Mercados em alta com expectativa de temporada de lucros

Mercado também ficará atento à evolução da Covid-19 no Brasil, à CPI da Pandemia e às negociações em torno do Orçamento.

A maioria das Bolsas europeias fechou o pregão de ontem em alta, devido aos balanços positivos de bancos e à alta das commodities. O anúncio do Banco Central Europeu (BCE) apontou continuação da política de estímulos. Londres ganhou 0,71%. Paris teve elevação de 0,40%. Lisboa e Madri ganharam 0,60% e 0,74%, respectivamente Frankfurt teve retração de 0,17% e Milão perdeu 0,10%.

No Brasil, o Ibovespa teve elevação de 0,94%, recuperando o patamar de 120 mil pontos, chegando a 120.416,36 pontos. Embora o cenário político continue a limitar os ganhos e alimentando a cautela dos investidores, a alta das commodities contribuiu para a elevação do principal índice da B3.

Nos EUA, as Bolsas fecharam mistas, com os investidores saindo dos ativos tradicionais com a alta dos bancos e das commodities. O Dow Jones teve alta de 0,16%. O S&P 500 teve alta de 0,41% e a Nasdaq ganhou 0,99%.

Na Ásia, as Bolsas fecharam sem direção única, com os investidores ponderando a recuperação da economia global e a possiblidade de retirada de estímulos da China. Em Tóquio, o Nikkei teve avanço marginal de 0,07%. Na Coreia do Sul, o Kospi teve valorização de 0,38%. Hong Kong cedeu 0,37% e Taiwan teve elevação de 1,25%. Na China continental, Xangai perdeu 0,52% e Shenzhen teve retrocesso de 0,64%.

Hoje, os mercados globais operam em alta com a perspectiva de uma nova temporada de bons resultados corporativos. No Brasil, os futuros operam em alta, em linha com o exterior. Já o IGP-10 teve alta de 1,58%, acima das expectativas de 1,36%.

O setor de serviços alcançou alta mensal de 3,7% em fevereiro e com queda de 2,0% ao ano, superando as expectativas. Vale lembrar que o bom resultado de fevereiro está relacionado às aberturas daquele mês. Para o cenário atual, com novas restrições em vigor, o indicador pode ter sido fortemente impactado.

O Tesouro ofertará LTNs para os vencimentos 2022, 2023 e 2024, NTN-Fs para 2029 e 2031 e LFTs para 2022 e 2027.

O Banco Central ofertará 15 mil contratos de swap a partir das 11h30.

O mercado também ficará atento à evolução da Covid-19 no Brasil, à CPI da Pandemia, às negociações em torno do Orçamento e à retomada do julgamento do STF que impacta na retirada das acusações ao ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva.

Lá fora, na Alemanha, o índice de preços ao consumidor de março teve avanço de 0,5% no mês, dentro das expectativas do mercado, ante 0,7% em fevereiro. Ao ano, o índice chegou a subir 1,7%. Nos EUA, serão divulgados números importantes da atividade econômica do país. Além dos pedidos por seguro-desemprego, com estimativa de 700 mil pedidos, serão divulgados o Núcleo de Vendas no Varejo e o indicador amplo em março, com projeção de elevações de 5% e 5,9%, respectivamente.

Também serão publicados indicadores regionais como o Índice Empire State de Atividade Industrial de Nova Iorque, com perspectiva de avanço de 19,5 pontos, e o índice de atividade industrial da Filadélfia, que tem projeção de queda, saindo de 51,8 pontos para 42 pontos.

A produção industrial, segundo as expectativas do mercado, pode sair da retração de 2,2% em fevereiro e alcançar alta de 2,8% em março. Os discursos de membros do Fomc também ficarão no radar dos investidores.

.

Matheus Jaconeli

Economista da Nova Futura Investimentos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

PL regulariza impostos devidos por MEIs e MPEs

Especialista em Direito Empresarial explica que medida atende necessidade urgente de microempreendedores.

Monitor do PIB indica alta de 1,8% em novembro de 2021

Segundo a FGV, o consumo das famílias no trimestre móvel cresce a taxas decrescentes desde junho, ante mesmo período do ano anterior.

Falta de doses suspende calendário de vacinação infantil

Nesta semana continua repescagem para crianças de 11 anos; estado suspende visitas a pacientes para evitar contágio por Ômicron.

Últimas Notícias

Caixa registra recorde em crédito imobiliário

A Caixa Econômica Federal realizou mais de R$ 140 bilhões contratados ao longo de 2021, maior valor da história do banco, com crescimento de...

Vendas do Grupo Patrimar crescem 193,7 no 4T21

O Grupo Patrimar - construtora e incorporadora mineira que atua na baixa, média e alta renda em Belo Horizonte, no Rio de Janeiro e...

Vacina errada em mais de 57 mil crianças e adolescentes

Em meio à campanha de vacinação contra a Covid-19, 57,14 mil crianças e adolescentes em todo o país foram imunizados com doses para adultos...

Pandemia aumenta acesso da população a serviços bancários

Os bancos digitais aumentaram o acesso da população brasileira a produtos financeiros, com destaque para a parcela de baixa renda. Atualmente 19% dos brasileiros...

Moby fecha 2021 com crescimento de 26%

Apesar da pandemia, da crise econômica e da redução na fabricação de veículos, a Moby corretora de seguros conseguiu fechar o ano de 2021...