Monti na berlinda

Posto no poder para ser o representante da União Européia na Itália, o primeiro-ministro Mario Monti enfrenta crescentes manifestações, mostrando ser ilusório o desejo da UE de que a mera remoção de Silvio Berlusconi do governo conteria a insatisfação dos italianos. No fim de semana, mais duas manifestações, organizadas pela direita e pela esquerda, levaram milhares de italianos às ruas do país.

Sem TAV
Manifestantes do movimento NoTav fecharam as principais ruas e avenidas de Roma, Milão, Turim e Perugia, sendo reprimidos pela polícia. O Tav é o projeto do trem de alta velocidade que ligaria Turim, no Norte da Itália, a Lion, na França, passando por Paris e Milão. Para os líderes do NoTAV, a construção da ferrovia causará danos ambientais irreversíveis, destruindo, ainda, grandes extensões de terras agrícolas de pequenos produtores, afetando o abastecimento local. Eles criticam também os valores das indenizações. Monti, porém, anunciou que as obras continuarão sem modificações no projeto original.

“Voltamos!”
Em Roma, manifestação organizada pelo partido La Destra (A Direita), do ex-governador do Lazio Francesco Storace, reuniu cerca 20 mil manifestantes, incluindo grupos neonazistas, skinheads e “viúvas”  de Mussolini, para protestar “contra o governo dos banqueiros e dos maçons”. Ao som de hinos do período fascista, Storace iniciou seu discurso afirmando: “Voltamos!”. Desta vez, em lugar dos manifestantes de aluguel contratados por Berlusconi, o protesto contou com participantes vindos de todo o país, incluindo famílias e crianças: “Somos muitos, mas o que conta aqui é a qualidade. Aqui há pessoas que não têm um euro no bolso, por paixão política. Não é como o PdL (Partido da Liberdade, de Berlusconi) que paga aos manifestantes”, afirmou em entrevista a uma TV um pai, que carregava os filhos nos braços.

Palma da mão
A trajetória artística do baiano Carlos Lázaro da Cruz, conhecido como Cacau do Pandeiro, está no documentário O mundo na palma da mão, que será lançado nesta quinta-feira. Ele, além de ter tocado com nomes da MPB como Carlinhos Brown, Dona Ivone Lara e Elza Soares, já se apresentou no palco com Frank Sinatra.

Acessível
Pessoas com deficiência visual e dislexia não ficam excluídas do ensino a distância e treinamento corporativo feito pela Epic Brasil, que utiliza tecnologia própria para garantir acessibilidade em multiplataformas (Web, Iphone, Ipad, Tablet Android e Blackberry). Fundada na Inglaterra há 25 anos, a empresa desenvolve soluções em diversos setores e especialidades, tais como conhecimento de produtos, saúde e segurança, sistemas, compliance, igualdade e diversidade, gestão e outras.

Amigos, amigos…
Dados do Ministério da Saúde apontam que em 2008 foram repassados à Prefeitura do Rio de Janeiro R$ 855 milhões; em 2009, R$ 544 milhões; em 2010, R$ 764 milhões; e em 2011, R$ 488 milhões. O que levou o ex-prefeito Cesar Maia, que deixou o poder ao final de 2008, a tripudiar: “Então a história que a prefeitura anterior não interagia com o Governo Federal é mentira. Os números (sem incluir a inflação) mostram que a prefeitura anterior recebia mais em convênios com Ministério da Saúde que a atual.”

Artigo anteriorAbram os olhos
Próximo artigoSolução
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

No privatizado Texas, falta luz no inverno e no verão

Apagões servem de alerta para quem insistem em privatizar a Eletrobras.

A rota do ‘Titanic’: ameaça de apagão não é de agora

‘Por incrível que pareça, no Brasil, térmicas caras esvaziam reservatórios!’

TCU confirma que União paga R$ 3,8 bi de juros e amortização por dia

Mais de ¼ dos títulos da dívida pública vencem em 12 meses.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Água, saneamento e crescimento para todos

Há pouco tempo para implantação das metas do novo marco legal.

Automação das matrículas acelera com o uso de biometria facial

Cresce procura por soluções tecnológicas de Reconhecimento Ótico de Caracteres para operações como cadastro dos alunos nos sistemas escolares

Mercado ainda digere Fomc e MP da Eletrobras passa no Senado

O Ibovespa fechou em queda de 0,93%, na esteira dos receios globais e das discussões envolvendo a MP.

Relator vota contra autonomia do BC, mas vista adia julgamento no STF

Lewandowski vota por derrubar a lei, sancionada em fevereiro, que dá autonomia ao BC, mas pedido de vista de Barroso interrompe julgamento.

Abbas recebe credenciais de embaixador brasileiro

Diplomata Alessandro Candeas entregou nesta semana suas credenciais ao presidente da Palestina, Mahmoud Abbas.