Mercados com comportamento positivo

Hoje, Ásia teve bom desempenho durante a madrugada, com destaque para Hong Kong com alta de 2,70%.

O dia está começando com comportamento positivo nos principais mercados do mundo, depois de dia também positivo na sessão anterior. Ontem, os mercados engataram processo de alta, principalmente com a arguição de Jerome Powell pelo Senado americano para ocupar novamente a cadeira de presidente do Fed por mais um mandato.

A Bovespa terminou o dia com alta de 1,80%, aos 103.779 pontos, dólar com queda de 1,67%, cotado a R$ 5,58, Dow Jones com alta de 0,51% (revertendo queda inicial) e Nasdaq com valorização de 1,41%. Investidores tomaram o caminho do apetite ao risco em 2022, com Powell não se comprometendo com calendário de ajuste monetário e discurso suave, mas certamente duro em relação ao controle da inflação e volta para a normalização da política monetária, dependendo das respostas da economia e da pandemia.

Hoje, mercados da Ásia reverberaram isso e tiveram bom desempenho durante a madrugada, com destaque para Hong Kong com alta de 2,70% e Tóquio com +1,90%. Os mercados da Europa começando o dia com altas razoáveis e conseguindo manter e futuros do mercado americano com leves altas. Aqui, é possível buscar zona próxima da acumulação anterior ao redor de 105.600 pontos e tentar mirar na faixa de 108.600 pontos, onde poderia ganhar maior tração.

Durante a madrugada, a China anunciou que a inflação pelo CPI (consumidor) de 2021 ficou em 0,9%, enquanto o PPI (atacado) foi de 8,1%. Lá, o volume de novos empréstimos desacelerou para US$ 180 bilhões, e o BC chinês (PBoC) começa a atuar no sentido de garantir maior liquidez para o prolongado feriado e restrições com relação à Covid-19. Na Zona do Euro, a produção industrial de novembro surpreendeu positivamente com alta de 2,3%, quando o previsto era somente +0,4%. Isso explica os mercados positivos no início do dia. Já na Turquia, o presidente Recep Erdogan prometeu inflação em queda o mais rápido possível.

Porém, o foco segue sendo a infecção pela variante Ômicron da Covid-19, que se mostra muito contagiosa. A Organização Mundial da Saúde (OMS) indica que metade dos europeus pode ser contaminada em dois meses, mas a doença parece ser bem menos letal.

No mercado internacional, o petróleo WTI tem mais um dia de alta em Nova Iorque, com +0,30% e com o barril cotado em US$ 81,46. O euro era transacionado em leve queda para US$ 1,136 e notes americanos de 10 anos com taxa de juros de 1,74%. O ouro e a prata tinham quedas na Comex, e commodities agrícolas com viés de alta na Bolsa de Chicago.

Aqui, o BC enviou ontem carta ao Conselho Monetário Nacional justificando o estouro da meta de inflação em 2021, com boa parte explicada pela inflação importada e quadro fiscal, além da tarifa de energia, petróleo e derivados. Falou também em desancoragem e buscar desde agora ancorar expectativas de 2022. Jair Bolsonaro falou em “caos” e “rebelião” se lockdown (confinamento) for implantado no país, mas é fato que alguns estados começaram a impor restrições.

Já a Fipe anunciou que o IPC da primeira quadrissemana de janeiro ficou estável em 0,57% e o movimento por reajuste de salários cresce entre os servidores federais, principalmente na Receita Federal e no BC.

Na agenda do dia, alguns indicadores que podem mudar o comportamento dos mercados. Aqui, a produção industrial de novembro e o fluxo cambial da semana anterior. Nos EUA, a inflação pelo CPI de dezembro, dados do Livro Bege (síntese da economia) e resultado fiscal de dezembro, além dos estoques de petróleo e derivados da semana anterior pelo departamento de energia.

Expectativa para o dia de Bovespa em alta e dólar e juros mais fracos.

Ontem, o dia começou sob a égide de dois fatos principais: a expansão da contaminação pela variante Ômicron em diferentes países (vários voltando a bater recordes) e a sabatina do Senado americano com Jerome Powell pretendendo dobrar mandato de presidente do Fed. Logo cedo, a Pfizer anunciou que em maio terá nova vacina contra a Ômicron e Powell, em sua leitura inicial, mostrou que o Fed pode antecipar tudo (tapering, alta de juros e redução do balanço patrimonial), sem se comprometer com prazos, podendo antecipar ou postergar, segundo avaliação da situação pelos membros do Fomc, do Fed.

