Militar distribui pesquisa fake, mas quem se importa?

Objetivo é criar clima de que Bolsonaro está na frente e será roubado.

Circula entre altas patentes militares uma pesquisa que afirma que “Bolsonaro vence hoje em todos os estados, porque o povo quer que ele continue”. O levantamento é atribuído ao Paraná Pesquisas, garantindo a mensagem que está registrado no TSE. A pesquisa é tão verdadeira quanto uma nota de R$ 22. Só para ficar nas 3 últimas divulgadas pelo instituto:

– Em Alagoas, Bolsonaro teria 58,36% das intenções de voto (na realidade, Lula lidera com 50,7%; o atual presidente tem apenas 29,5%)

– Rio de Janeiro: 69,72% (pelo Paraná, há empate: Lula com 37,9%, Bolsonaro com 37,5%)

– Santa Catarina: 82,41% (na pesquisa real, Bolsonaro tem 45,1%, enquanto Lula alcança 29%)

O problema não é a mensagem com pesquisa falsa; o escândalo é um militar de alta hierarquia fingir acreditar nisso, a ponto de divulgar nos seus círculos. Estar a léguas da verdade não é empecilho nesse caso; o que se quer é criar a expectativa de que Bolsonaro está na frente e será roubado.

 

Avanços e riscos

A MP 1124, de 13 de junho, tornou a Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD) uma autarquia. “Como autarquia desvinculada à Presidência da República, passa a ter os mesmos níveis de independência que outras agências brasileiras, como a Anatel, Anvisa e o Banco Central, com estruturas administrativa e financeira independentes. Trata-se de um grande passo para a Autoridade brasileira ter mais semelhança com as Autoridades europeias (DPAs), o que trará benefícios para a cooperação internacional”, analisa Antonielle Freitas, DPO (Data Protection Officer) do escritório Viseu Advogados.

A torcida é para que não venha a ser cooptada por interesses poderosos, como ocorreu com outras agências.

 

Dados robustos

A Infraestrutura de Dados Espaciais (IDE.RJ), ferramenta de gestão de dados desenvolvida pela Ceperj em parceria com a empresa Codex, promete transformar o Rio de Janeiro no único estado da América Latina com cobertura de imagens de satélite, com 15cm de HD.

“O IDE.RJ permite que os gestores públicos tenham acesso a informações robustas e ferramentas de planejamento e gestão territorial, como por exemplo a identificação de áreas de expansão urbana, situação da malha viária, crescimento urbano desordenado, loteamentos irregulares, áreas de expansão industriais, entre outros”, explica Gabriel Lopes, presidente da Fundação Centro Estadual de Estatísticas, Pesquisas e Formação de Servidores Públicos do Rio de Janeiro (Ceperj).

Lopes está em Portugal, onde será um dos palestrantes do Engage 2022, que termina nesta quarta-feira.

 

Liquidação

A Eletrobras foi privatizada sem que o Estado tenha cobrado um ágio por esse controle, como ocorre em qualquer venda de empresa.

 

Rápidas

O IAG – Escola de Negócios PUC-Rio realizará dia 22, às 19h, o webinário “Como revolucionar a Gestão da Experiência do Cliente?”. Inscrições aqui *** De quinta a sábado, a MedLevensohn participará da 42ª edição do Congresso da Sociedade de Cardiologia de São Paulo (Socesp), onde apresentará pela 1ª vez os monitores MAPA Microlife Watch BP e Watch BP Home A

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Triste realidade

Em cada 4 bairros do Rio, 1 tem milicianos ou traficantes

Pré-candidatura de Ceciliano ao Senado ganha apoio na Região Serrana

Prefeito do PSB vira as costas para candidato do partido.

Poderes…

‘Como são lindos como são lindos os burgueses’

Últimas Notícias

Geladeiras devem exibir nova etiqueta de eficiência

Comércio varejista tem prazo até 30 de junho de 2023 para continuar vendendo os produtos com a etiqueta antiga.

Mercado pet deve crescer 14% em 2022

Chile é o país que mais importou produtos pets brasileiros no primeiro trimestre; setor prevê novas exportações neste ano.

FGTS vira moeda do governo para movimentar a economia

Atualização monetária das contas do Fundo não acontece e trabalhador continua no prejuízo.

EUA: tiroteio em escola bate maior número em 20 anos

Segundo relatório, houve apenas 23 incidentes com vítimas fatais durante o ano letivo de 2000/2001.

Bebidas Online busca captar R$ 2 milhões com pessoas físicas

Com crescimento projetado de 19% para 2022, startup de delivery de bebidas usará recursos nas áreas de marketing, desenvolvimento de produtos e expansão do time