Mídia família

Será a associação feita pelo ex-presidente José Sarney a respeito da liberdade de imprensa coerente com a farra da distribuição de concessões de rádio e TV feita em seu governo para lhe assegurar um mandato de cinco anos?

Rede
Será lançada na próxima sexta-feira a Galeria UM, espaço para exposição na Internet e no Second Life. Serão expostas mais de 60 obras de 20 artistas plásticos, como Osvaldo Gaia e Alberto Kaplan. A iniciativa é da DNMCA, em parceria com o artista plástico Umberto França, curador da nova galeria virtual (www.umbertofranca.com/galeriaum)

Haja azeite
Para o sociólogo Léo Lince, a corrupção exposta em série no Brasil não é mera sequência de fatos isolados que se repetem: “Ela é uma poderosa e multifacetada cultura política que azeita o funcionamento da máquina de poder que tritura a nossa frágil democracia. A fieira interminável de escândalos se desenrola a partir de um novelo que cumpre uma função primordial na reprodução do modelo dominante”, afirma em artigo intitulado “Corrupção sistêmica”, publicado na edição eletrônica do Correio da Cidadania – www.correiocidadania.com.br

Cimento
Lince observa ainda que todos os atuais escândalos, bem como os precedentes e os que virão, têm a mesma marca: a micropolítica que sustenta a macroeconomia da exclusão: “Em cima, a fortaleza inexpugnável da casta financeira; em baixo, o intestino grosso da pequena política”, salienta.

Por dentro
Os alunos do ensino médio terão a oportunidade de conhecer a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e escolher o curso para o qual prestarão vestibular. “Conhecendo a UFRJ 2007”, evento a ser realizado nos dias 13 e 14 de junho, vai apresentar todos os cursos de graduação pelos seus respectivos coordenadores e monitores. Em 2006, a universidade recebeu mais de 11 mil alunos. As inscrições serão realizadas pela Internet, até 3 de junho, ou pelo telefone (21) 2598-9430.

Fiador
Considerada ultrapassada e constrangedora para todos os envolvidos, o fiador continua a ser a principal garantia apresentada por locatários de aluguéis de imóveis na cidade de São Paulo. Segundo dados do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo (Creci-SP), em abril, 53,43% apresentaram esse tipo de garantia, seguida por depósito de valor equivalente a três meses de locação (31,05%) e seguro-fiança (15,52%).
“Essa realidade do mercado de locação, mostrada em consulta a 455 imobiliárias da capital, vem se mantendo inalterada há bastante tempo, mas deve servir de alerta para as pessoas que procuram imóveis para alugar, para os donos de imóveis e para as próprias imobiliárias”, afirmou o presidente do Creci-SP, José Augusto Viana Neto, ao alertar para  o risco representado por estelionatários que usam documentos roubados para se passarem por fiadores de imóveis.

Artigo anteriorChoque
Próximo artigoBomba relógio
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Privatização da Eletrobras aumentará tarifa em 17%

Estatal dá lucro e distribuiu R$ 20 bi em dividendos para a União.

Dois mitos sobre a Petrobras

Mídia acionada pelo mercado financeiro abusa de expedientes que ataca quando usados por bolsonaristas.

Mudar preços implica parar venda de refinarias

Mercado financeiro cobrará deságio, e Petrobras precisa de ativos para poder operar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Preços dos carros mais vendidos subiram 9,4% em média em um ano

Com 18,23% de variação, Renault Kwid foi o que mais subiu de preço entre os 13 mais vendidos.

PEC Emergencial pode sair da pauta do Senado desta quinta

Parlamentares resistem a cortes na saúde e educação e propõem votar apenas questão do auxílio emergencial.

Desdobramentos da intervenção na Petrobras

Percepção é de que o 'superministro' de Bolsonaro pode estar ficando cada vez mais isolado.

IPCA-15 de fevereiro ficou abaixo da expectativa

Índice mostra variação mais fraca que o esperado em alimentação, educação; já saúde e transportes vieram mais fortes que a expectativa.

Tentativa de superação

Ontem foi dia de recuperação da Bovespa, liderada pelas ações da Petrobras, Eletrobrás e setor bancário.