Mercado local reage à exterior negativo e se ajusta ao Comitê do BC

Colegiado não descartou a possibilidade de um corte futuro, diz analista.

Opinião do Analista / 11:36 - 17 de set de 2020

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

O dia amanhece com o mercado doméstico digerindo a decisão acompanhada por um tom "dovish" do Comitê de Política Monetária (Copom). Em síntese, o Copom confirmou a aposta da maioria do mercado financeiro em manter a Selic em 2%, depois de nove cortes consecutivos. Todavia, em linhas gerais, o colegiado não descartou a possibilidade de um corte futuro. Enquanto isso, no cenário externo, o predomínio de sinais negativos nas bolsas pode influenciar índices e cotações em solo pátrio. Não obstante, no que se refere ao mercado cambial, a valorização da divisa norte-americana frente às moedas emergentes pode, no dia de hoje, pressionar o real. Finalmente, no âmbito político, o mercado volta sua atenção para a discussão de um novo programa social cujos gastos provenientes do mesmo precisarão estar contemplados no Orçamento.

.

Pedro Molizani

Trader Mesa de Câmbio

Travelex Bank

www.travelexbank.com.br

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor