Microempresa do Rio não recupera empregos fechados na pandemia

As micro e pequenas empresas (MPEs) fluminenses responderam pela criação de 7,2 mil postos formais de trabalho em dezembro do ano passado, mostrando aumento de 421% em relação a igual mês de 2019. Segundo destacou a economista e analista do Sebrae RJ Simone Moura, em entrevista à Alans Gandra, da Agência Brasil, esse foi o melhor resultado alcançado pelo estado na geração de empregos formais em toda a série histórica iniciada em 2007.

No segundo semestre de 2020, as micro e pequenas empresas geraram mais de 68 mil empregos formais, recuperando 79% das vagas perdidas nos seis primeiros meses do ano. Entre janeiro e junho, as MPEs fecharam 81.773 postos com carteira de trabalho, uma perda no ano de quase 16 mil empregos. As médias e grandes empresas encerraram mais de 105 mil postos de trabalho formais no período.

O professor da UFRJ e diretor da Assessoria Fiscal da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), Mauro Osório, destaca que entre janeiro de 2015 e dezembro de 2020, o Estado do Rio de Janeiro perdeu 702.148 empregos com carteira assinada. Ou seja, sozinho representou quase 50% do total de empregos com carteira assinada perdidos no país, de 1.593.541 empregos.

Leia mais:

Editais beneficiam escolas de samba e blocos de ligas

Rio: 38 escolas municipais podem retomar aulas presenciais

Artigos Relacionados

Novas restrições no Rio impactam condomínios

Decreto proíbe a realização de eventos em áreas públicas e particulares até o próximo dia 11.

Suspensão do auxílio emergencial impactará cenário no Brasil

Na pandemia, população recorreu ao cloro ou água sanitária para a limpeza diária.

Vendas de cimento crescem e preços sofrem pressão

Câmbio também impacta valores no Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Lula livre. Até quando?

Jurista: Necessidade de proteger Moro e os procuradores da Lava Jato.

Produtividade na indústria cai com menor produção na pandemia

Para 2021, as perspectivas são melhores, em razão do início da vacinação da população.

Demanda por bens industriais cresceu 0,6% em janeiro

Ipea apontou avanço de 6,6% no trimestre móvel encerrado no primeiro mês de 2021.

Aumenta consumo de pornô por público feminino

Relatório de site de entretenimento adulto revela que 39% do acessos são de mulheres.

Abertura de empresas tem alta de 13,4% em novembro

Segundo Serasa, sociedades limitadas impulsionaram índice; comércio teve alta estimulada por Black Friday e festas de fim de ano.