Mudanças de risco

Doenças cardiovasculares (DCVs) são responsáveis por quase 6 milhões de mortes prematuras por ano, mas este número pode aumentar para quase 8 milhões até 2025, mostra estudo da Associação Americana do Coração (American Heart Association) e da Federação Mundial do Coração (World Heart Federatiom) com pessoas de 30 a 70 anos. A DCV tem custo global de cerca de US$ 863 bilhões por ano. Primeira causa de mortes em todo o mundo, poderá aumentar em 30% nas mulheres e em 34% nos homens na próxima década, caso os fatores de risco não sejam “tratados de forma agressiva”.

Os maiores percentuais de alta ocorrerão nas regiões do Sul da Ásia (43% de aumento no número de mulheres e 56% de aumento no de homens) e da África Subsaariana (48% e 52%, respectivamente). “Nos últimos 30 anos, observou-se nos países ocidentais um grande declínio na mortalidade devido às DCVs, em contrapartida a um aumento perceptível nas nações em desenvolvimento”, segundo artigo de Álvaro Avezum, Lilia Nigro Maia e Marcelo Nakazone no Manual de Cardiologia.

O aumento se deve a pelo menos três fatores: maior expectativa de vida, mudanças no estilo de vida e condições socioeconômicas observadas nos países em desenvolvimento, levando a maior exposição aos fatores de risco. A Índia vem apresentando elevação “alarmante na incidência de DCVs, possivelmente relacionadas a mudanças do estilo de vida e dieta, rápida urbanização e componente genético subjacente”. Na América Latina e Caribe, os percentuais de aumento na próxima década serão de 22% para mulheres e de 24% para homens; na Europa Central e Oriental e Ásia Central, de 26% e 16%; no Oriente Médio e Norte da África, de 32% e 35%. Apesar de 80% dos óbitos por DCVs ocorrerem em países de baixa e média renda, as taxas de mortalidade para a maioria das regiões estão abaixo da apresentada por nações de alta renda.

Para reduzir o risco, a prescrição é atuar em relação a pressão arterial, tabagismo, obesidade e diabetes. O estudo faz diversas recomendações, incluindo leis antitabagismo, taxas mais altas para produtos de tabaco e regras mais rigorosas de propaganda e diminuição dos níveis de sódio dos alimentos embalados. O trabalho está em debate no Congresso Mundial de Cardiologia e Saúde Cardiovascular, na Cidade do México, que começa neste sábado e vai até terça-feira.

Volta por cima

Alçada a chefe de gabinete da presidente do BNDES, Maria Sílvia Bastos, Solange Vieira não coleciona amigos no banco, do qual é funcionária concursada. Segundo relato de um ex-colega, no curto período em que retornou ao quadro funcional após passagens pela Previdência e pela Anac, muitos não lhe dirigiam a palavra nos corredores e nos elevadores. “Mas agora, de volta a uma posição de mando, certamente se multiplicarão as odes de louvor a sua competência, beleza e capacidade”, ironiza.

Outro ex-funcionário tem uma visão diferente: justamente por não ser “da máfia que se perpetuou no BNDES”, Solange Paiva vai funcionar como uma espécie de “filtro” para Maria Sílvia, identificando os petistas arrependidos…

Todos por um

Três pré-candidatos à Prefeitura do Rio – Jandira Feghali (PCdoB), Marcelo Freixo (Psol) e Alessandro Molon (Rede) – decidiram nesta sexta-feira que estarão juntos no segundo turno do pleito municipal. O encontro foi uma iniciativa da deputada federal comunista.

Rápidas

No Dia dos Namorados, o presente pode agradar também projetos sociais se feito através do Shop4Help (www.shop4help.com) site de comparação de preços em que parte do valor da compra pode ser doado para entidades cadastradas no site, ou ainda indicar uma instituição de sua confiança *** Palestra gratuita na Universidade Cândido Mendes revela os benefícios da yoga para quem quer ser instrutor. Será no próximo dia 27, no Centro do Rio. Inscrições (são só 40 vagas) pelo telefone (21) 2210-1196. Quem quiser se aprofundar pode fazer um curso com duração de um ano, realizado pelo Grupo Zênite, com certificação emitida pela Universidade Cândido Mendes e reconhecimento oficial do Sindicato dos Terapeutas do Rio *** A partir de agosto o módulo “Tradução de games” será inserido em suas novas turmas dos cursos da Brasillis Idiomas. A indústria de games deve faturar R$ 5 bilhões em 2019. A média de crescimento do mercado é de 26%, desde 2008. Mais informações em www.brasillis.com.br *** A mudança de governo e as consequências nos direitos dos trabalhadores, bem como as várias propostas de reforma previdenciária, estarão no centro dos debates de seminário no próximo dia 10, realizado pelo escritório Crivelli Advogados Associados. “Direito dos Trabalhadores, Reforma Trabalhista e Previdenciária e o Cenário Atual do País” reunirá especialistas no Windsor Guanabara Hotel, Centro do Rio. “Qualquer mudança no regime trabalhista e previdenciário necessita de um debate muito mais amplo e profundo, sem soluções simplistas tiradas da cartola”, destaca o advogado Ericson Crivelli. Informações pelo telefone (11) 3376-0131.

Artigo anteriorCortes seletivos
Próximo artigoOnde estão os patos?
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

No privatizado Texas, falta luz no inverno e no verão

Apagões servem de alerta para quem insistem em privatizar a Eletrobras.

A rota do ‘Titanic’: ameaça de apagão não é de agora

‘Por incrível que pareça, no Brasil, térmicas caras esvaziam reservatórios!’

TCU confirma que União paga R$ 3,8 bi de juros e amortização por dia

Mais de ¼ dos títulos da dívida pública vencem em 12 meses.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Objetos do Coração ajuda o Pró Criança Cardíaca

E-commerce que vende objetos para casa e decoração exclusivamente em formato ou com estampa de coração vai doar 10% da venda de produtos selecionados...

Empresa Fácil oferece estudo de viabilidade a novos empreendedores  

Sistema permite a emissão do Alvará Provisório em 24h.

Fatores comportamentais podem influenciar nos acidentes de trabalho

Psicóloga e uma assistente social e também técnica de segurança do trabalho criaram o jogo Conversa Segura.

Reclamações sobre serviços de telecom caem 28,4% em maio

O número de reclamações de usuários dos serviços de telecomunicações caiu 28,4% em maio de 2021 na comparação com maio do ano passado, segundo...

EMS explica faturamento com o ‘kit Covid’

farmacêutica brasileira EMS informou à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia que faturou R$ 142 milhões com medicamentos do kit Covid-19 em 2020,...