Com isso, mercados acionários que vinham em alta se fortaleceram, os juros subiram um pouco e o dólar registrou enfraquecimento, motivando altas de commodities, como o petróleo. Powell repetiu declarações anteriores sobre gargalos na cadeia produtiva subindo inflação, mercado de trabalho apertado, inflação maior que a prevista para o momento, salários em alta sendo monitorados e atribuiu como momento ideal para retirada de estímulos e mudança da política acomodatícia. Declarou novamente que a dívida pública americana está em nível insustentável e que precisam lidar com isso.

Sua fala foi endossada em outro evento por presidentes regionais como Raphael Bostic (Atlanta), Esther George (Kansas) e Loretta Mester (Cleveland), todos abertos para elevação dos juros e redução do balanço ainda mais rápido que o previsto. Vigora ainda a percepção que a variante Ômicron terá efeito breve sobre a economia do país.

O Banco Mundial projetou que a expansão do PIB global em 2021, estimada em 5,5%, possa encolher para +4,1% em 2022, influindo negativamente em países emergentes. Para completar isso, o Institute of International Finance (IIF) detectou que as perspectivas de investimento em países emergentes pioraram, com exceção para a China. A Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) anotou taxa de inflação anual dos países membros até novembro na comparação anual de 5,8%.

O Reino Unido também acredita que o efeito da Ômicron deve ser passageiro. No mercado internacional, o petróleo WTI, negociado em Nova Iorque, passou a subir forte, com alta de 4,05% e barril cotado em US$ 81,40. Não exatamente em função disso, a Petrobras anunciou aumento de 4,8% para a gasolina e de 8% para o diesel. O euro era transacionado em alta para 1,136 e notes americanos de 10 anos com taxa de juros de 1,75%. O ouro e a prata com boas altas na Comex, e commodities agrícolas com desempenho de alta na Bolsa de Chicago. O minério de ferro também teve madrugada de alta em Qingdao, na China, com +2,74% e tonelada em US$ 129,17.

No cenário doméstico, ontem foi dia de divulgação da inflação oficial pelo IPCA de dezembro e 2021. No mês, houve desaceleração para 0,73% (anterior em 0,95%) e acumulou variação no ano de 10,06%, ambos acima do previsto. Os dados foram qualitativos ruins, com difusão mais alta e subindo para 74,8% (de 63,1%). Transportes, habitação e alimentação responderam por 79% do IPCA de 2021, o maior desde 2015.

O Banco Central entregou carta ao CMN sobre estouro da meta e sindicato conta ao presidente Campos Neto que quase 2.000 cargos foram entregues no movimento de reajuste salarial.

No mercado, a terça foi dia de dólar oscilando em alta e depois cedendo forte até R$ 5,58, para encerrar com queda de 1,67%, na mesma cotação de R$ 5,58. Na Bovespa, na sessão do último dia 7, os investidores estrangeiros alocaram recursos no valor de R$ 1,02 bilhão, deixando janeiro com ingresso líquido de R$ 3,7 bilhões. Os investidores institucionais sacaram em janeiro R$ 4,67 bilhões, os investidores individuais com +R$ 232,2 milhões e instituições financeiras com +R$ 424,9 milhões. No mercado acionário, dia de alta da Bolsa de Londres de 0,60%, Paris com +0,92% e Frankfurt com +1,11%. Madri e Milão também com altas de respectivamente 0,64% e 0,60%. No mercado americano, o Dow Jones reverteu queda na parte da tarde e, faltando cerca de meia hora para o encerramento, mostrava +0,50% e Nasdaq com +1,50%. Na Bovespa, também meia hora antes, tínhamos +1,64% e índice em 103.612 pontos.

.

Alvaro Bandeira

Economista-chefe do Banco Digital Modalmais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Rio restabelece parte dos serviços hackeados

Sistemas fazendários continuam fora do ar.

Preço dos medicamentos recuou 0,74% em julho

Após avançar 1,32% em junho, queda mensal observada foi inferior à variação do IPCA/IBGE.

Dia D com ‘Zé Gotinha’

Itaguaí realiza o Dia D de Multivacinação; na Zona Rural, a prefeitura vai disponibilizar um posto volante no Saco da Prata.

Últimas Notícias

Fux suspende decisão que tornava Eduardo Cunha elegível

Com isso, ex-presidente da Câmara não poderá se candidatar.

Em um ano, Brasil perdeu 1,2 milhão de empresas

Entre abril de 2021 e o de 2022, Ltdas. e S/As foram as que mais fecharam; MEIs, apesar da proliferação, caíram 7,2% no período.

Rio restabelece parte dos serviços hackeados

Sistemas fazendários continuam fora do ar.

Preço dos medicamentos recuou 0,74% em julho

Após avançar 1,32% em junho, queda mensal observada foi inferior à variação do IPCA/IBGE.

Vestuário e calçados têm desempenho positivo entre redes de moda

Dia dos Pais impulsionou desempenho do setor; mercado de roupas usadas pode ultrapassar varejo de moda em 2024.