Minha Casa Minha Vida: programa fará 112 mil casas em áreas rurais

Estima-se que 440 mil pessoas serão abrigadas com essa expansão

145
Programa Minha casa minha vida (foto divulgação)
Programa Minha Casa Minha Vida (foto divulgação)

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou hoje um investimento de R$ 11,6 bilhões para a construção de 112,5 mil moradias pelo programa Minha Casa Minha Vida (MCMV), nas modalidades Rural e Entidades. Essa medida visa atender às demandas de comunidades tradicionais e famílias organizadas pelos movimentos de luta por moradia, como quilombolas, povos indígenas e agricultores. Lula destacou que a meta inicial do Ministério das Cidades foi superada em mais de 140%, refletindo a urgência em fornecer moradias dignas para aqueles que mais necessitam.

O MCMV Rural e Entidades selecionou e habilitou um número significativo de propostas de entidades organizadoras ligadas aos movimentos de luta por moradia, representantes de agricultores e trabalhadores rurais, e entes públicos locais. Grupos vulneráveis, como mulheres chefes de família e famílias em áreas de risco, terão prioridade nesse processo de seleção.

O presidente Lula ressaltou a importância de garantir qualidade nas habitações construídas pelo programa, lembrando problemas enfrentados no passado, como a entrega de moradias de baixa qualidade. Ele enfatizou a necessidade de espaços adequados, como varandas e sacadas, para proporcionar conforto e dignidade aos moradores.

O ministro das Cidades, Jader Barbalho Filho, corroborou a qualidade das unidades construídas pelo MCMV Entidades, comparativamente superiores às feitas por empresas construtoras. Lula também reconheceu o sucesso dessa modalidade do programa, destacando a eficiência das entidades na construção de moradias de excelência.

Espaço Publicitáriocnseg

Além disso, o presidente anunciou planos de ampliar o público-alvo do MCMV, visando beneficiar também pessoas com renda superior a dois ou três salários mínimos. Lula informou sobre o lançamento de um programa de crédito habitacional para essas camadas da população e a criação de um programa de reforma de casas, reconhecendo a necessidade de atender a uma faixa de renda que atualmente não é contemplada pelo programa.

Fonte: Agência Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui