Microgeração de energia poupa bilhões em investimentos

Instalações feitas por consumidores – empresas e famílias – equivalem a 25% da potência de Itaipu.

Os sistemas de microgeração e minigeração distribuída solar fotovoltaica em residências, comércios, indústrias, produtores rurais e prédios públicos no Brasil atingiu a marca de 3 gigawatts de potência instalada. Para dar uma ordem de grandeza, é pouco menos de 1/4 da potência instalada de Itaipu (14GW), a segunda maior hidrelétrica do mundo, e cerca de 1/3 da potência de Belo Monte (pouco mais de 9 GW).

Para se ter uma ideia de valores, a hidrelétrica de Santo Antônio, com potência instalada quase igual à de mini e microgeração distribuída, com seus 3,5 GW, representou um investimento de R$ 20 bilhões, não incluídos na conta os gastos de transmissão para levar a energia aos quatro cantos do país. O Linhão do Madeira, com quase 2,4 mil quilômetros, representou investimento de R$ 7,2 bilhões (valor de 2008). Isso significa que as unidades residenciais, comerciais, industriais e rurais pouparam um investimento que poderia ser estimado em mais de R$ 25 bilhões.

Apesar – ou por causa – dessas vantagens, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) quer mudar um sistema que vem dando certo com a alegação de supostos subsídios aos microgeradores (que, pelo valor do sistema, pertencem às classes mais abastadas, em detrimento dos demais consumidores. Além de já ter sido demolida a tese de que há subsídios, os investimentos poupados ao país e a rapidez na instalação dos sistemas de geração distribuída até justificariam uma ajuda. A Aneel, ao sustentar a tese de que deveria haver mudanças agora, apenas dá voz a distribuidoras – sendo que algumas, não por acaso, entraram no mercado de serviços de microgeração.

A tecnologia fotovoltaica distribuída representa apenas 0,4% das unidades consumidores existentes no território nacional, que hoje somam 84,4 milhões. Em outros países, mudanças na forma de cobrança e créditos de energia só foram pensadas após chegar a uma fatia de 5% ou mais.

 

Guepardo

Foi concluída em menos de 2 dias, na manhã de quinta-feira, o processamento das declarações de Imposto de Renda da Pessoa Física 2020. Quem dera o governo dedicasse a saúde, educação e outros serviços sociais o mesmo empenho que dedica à arrecadação.

 

Laços antigos

Temporada de caça a tucanos, ainda que meio duvidosa, poderia prosseguir com investigação da Lista de Furnas. Ex-deputado Roberto Jefferson confirmou ter recebido R$75 mil do caixa 2 montado dentro da estatal. Bolsonaro, mais novo amigo de Jefferson, é acusado de levar R$50 mil.

 

Rápidas

O grupo de ativistas A Liga, que lançou uma pré-candidatura coletiva à Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro, propõe criar um aplicativo municipal de entregas, que visa combater a precarização do trabalho. Seria nos moldes do iFood, porém, administrado pela prefeitura, como o Taxi.Rio *** Para preparar o setor de varejo para atender a nova geração longeva de consumidores, o Sistema Fecomércio RJ e o Sebrae Rio realizarão ação de apoio ao comércio para celebrar o Dia dos Avós (26 de julho). A campanha começou nesta segunda e prosseguirá, de 15 a 24, pelos canais digitais do Sesc e Senac RJ *** A quarta sessão do webinar sobre “Cooperação Internacional Contra Covid-19” será nesta terça-feira, às 9h, com tema “Aprofundação da Cooperação Econômica e Comercial entre a China e o Brasil”, no Youtube *** O Instituto Nexxera lança o projeto Recuperação de Negócios com o objetivo de fornecer mentorias gratuitas para microempreendedores individuais e micro, pequenas e médias empresas. Inscrições até esta terça-feira *** Está aberta a temporada do tradicional “Festival do Morango Lecadô”, em julho e agosto, em todas as lojas *** A Editora Massangana da Fundação Joaquim Nabuco fará o lançamento de suas publicações mais recentes pela Internet. O primeiro encontro foi nesta sexta-feira, com HQ sobre Joaquim Nabuco. Os demais lançamentos estão agendados para 10, 17, 24 e 31 deste mês *** O BVA Advogados foi reconhecido, pela quarta vez, como um dos melhores escritórios de advocacia do país pelo ranking da Leaders League, citado nas áreas de Startup & Inovação e Direito Autoral *** O Instituto Di Blasi, Parente promove webinar gratuito com o técnico de vôlei Bernardinho nesta quarta-feira, às 19h. Inscrições aqui.

 

 

 

 

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Engie valerá R$ 2,5 bi a mais após acordo com Aneel

Semana passada, o Monitor noticiou que a proposta da Aneel de repactuação do risco hidrológico (GSF) deixaria a conta a ser paga pelo pequeno...

Apelo de Biden ao multilateralismo fica sem crédito

Na ONU, presidente dos EUA desmente mundo dividido em blocos rígidos.

Fintechs e bancos disputam quem cobra mais

‘Não temos vergonha de sermos bancos’, diz Febraban; mas deveriam.

Últimas Notícias

Eve desenvolverá modelo de operação de Mobilidade Aérea Urbana

A Eve Urban Air Mobility, empresa da Embraer, e a Bristow Group Inc. (NYSE: VTOL), líder mundial em soluções de voo vertical, anunciaram, nesta...

China: Ampliar apoio à energia verde agrada banco de investimento

O Banco Asiático de Investimento em Infraestrutura (BAII) declarou que dá as boas-vindas ao anúncio da China de aumentar o apoio à energia verde...

XP: Preços de ativos podem sofrer na atual turbulência de mercado

Um dia depois do aumento de 1 ponto percentual da taxa básica de juros, a Selic (agora em 6,25% ao ano), pelo Comitê de...

Projetos de energias renováveis em substituição ao uso do diesel

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e a Eletrobras firmaram um Pacto de Energia para atuarem conjuntamente na busca de soluções...

Proposta atualiza regulamentação sobre as cooperativas de crédito

Texto em análise na Câmara dos Deputados promove uma série de modificações na Lei do Sistema Nacional de Crédito Cooperativo (SNCC), abordando o Projeto...