Minoritários no vôo

Acionistas minoritários da Varig estão se mobilizando para participar do processo de “fusão operacional” com a TAM. O escritório de advocacia Jorge Lobo & Associados, representando a Interunion (detentora de 7,9% do capital da Varig), requereu ao Conselho de Administração da Varig a convocação de uma AGE para discutir esse processo. Até hoje, os acionistas só tomaram conhecimento das negociações através da imprensa. De acordo com o advogado do escritório Jorge Lobo & Associados, Pedro Costa, o requerimento foi feito com base no artigo nº 123 da Lei de Sociedades Limitadas, que concede aos acionistas com mais de 5% do capital direito de convocar AGE.

Natal adiado
Com as vendas em baixa, os shoppings atrasaram os planos para o Natal 2003. A Cipolatti, do ramo de decoração natalina, fechou 65 contratos de decoração em centros comerciais até julho. Segundo Ana Cecília Cipolatti, diretora de Marketing da empresa, esse número é inferior aos contratos fechados nessa mesma época no ano passado. Para escapar da crise, a empresa ampliou seu leque e desenvolveu projetos para a decoração de fachadas de bancos, clubes, hotéis, hospitais, universidades e todos que desejarem uma decoração natalina caprichada. O mercado baiano é um dos que mais investiu em decoração natalina em 2003. Minas Gerais e Rio de Janeiro também se destacaram e terão quase todos os shoppings decorados pela empresa.

Nova matriz
A Associação Brasileira de Engenheiros Eletricistas (Abee) e o Sindicato das Indústrias de Energia Elétrica (Sinergia) promovem, no próximo dia 25, a partir das 8h, o seminário Contribuições para o Estabelecimento da Nova Matriz Energética. O evento será realizado no Teatro do Sesi, no prédio sede da Firjan (Avenida Graça Aranha, 1) e terá a s presenças do secretário executivo do Ministério das Minas e Energia, Maurício Tolmasquim, do secretário de Energia do Rio de Janeiro, Wagner Victer, e do presidente da Firjan, Eduardo Eugênio Gouvêa Vieira. Informações sobre inscrições pelo telefone (21) 2233-6357 ou no site www.profin.com.br

Receptivo
O mercado brasileiro é bastante promissor para publicidade via celular, especialmente em ações de varejo e ligadas a esportes. Este foi um dos pontos interessantes de extensa pesquisa sobre mercado de comunicações móveis coordenada pela Nokia Brasil e que recebeu o Marketing Research Award na categoria Best Research for Telecommunications and TI Industry em 2003. O prêmio foi concedido pela Marketing Magazine, Association for Qualitative Research e The Marketing Society. O levantamento, realizado pela Nokia e HPI Research Group, teve como objetivo mapear as oportunidades do mercado brasileiro de telecomunicações no segmento de consumo de massa.

Decepção
“A tecnologia é burra,” afirma Waldir Ubirajara Hadad, diretor da Beacon Planned Networks, ao comentar as decepções das empresas com gerenciamento de tecnologia de informação (TI). Os resultados práticos observados ficam muito aquém das expectativas, tanto do provedor, quanto do contratante. Segundo Waldir, o erro está em despejar todas as ansiedades na tecnologia.. “É preciso investir na real preparação do fator humano, desenvolvendo profissionais que se qualifiquem como pesquisadores de novas técnicas e conceitos.”

Pirataria
Assunto que tem andado nas pautas e nas páginas policias dos jornais, a proteção de marcas e patentes, o combate à pirataria, a violação de direitos sobre softwares e o uso da biodiversidade como negócio serão alguns dos 14 temas do XXIII Seminário Nacional de Propriedade Intelectual, que acontecerá em São Paulo, nos próximos dias 18 e 19. Promovido pela Associação Brasileira de Propriedade Intelectual (ABPI  – www.abpi.org.br), o evento reunirá especialistas como o inglês Michael Blakeney, do Queens Mary Intellectual Property Research Institute Centre for Commercial Law Studies, e Roberto Castelo, diretor geral adjunto da Organização Mundial da Propriedade Intelectual, com sede em Genebra.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorConceição
Próximo artigoGasto extra

Artigos Relacionados

Falta de servidores traz prejuízo, inclusive financeiro

Fila de segurados no INSS vai engrossar precatórios em R$ 11 bilhões.

Desmonte do Estado se dá pelas beiradas

Miçangas e espelhos empurram reformas administrativas nos municípios.

O que vale pros precatórios vale pra dívida interna?

Se calotes são defensáveis, poderiam ser estendidos para os títulos públicos.

Últimas Notícias

Distribuição comercial: quais cláusulas e condições mais importantes?

Por Marina Rossit Timm e Letícia Fontes Lage.

Mercado corre do risco em momento de estresse

Se tem uma coisa que o mercado é previsível é com relação ao seu comportamento em momentos de estresse é aversão ao risco. “Nessa...

Petrobras: mais prazo de inscrição no novo Marco Legal das Startups

Interessados em participar do primeiro edital da Petrobras baseado no novo Marco Legal das Startups (MSL) poderão inscrever-se até o dia 12 de dezembro....

Canal oficial para investidor pessoa física na B3

A partir desta sexta-feira, a nova área logada do investidor da B3, lançada em junho, passa a ser o canal que centraliza todas as...

Fitch Ratings atualiza metodologia de Rating de Seguros

A Fitch Ratings, agência de classificação de risco, publicou nesta sexta-feira relatório de atualização de sua Metodologia de Rating de Seguros. Segundo a agência,...