Militares marcharão com Bolsonaro?

Esquerda se expande na América Latina, e o Brasil não está fora da tendência.

A decisão do Exército em não punir o general Eduardo Pazuello deixou a clara mensagem de que as Forças Armadas – ou, ao menos, a mais expressiva delas – não tem interesse em confrontar o presidente da República neste momento.

Uma mensagem não tão evidente é sobre até que ponto os generais marcharão com o capitão. Diante do crescimento da oposição a Bolsonaro e frente ao quadro em mutação na América Latina, o que pode ser subentendido da decisão do Exército é que apoiarão a reeleição, especialmente se o oponente for o ex-presidente Lula.

Nos países vizinhos, o golpe na Bolívia foi varrido nas urnas, o Chile desmonta a maldita herança de Pinochet, e a Colômbia vê seu governo ir às cordas com a pressão popular, similar à que levou os chilenos a uma Constituinte que demoliu a direita. No Peru, o marxista Pedro Castillo estava (às 17h47, hora de Brasília) a poucas urnas de ser declarado vencedor do segundo turno das eleições (contrariando as sempre equivocadas – quando tratam da esquerda – pesquisas, caminhando para bem mais de 100 mil votos de vantagem).

A Argentina engrossa a frente contra o neoliberalismo, que se vê, na América do Sul, restrito aos pouco expressivos Uruguai e Equador. O Paraguai deverá emergir do golpe derrotando a direita. Mais ao norte, AMLO, apesar de recuo nas eleições para deputados, manteve ampla maioria no México e acrescentou alguns governadores.

Diante desse quadro, ninguém duvide que os que no Brasil buscam um candidato de “centro democrático” (mais popularmente, uma direita que come de garfo e faca) engrossarão a fileira de apoio a Bolsonaro se o presidente for a opção a Lula ou um candidato progressista.

Se os militares embarcarem, haverá a séria questão de como ficará a convivência democrática. As toleradas – para não dizer estimuladas – quarteladas na Bahia e Ceará e a violenta repressão ao ato contra Bolsonaro em Pernambuco colocam em dúvida se a “lei e ordem”, tão prezada pelo Exército, será respeitada. Mais ainda, o resultado das urnas.

 

Olho no olho

O presidente da Associação Nacional de Desembargadores (Andes), Marcelo Buhatem, manifestou apoio à decisão do presidente do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, desembargador Henrique Carlos de Andrade Figueira, que estabeleceu, a partir desta quarta-feira, a retomada gradual do trabalho presencial no Judiciário estadual. Haverá trabalho presencial de, no máximo, 50% do quadro da respectiva unidade.

Para o presidente da Andes, essa retomada gradual é necessária, pois o “olho no olho” é fundamental para garantir que as partes conheçam quem vai decidir o rumo do processo, bem como a liturgia do julgamento. Ele explica que a Justiça apresenta uma ritualística própria, que é fundamental para preservar direitos e garantias processuais.

 

Rápidas

Robinson Vasconcelos é o diretor-geral da ReFact, da área de F2C (fábrica para consumidor) *** Os advogados Luiz Henrique Oliveira e Marcelo Machado Ene ministram nesta terça-feira, às 19h, aula sobre “Agente Marítimo e Agente de Carga: Aspectos polêmicos” pelo canal no youtube da Maritime Law Academy.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Deputado pede isenção de ICMS para botijão de gás

Luz, combustíveis e cesta básica também têm alíquotas muito superiores às dos outros estados brasileiros.

Finlândia quer atrair imigrantes

Com preços altos e clima frio, missão não é das mais fáceis.

Indústria do Brasil cai menos que mundial na pandemia

‘Soluço’ não detém trajetória de queda iniciada no final dos anos 1980.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

ENS e Ministério da Agricultura fazem live para lançar curso gratuito

Live no dia 7 de julho terá a participação de representantes do MAPA e especialistas em agronegócio.

Carta Fabril lança o papel higiênico premium Cotton Folha Tripla

Novidade foi desenvolvida para levar mais maciez com preço justo ao consumidor

LDZ Escola abre curso de animação digital 2D da ToonBoom Animation

Arte digital e cultura nerd beneficiam saúde e qualidade de vida.

Vendas Club traz conteúdo exclusivo para todo o Brasil

Propósito é prestar serviço para profissionais se manterem atualizados sobre o cenário de vendas.

Imóveis comerciais: segmento deve reaquecer de forma gradual

Desaquecimento por imóveis comerciais ocorreu por causa do home office imposto pelas restrições sanitárias.