Mercados com poucas oscilações

Depois de um final de semana agitado no Brasil, seria de supor que os mercados apresentassem maior grau de volatilidade. Mas o mundo, com pequenas oscilações e escassez de notícias novas deram o tom de risco nos mercados. Aqui, conseguimos manter o patamar de 118 mil pontos, mesmo com quadro político complicado. No cenário externo tivemos ontem vários dirigentes do Fed falando ao longo do dia, com o presidente Jerome Powell afiançando ser altamente improvável ocorrer alta de juros nesse ano. Outros como James Bullard (do Fed St. Louis) e Eric Rosengren (do de Boston) deram opiniões tranquilizadoras sobre forte crescimento em 2021, inflação e juros subindo de forma temporária e desemprego ainda alto, mas com expectativa de melhora ao longo dos próximos dois anos.

Já o BoE (o BC inglês) parece querer adotar a mesma postura do Fed com meta de inflação flexível e diferenciar alta sustentada da inflação temporária. Mudando para a Organização Mundial da Saúde (OMS), houve alerta de que os casos de Covid-19 globais devem ampliar nas próximas sete semanas. A Índia, por exemplo, voltou a superar o Brasil no ranking de contágio tomando a segunda posição. Nos EUA, nos últimos sete dias, o número de óbitos encolheu 5,2%, mas internações hospitalares cresceram 6,6% e infecções com +3%. Na Alemanha, surgiram notícias que o lockdown (confinamento) deve ser prorrogado por mais três semanas. No mercado internacional, o petróleo WTI negociado em Nova Iorque mostrava alta de 0,66%, com o barril cotado a US$ 59,71, interrompendo sequência de queda. O euro era transacionado em alta para US$ 1,191 e notes americanos de 10 anos com taxa de juros de 1,672%, também com baixa oscilação. O ouro e a prata com quedas na Comex e commodities agrícolas com viés de queda na Bolsa de Chicago. O minério de ferro negociado em Qingdao na China registrou alta de 0,54%, com a tonelada em US$ 174,57, talvez por conta do volume de novos empréstimos ter expandido em março 2,73 trilhões de iuanes, bem mais que o previsto.

No segmento doméstico, a nova pesquisa semanal Focus do BC trouxe dados mais amigáveis. A inflação de 2021 subindo para 4,85% (anterior em 4,81%), Selic em alta para 5,25% no final do ano, e PIB encolhendo para 3,08%, de anterior em 3,17%. Dólar também em leve alta para R$ 5,37 e produção industrial em alta para 5,39%. A previsão de déficit em conta-corrente caiu para US$ 10 bilhões e o superávit da balança comercial em alta para US$ 55,3 bilhões. O saldo comercial de abril até a segunda semana mostra superávit de US$ 3,48 bilhões, acumulando superávit em 2021 de US$ 11,39 bilhões.

No ambiente político, a senadora Katia Abreu declarou que os EUA farão doação de vacinas via programa Covax da OMS, sem chance de ser diretamente ao país. Lembrou que recusamos duas vezes entrar no programa Covax e que agora não dá para apelar por vacinas. Já Bolsonaro voltou a atacar governadores e prefeitos falando serem protótipos de ditadores.

Na Economia, o ministro Paulo Guedes e equipe estudam fazer uma PEC para renovar programas contra a covid-19 sem que decretem estado de calamidade e “cheque em branco” para elevar gastos. No mercado, dia de dólar com muita oscilação, para fechar com +0,84% e cotado a R$ 5,722. No final do dia, o dólar estressou por conta de parte do orçamento da Saúde ficar fora do teto de gastos. Na Bovespa, na sessão de 8/4, os investidores estrangeiros voltaram a alocar recursos no montante de R$ 183,5 milhões, transformando o saldo de abril em positivo em R$ 135,9 milhões e o ano com ingressos de R$ 12,3 bilhões.

No mercado acionário, a segunda foi dia de queda da Bolsa de Londres de 0,39%, Paris com -0,13% e Frankfurt com -0,13% também. Madri em queda de 0,29% e Milão com alta de 0,11%. No mercado americano, dia de Dow Jones realizando com -0,16% e Nasdaq com -0,36%, O S&P voltou a marcar recorde de pontuação. Na Bovespa dia de +0,97%, com índice em 118.811 pontos.

Ontem a Bovespa reagiu e conseguiu manter o patamar de 118 mil pontos do Ibovespa, fechando em alta de 0,97% e com índice em 118.811 pontos (palíndromo). O dólar registrou alta de 0,84%, cotado a R$ 5,72, depois de quase voltar para R$ 5,75. Dow Jones e Nasdaq terminaram o dia com quedas, mas isso não impediu o S&P de bater novo recorde de pontuação intraday.

