índice Nikkei subiu 0,79%. Já o sul-coreano Kospi avançou 0,26%. Às 7h20, o dólar estava relativamente estável, a 110,61 ienes, de 110,62 ienes no fim da tarde de sexta-feira.

.

Equipe Travelex Bank

Leia também:

Brasil na rabeira

Nossa projeção para a economia americana é positiva

Artigos Relacionados

Taxa média do empréstimo pessoal aumentou em abril

Uma pesquisa de taxa de juros realizada pelo Núcleo de Inteligência e Pesquisas da Escola de Proteção e Defesa do Consumidor do Procon-SP, constatou...

Inflação sobe nos EUA e leva cotação do ouro junto

Bolsas de valores alternaram altas e baixas.

Medidas restritivas trazem retração ao comércio

Para o segundo semestre, uma vez que a vacinação avance, restrições podem ser amenizadas gradativamente com impacto positivo na economia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Rádios FM poderão antecipar aumento de potência e área de cobertura

Antes, emissoras só podiam solicitar mudança a cada dois anos e de forma gradual.

Mudanças no câmbio abrem caminho para o Pix internacional

Propostas da Consulta pública são os primeiros passos para colocar em prática o sistema de transferências instantâneas com o exterior.

Taxa de empréstimo pessoal tem pequena alta em abril

Segundo o Procon-SP, a taxa média de empréstimo pessoal foi de 6,1% ao mês.

Mercados com poucas oscilações

PEC fura-teto preocupa.

Por preços de combustíveis, IPCA deve desacelerar

Por outro lado, os preços dos serviços devem continuar em patamares baixos, influenciados pelas medidas de restrição e pelas fracas condições do mercado de trabalho.