Muda até de camisa

“Posso afirmar que usarei uma camisa do Flamengo – o que é mortal para mim – caso o preço dos navios Suemax ganhos anteriormente pelo estaleiro Eisa, com concorrência cancelada e com preço da ordem de US$ 73 milhões (já embutidos juros de financiamento de 6%) não sejam, em muito, superados nesta licitação.” A previsão, em tom de desafio, sobre a concorrência para compra de navios pela Transpetro, subsidiária da Petrobras, foi feita pelo secretário estadual de Energia, Indústria Naval e Petróleo, Wagner Granja Victer. Crítico do edital de licitação, Victer é um tricolor roxo.

Tecnologia em alta
Com crescimento de 9% ao ano desde 1998, os investimentos das empresas do país em tecnologia da informação (TI) já representam 4,9% do seu faturamento, contra 2% em 1992. Os dados constam da 15ª Pesquisa Anual da Fundação Getúlio Vargas/ Escola de Administração de Empresas de São Paulo (FGV-EAESP) sobre o mercado brasileiro de informática e uso nas empresas.
Na média mundial, o crescimentos dos gastos em TI deve fechar em 2004 em 5%, segundo pesquisa da International Data Corporation( IDC), líder mundial em informações sobre mercado de tecnologia de informação. A IDC prevê que em 2006 os investimentos mundiais em tecnologia devem somar cerca de US$ 1 trilhão, crescendo 6,5% em 2005, 6,8% em 2006 e 6,4% em 2007.

Professor
O economista Carlos Lessa, que deixou o comando do BNDES na esteira do processo para o banco voltar a financiar privatizações, será homenageado hoje pelo Clube de Engenharia e pela Associação dos Engenheiros da Petrobrás (Aepet). O almoço, de adesões (R$ 20), começa às 12h, no Clube de Engenharia. Mais informações pelo telefone (21) 2509-6177, com Maria José.

Falta de ar
O diagnóstico precoce da dispnéia aguda – falta de ar freqüente em pessoas com insuficiência cardíaca – pode reduzir o tempo de internação hospitalar e o risco de complicações, proporcionando, além da recuperação mais rápida, redução dos custos em até R$ 6 mil. A tese será apresentada hoje pelo doutor Christian Mueller, da Universidade de Basel (Suíça), às 12h, no auditório do Hospital Pró-Cardíaco (Rua General Polidoro 192, no Rio de Janeiro).

Herança
Holdings familiares estão sendo adotadas para a proteção dos bens pessoais. “Um empreendimento que cuide da administração de todos bens da família e cujos sócios são o pai e mãe”, explica o advogado Gilberto Orsi Machado Jr., da Orsi & Barreto – Consultoria Empresarial. Com bens administrados de maneira profissional e, ainda, respaldo de uma doação antecipada dos bens e um testamento bem elaborado, os herdeiros passam a ter a certeza de um futuro bem planejado. “No presente, é importante verificar a economia tributária que esse recurso gera”, analisa Orsi. Com a voracidade do governo em aumentar a tributação das pessoas físicas , os ganhos são quase certos.

Ataque
Segunda-feira, no Rio, após sair de um seminário na Associação Comercial do Rio e antes de seguir para outro no Hotel Guanabara, a ministra de Minas e Energia, teve uma inesperada reunião com a diretoria da Eletrobrás. Irritada com as corriqueiras devoluções de concessões, que atrasam construções de novas usinas, a ministra atacou – de forma pouco cortês, é o mínimo que dizem as testemunhas – o presidente da estatal, Silas Rondeau.

Pensar grande
Já passou da hora de a imprensa nacional parar de reproduzir acriticamente o discurso das agências internacionais de informação sobre a crise na Ucrânia e pensar o episódio a partir dos interesses brasileiros. Longe de estar em jogo uma disputa entre paladinos da liberdade versus arautos do autoritarismo, a polarização é entre a reconstituição do poderio russo e o alargamento da influência dos Estados Unidos na área da antiga União Soviética. Uma reflexão mais centrada nas conseqüências desse enfrentamento para os interesses do país mostraria mais sintonia com os leitores do que uma abordagem ideológica alienígena.

Artigo anteriorÚltima esperança
Próximo artigoLuta
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

É a saúde (além da economia), estúpido!

Vacinação e estímulos à economia andam juntos; Brasil fica para trás em ambos.

Cortes poupam petroleiras e ‘bolsa refrigerante’

Para liberar auxílio emergencial, governo prejudica setores essenciais.

Inflação e PIB expõem falácia do Teto dos Gastos

‘Faz sentido?’, pergunta Paulo Rabello. ‘Claro que não’.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Lula livre. Até quando?

Jurista: Necessidade de proteger Moro e os procuradores da Lava Jato.

Produtividade na indústria cai com menor produção na pandemia

Para 2021, as perspectivas são melhores, em razão do início da vacinação da população.

Demanda por bens industriais cresceu 0,6% em janeiro

Ipea apontou avanço de 6,6% no trimestre móvel encerrado no primeiro mês de 2021.

Aumenta consumo de pornô por público feminino

Relatório de site de entretenimento adulto revela que 39% do acessos são de mulheres.

Abertura de empresas tem alta de 13,4% em novembro

Segundo Serasa, sociedades limitadas impulsionaram índice; comércio teve alta estimulada por Black Friday e festas de fim de ano.