Hoje os mercados da Ásia encerraram o dia majoritariamente com altas, exceção para Xangai em queda de 0,48%. Europa operando em alta neste início de manhã e futuros dos EUA com comportamento misto, mas todos um pouco afastados das máximas do dia. Aqui, há espaço para buscar o patamar de 120 mil pontos, que temos marcado como importante de ser superado, mas a situação política e o quadro fiscal bastante complicado inibem muito, somando-se a PEC fura-teto que está sendo gestada. O ETF mais líquido do Brasil EWZ mostra contração no mercado americano.

Na China, o superávit da balança comercial de março encolheu para US$ 13,8 bilhões, dos esperados US$ 49,2 bilhões, fruto de exportações em alta de 30,6% e importações crescendo 38,1%. No Reino Unido, a produção industrial cresceu 1% em fevereiro, mas anual encolheu 3,5%. Nos EUA, o líder Chuck Schumer declarou que o pacote de infraestrutura atende demandas presentes e introduz o futuro de competição. É provável que seja conseguido acordo bipartidário para aprovação. Na Alemanha, o índice Zew de expectativas econômicas encolheu para 70,7 pontos em abril. A previsão era de 79,5 pontos.

A tensão no Oriente Médio eleva o preço do petróleo na sessão de hoje, por notícias de um ataque do Iêmen contra instalações da Arábia Saudita. No mercado internacional, o petróleo WTI, negociado em Nova Iorque, mostrava alta de 0,87%, com o barril cotado a US$ 60,22. O euro era transacionado em queda para US$ 1,189 e notes americanos de 10 anos com taxa de juros de 1,67%. O ouro em queda e a prata em alta na Comex e commodities agrícolas com desempenho positivo na Bolsa de Chicago.

Aqui, a Petrobras segue sem definição de presidente (Silva e Luna deve ser confirmado), diretoria e projetos mantidos ou não; e ainda sobre como lidará com reajustes de combustíveis. Convém dizer que hoje a empresa está bem blindada para intervenções nos negócios. Mas ainda assim, a AGE foi bem complicada nas votações.

Já a PEC gestada, prevê créditos extraordinários para bancar obras fora do teto, com R$ 18 bilhões em rubrica de “outras despesas”, R$ 10 bilhões para redução de jornada de trabalho e salários e R$ 7 bilhões para Pronampe. Despesas da Saúde também fora do teto e da lei de ouro. Portanto, estão criando muitas goteiras nessa PEC fura-teto. Mansueto de Almeida, ex-secretário do Tesouro, diz que o teto sozinho não é suficiente para ajustar o quadro fiscal, que dirá com essas goteiras.

Na agenda do dia, teremos as vendas no varejo de março, pelo IBGE, e nos EUA a inflação pelo CPI (consumidor) de março, a confiança do pequeno empresário de abril e discursos de dirigentes do Fed. Além disso, está começando a safra de balanços do primeiro trimestre de 2021 que mexe pontualmente com os preços e indica direção dos próximos trimestres

Expectativa para o dia começando de Bovespa tentando buscar alta, juros e dólar com viés de queda.

.

Alvaro Bandeira

Sócio e economista-chefe do Banco Digital Modalmais

Artigos Relacionados

Estado do Rio registra 68,8 mil novos MEIs

Alimentação fora do lar foi o segmento com mais abertura de empresas, com 10,4 mil novos microempreendedores.

Volume de vendas do varejo restrito regrediu em março

'Recuo foi acima do esperado por nós (-3,4%) e pelo mercado (-5,1%)', diz Felipe Sichel.

Com medidas restritivas, produção industrial foi fraca no mês passado

Para os próximos meses, esperamos alguma recuperação com o auxílio emergencial e melhora gradativa das condições do mercado de trabalho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Estado do Rio registra 68,8 mil novos MEIs

Alimentação fora do lar foi o segmento com mais abertura de empresas, com 10,4 mil novos microempreendedores.

Volume de vendas do varejo restrito regrediu em março

'Recuo foi acima do esperado por nós (-3,4%) e pelo mercado (-5,1%)', diz Felipe Sichel.

Quase 80% não trabalham totalmente remoto na pandemia

Segundo levantamento sobre adaptação ao modelo de teletrabalho, 49,7% dos entrevistados estiveram na empresa semanalmente.

Tunísia pretende exportar 80 mil toneladas de frutas

País produz pêssegos, nectarinas, damasco, ameixa e estima aumento de 7% na safra de frutas em 2021; grandes importadores são Líbia, França e Itália.

Rio acaba com toque de recolher

Novas medidas têm validade até o dia 20 de maio; medidas podem ser revistas.