Metrô construído por China em Vietnã começa as operações comerciais

Autoridades do capital vietnamita Hanoi inauguraram o projeto de linha de metrô Cat Linh – Ha Dong construída pela China, no sábado, este é a primeira linha de metrô do país a começar operações comerciais.

Foto tirada em 6 Nov, 2021 mostra a estação de Cat Linh em Hanoi, Vietnã. Autoridades do capital vietnamita Hanoi inauguraram o projeto de linha de metrô Cat Linh – Ha Dong construída pela China, no sábado, este é a primeira linha de metrô do país a começar operações comerciais. O projeto foi entregue à Hanoi pelo seu investidor, o Ministério de Transporte Vietnamita, no mesmo dia. (VNA/Xinhua)

Xinhua - Silk Road

Hanoi, 6 Nov (Xinhua) — Autoridades do capital vietnamita Hanoi inauguraram o projeto de linha de metrô Cat Linh – Ha Dong construída pela China, no sábado, este é a primeira linha de metrô do país a começar operações comerciais.

O projeto foi entregue à Hanoi pelo seu investidor, o Ministério de Transporte Vietnamita, no mesmo dia.

Todos os passageiros da linha de metrô usufruem de trajetos gratuitos nos primeiros 15 dias de operação comercial.

Depois de fazer uma viagem ida e volta gratuita na manhã de sábado, Hoang Thi Huong, um passageiro de 30 anos do distrito Thanh Xuan de Hanoi, disse que a linha de metrô é tão moderna quanto àquelas que ela viu no exterior.

“Pegando esses trens, eu não terei mais que preocupar com o trânsito toda manhã ao ir para o trabalho”, Huong disse à Xinhua, esperando mais projetos de ferrovias urbanas a serem construídas para facilitar o transporte na cidade.

A linha tem mais de 13km com 12 estações. Cada trem foi designado com a velocidade de 80km por hora, com quatro vagões capazes de transportar mais de 1.000 passageiros.

O projeto de metro de Cat Linh – Ha Dong começou oficialmente a construção em outubro de 2011. O teste foi completo em dezembro de 2020, com mais de 70.000km de testes em milhares de viagens, permitindo que o sistema comece a operar comercialmente, segundo os investidores.

As passagens custarão 30.000 Dong Vietnamita (1,33 dólares dos EUA) para um passe diário e 200.000 Dong Vietnamita (8,83 dólares dos EUA) para um passe mensal. Fim

Leia também:

Shanghai foca na construção de centro de transporte internacional

Xinhua Silk Road
Agência de notícias oficial do governo da República Popular da China.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Brilhante comércio de cerejas entre a China e o Chile

Um total de 356.000 toneladas de cerejas foram exportadas do Chile durante a temporada 2021-2022, com 88% do total indo para a China, de acordo com a iQonsulting, uma empresa de consultoria, com sede em Santiago, capital do Chile.

Empresa chinesa construirá parque de ciências agrícolas em Paracatu

A Prefeitura de Paracatu, no estado brasileiro de Minas Gerais, assinou um acordo com uma empresa chinesa para abrigar um parque de ciências agrícolas, visando construir o maior centro sul-americano de pesquisa e desenvolvimento de sementes de soja e milho e da cadeia de suprimentos.

FMI Eleva pesos de renminbi e dólar na cesta de SDR

O Fundo Monetário Internacional anunciou no sábado um aumento no peso do renminbi chinês e do dólar americano na cesta de Direitos Especiais de Saque (SDR) após concluir a revisão quinquenal.

Últimas Notícias

Em 2021, 5 mil pessoas morreram em 64 mil acidentes de carro

Anuário da PRF mostra interrupção de quedas observadas desde 2011.

Eletrobras anuncia lucro de R$ 2,7 bi no primeiro trimestre

Resultado foi gerado por redução de custos e contratos bilaterais; comissão da Câmara discute impacto da privatização.

Brasil deverá atingir 12,5% da produção mundial de algodão até 2030

Segundo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, em março, as cotações da commodity subiram em 5,41%.

TSE autoriza ‘vaquinha virtual’ para financiar candidaturas

Eleitores agora podem contribuir com os seus candidatos.

Botijão de gás poderia custar R$ 60

Segundo Fernando Siqueira, com média de R$ 114, aproximadamente, o botijão chega a custar até R$ 160.