Mídia família

Será a associação feita pelo ex-presidente José Sarney a respeito da liberdade de imprensa coerente com a farra da distribuição de concessões de rádio e TV feita em seu governo para lhe assegurar um mandato de cinco anos?

Rede
Será lançada na próxima sexta-feira a Galeria UM, espaço para exposição na Internet e no Second Life. Serão expostas mais de 60 obras de 20 artistas plásticos, como Osvaldo Gaia e Alberto Kaplan. A iniciativa é da DNMCA, em parceria com o artista plástico Umberto França, curador da nova galeria virtual (www.umbertofranca.com/galeriaum)

Haja azeite
Para o sociólogo Léo Lince, a corrupção exposta em série no Brasil não é mera sequência de fatos isolados que se repetem: “Ela é uma poderosa e multifacetada cultura política que azeita o funcionamento da máquina de poder que tritura a nossa frágil democracia. A fieira interminável de escândalos se desenrola a partir de um novelo que cumpre uma função primordial na reprodução do modelo dominante”, afirma em artigo intitulado “Corrupção sistêmica”, publicado na edição eletrônica do Correio da Cidadania – www.correiocidadania.com.br

Cimento
Lince observa ainda que todos os atuais escândalos, bem como os precedentes e os que virão, têm a mesma marca: a micropolítica que sustenta a macroeconomia da exclusão: “Em cima, a fortaleza inexpugnável da casta financeira; em baixo, o intestino grosso da pequena política”, salienta.

Por dentro
Os alunos do ensino médio terão a oportunidade de conhecer a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e escolher o curso para o qual prestarão vestibular. “Conhecendo a UFRJ 2007”, evento a ser realizado nos dias 13 e 14 de junho, vai apresentar todos os cursos de graduação pelos seus respectivos coordenadores e monitores. Em 2006, a universidade recebeu mais de 11 mil alunos. As inscrições serão realizadas pela Internet, até 3 de junho, ou pelo telefone (21) 2598-9430.

Fiador
Considerada ultrapassada e constrangedora para todos os envolvidos, o fiador continua a ser a principal garantia apresentada por locatários de aluguéis de imóveis na cidade de São Paulo. Segundo dados do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo (Creci-SP), em abril, 53,43% apresentaram esse tipo de garantia, seguida por depósito de valor equivalente a três meses de locação (31,05%) e seguro-fiança (15,52%).
“Essa realidade do mercado de locação, mostrada em consulta a 455 imobiliárias da capital, vem se mantendo inalterada há bastante tempo, mas deve servir de alerta para as pessoas que procuram imóveis para alugar, para os donos de imóveis e para as próprias imobiliárias”, afirmou o presidente do Creci-SP, José Augusto Viana Neto, ao alertar para  o risco representado por estelionatários que usam documentos roubados para se passarem por fiadores de imóveis.

Artigo anteriorChoque
Próximo artigoBomba relógio
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Batendo palma para maluco dançar

CPI precisa ser ágil para não deixar governistas propagarem mentiras impunemente.

Cristiano Ronaldo, Coca-Cola e Nelson Rodrigues

Atitude do craque português realmente derrubou ações da companhia de bebidas?

Empresa pode dar justa causa a quem não se vacinar?

Advogado afirma que companhias são responsáveis pela saúde no ambiente de trabalho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Ford Escort de Lady Di em leilão

Carro usado pela princesa deve ser vendido por R$ 210 mil a R$ 280 mil.

Produção industrial cresceu em maio, após queda em abril

Intenção de investimento aumentou em junho em relação a maio e segue acima da média histórica.

Marrocos espera crescimento de 5,3% em 2021

BC do país estima avanço da economia neste ano; receita com turismo vêm caindo; inflação acelerou, mas está controlada.

Pacientes com Covid têm dificuldades a benefício por incapacidade

Nesta terça, Bolsonaro vetou PL aprovado pelo Congresso que dispensa carência do INSS para novas doenças.

Sauditas vêm visitar regiões cafeeiras do Brasil

Brasileiros convidaram os compradores árabes para visitar as lavouras locais no próximo ano.