Mitos

A Sociedade Brasileira de Estudos de Empresas Transnacionais e da Globalização Econômica (Sobeet) lança o livro Desnacionalização: Mitos, riscos e desafios nesta segunda-feira, dia 13, às 19h30, no Auditório da Folha de São Paulo (Al. Barão de Limeira, 425 – 9º andar – Campos Elíseos – São Paulo), seguido de debate. Editado pela Contexto, o livro procura mostrar um panorama plural e abrangente da situação econômica brasileira moderna. Os artigos vão além de apontar as dificuldades, fragilidades e vulnerabilidades da economia brasileira, preocupando-se também em apontar ações concretas que tornem a inserção do país no processo de globalização mais ativa e estratégica, segundo a Sobeet. Os autores são: Antônio Corrêa de Lacerda (organizador e presidente da entidade), Célio Hiratuka, Fernando Sarti, João Furtado Maria, Fernanda Freire de Lima, Maria Helena Zockun, Mariano Laplane, Maurício Mesquita Moreira, Rodrigo Sabbatini, Tatiana Deane e Virene Roxo Matesco.

Filtro
Embora seu endereço eletrônico oficial seja inundado diariamente por um número incalculável de mensagens, a presidência da MCI no Brasil só lê, efetivamente, 15 e-mails por dia. A grande maioria de setores estratégicos da empresa.

Natal amargo
Um novo vírus na praça está causando estragos nos microcomputadores. O Navidad atingiu várias empresas pelo Brasil, mesmo aquelas equipadas com bom programas antivírus, como a Telemar-Rio e até o MONITOR MERCANTIL. As vacinas atualizadas dos melhores antivírus já estão disponíveis, mas quem já foi “infectado” vai ter dor de cabeça: o vírus impede que programas do Windows funcione, dificultando o trabalho de “limpeza”.

Desplugado
A pré-histórica apuração das eleições norte-americanas deixou os analistas mais antenados com pelo menos duas pulgas atrás da orelha: se na pátria da “nova economia” as eleições não são informatizadas, afinal para que servem os gênios do Vale do Silício? Ou – o que é mais assustador – será que eles sabem exatamente o que estão fazendo?

Rússia
Apesar de ainda não estar definido aonde ficará o Museu Guggenheim – no Rio, a Praça Mauá é o local com mais chances – já se sabe de onde virão as obras que serão expostas. A origem é o museu da Rússia em que recentemente foram achadas várias obras estocadas, sem espaço para exposição.

Rostos
O artista plástico Webber Zopellari inaugura nesta terça-feira, às 18h30m, a exposição “Pinturas”, que permanecerá, até 7 de dezembro, na Pequena Galeria do Centro Cultural Cândido Mendes, no Centro. Os rostos humanos, pintados em escala grandiosa,  são o principal tema da exposição. A obra de Zopellari recebeu elogios, entre outros, do curador do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, Fernando Cocchiarale, para quem “as pinceladas soltas de Zopellari concentram-se na parte central do quadro para formarem rostos, dispersando-se, em seguida, livremente em torno dos mesmos”.

Frutos
Em todos os estados onde o MST está organizado existem cooperativas agrícolas das famílias beneficiadas pela reforma agrária. Segundo Daniel da Silva, coordenador do MST no Estado do Rio, “já são 81 cooperativas, gerando cerca de 50 mil empregos diretos”. Daniel informou que há cidades que já têm inclusive “lojas da reforma agrária”, como São Paulo e, “segundo pesquisa realizada pela ONU, em 1997, o  rendimento médio é de 3,5 salários mínimos mensais”. Para Silva, “a reforma agrária dá certo, desde que os trabalhadores estejam organizados, mesmo com a vigência da política do presidente FH, que não prioriza a agricultura familiar ou a pequena propriedade”.

Corleone
Uma fita pirata circula como cobiçado troféu nos bastidores da TV Globo. Nela, um parlamentar nordestino conhecido por sua truculência desfila todo o seu repertório de grosserias e baixarias contra o repórter de uma afiliada da Globo que o entrevista. A performance foi toda captada pela câmera do primeiro ao último segundo. É um exocet  irresistível para abastecer futuras campanhas oposicionistas.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorImagem
Próximo artigoOperação maquiagem

Artigos Relacionados

Fintechs e bancos disputam quem cobra mais

‘Não temos vergonha de sermos bancos’, diz Febraban; mas deveriam.

Terceira via tira a máscara

Diferença para atual governo está nos métodos, não nos fins.

Os EUA lavam mais branco

Lavagem de dinheiro através de imóveis tem poucos obstáculos na pátria de Tio Sam.

Últimas Notícias

Startup lança soluções para indústrias e pequenas e médias empresas

ReFact aposta em tecnologia própria inovadora para agilizar e unificar informações dos clientes no e-commerce.

Produção de cerveja retoma ao patamar de 2014: 14,1 bi de litros

Número de brasileiros que apreciaram uma cerveja em casa saltou para 68,6% em 2020, ante os 64,6% de 2019, de acordo com a Kantar.

Bem Brasil Alimentos acelera exportações de batatas pré-fritas

Indústria mineira realizou embarques para Bolívia, Uruguai e Estados Unidos e projeta quadruplicar o volume de vendas em 2021.

Vale cancela ações em tesouraria sem reduzir o valor do capital social

O Conselho de Administração da mineradora Vale aprovou o cancelamento de 152.016.372 ações ordinárias de emissão da companhia adquiridas em programas de recompra anteriores...