Milei negocia base militar dos EUA?

Presidente da Argentina, Javier Milei, se encontra com chefe do Comando Sul e suscita temores de base militar no sul do país

424
Javier Milei
Javier Milei (Foto: Luciano Gonzáles Torres/Agência Xinhua)

A viagem do presidente da Argentina, Javier Milei à cidade mais ao sul do país, Ushuaia, na Terra do Fogo, dia 4, para se encontrar com a general Laura Richardson, chefe do Comando Sul dos EUA, suscitou análises de que o argentino estaria abrindo espaço para uma base naval norte-americana na região.

A viagem não programada – apenas 2 dias depois de os argentinos comemorarem o aniversário da retomada das ilhas Malvinas em 2 de abril de 1982 – teria resultado em um acordo construir conjuntamente o Pólo Logístico Antártico Integrado da Marinha em Ushuaia.

“A China tinha planos de construir um porto polivalente, incluindo um complexo petroquímico, na ilha de Rio Grande, perto de Ushuaia, e assinou um memorando de entendimento com o governador da Terra do Fogo, Gustavo Melella, para esse fim. Richardson quer ter certeza de que o projeto nunca será construído”, analisa o EIR News.

Milei, vestindo uniforme do Exército, foi recebido com protesto por manifestantes – veteranos das Malvinas e outros – que o denunciaram por renunciar à soberania da Argentina. Milei pontificou: “Nosso melhor recurso para defender nossa soberania e resolver problemas com sucesso é reforçar nossa aliança estratégica com os EUA e com todos os países que defendem a liberdade”, entre eles Israel, informou o jornal Página 12.

Espaço Publicitáriocnseg

Estaria incluído em “resolver problemas” ter acesso a farto financiamento dos EUA? Só para lembrar, um ministro do então presidente Carlos Menem (1991–1999) exaltou as “relações carnais” com os Estados Unidos. Adivinhem quem acabou, ahn, se dando mal…

Negócio fechado

O banco HSBC está dando bye bye à Argentina. A venda de suas operações no país dará prejuízo de US$ 1 bilhão.

Sanções a Israel

O ministro dos Negócios Estrangeiros de França, Stéphane Séjourné, sugeriu, nesta terça-feira, que a comunidade internacional deveria pressionar Israel, impondo potencialmente sanções para forçá-lo a permitir mais ajuda a Gaza, indo ao encontro de proposta feita por este colunista ontem.

Miçangas digitais

O comunicado enviado pela X Brasil, antiga Twitter Brasil, ao STF, de que cuida apenas de “monetização, comercialização e promoção da rede” Twitter/X pode ser enquadrado dentro das manifestações colonialistas que sempre exploraram o Brasil. A empresa vem aqui buscar dinheiro; qualquer discordância, entenda-se com a matriz.

Rápidas

Organizado pelas professoras Eliane Araujo e Carmem Feijó, o livro Industrialização e desindustrialização no Brasil – Teorias, evidências e implicações de política é o novo lançamento da Appris *** O Programa CCBB Educativo – Lugares de Culturas realiza, até sexta-feira, a Semana de Conscientização do Autismo no Rio de Janeiro *** André Soares Pereira, sócio do GSP e membro do conselho fiscal da ABF Rio, faz palestra com Breno Krivkin, CEO da Tribecca, no dia 24, na sede da ABF Rio, na Barra, às 9h30. O tema é “Expansão Nacional e Internacional, estratégias de expansão e marketing, no universo do franchising”. Inscrições aqui *** Alessandra Scivoletto assume o cargo de diretora Comercial na Itabus, empresa de mídia em movimento no Rio de Janeiro *** No próximo dia 16, às 9h, será realizada, via Google Meet, a oficina “Crédito Internacional”, com Luciano Bravo, CEO da Inteligência Comercial. Inscrições aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui