MÃES E FILHOS - Como educar meu filho? Será que estou dando limites? Meu filho

Registro / 18:21 - 24 de mai de 2002

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

é muito baixo, será que ele ainda vai crescer? Estas e outras dúvidas serão debatidas no simpósio Mães e filhos do crescimento à maturidade, com saúde, promovido pela Densso Clínica, no próximo dia 28, no Colégio Brasileiro de Cirurgiões, às 15h30. Como prevenir e tratar a alergia na infância, quando iniciar atividades físicas e a arte de educar, serão temas abordados por médicos e educadores convidados do simpósio. "Orientar os pais sobre o que fazer para o crescimento saudável do filho, abordando todas as etapas, desde o nascimento até a fase adulta, é o objetivo do debate", explica o endocrinologista, Luis Augusto Russo, organizador e palestrante do evento. Entrda franca. Inscrições pelo tel.: (21) 2537-7944. O Colégio Brasileiro de Cirurgiões fica na Rua Visconde Silva, 52, Botafogo. DRAMATURGIA - De 30 de maio a 30 de junho, haverá, em São Paulo, a 1ª Mostra de Dramaturgia Contemporânea, que será apresentada no Teatro Popular do Sesi, reunindo 15 peças. Os espetáculos terão 13 diretores, mas todos serão encenados pelo mesmo grupo de atores: Renato Borghi, Élcio Nogueira, Luah Guimarães e Débora Duboc. A Mostra apresentará três peças por semana, reunidos em sessão única de quinta a domingo, com entrada grátis. Na primeira semana serão mostradas "Três Cigarros e a Última Lasanha" "Remoto Controle" e "O Pelicano". A bilheteria abre uma hora antes para a retirada do ingresso. Informações: (11) 3284-3639 INTERFERÊNCIA - Reunindo fotografias de ambientes concebidos por 33 arquitetos de interiores do eixo Rio-Niterói, a exposição Interferência aborda o convívio harmônico de objetos artesanais com espaços projetados e peças de design consagradas internacionalmente. Com curadoria de Janete Costa, as fotos de Leonardo Costa e Denilson Machado mostram a inserção artesanal de forma prática e criativa. Alguns desses objetos também poderão ser vistos na mostra Interferência, que vai até 16 de junho de 2002, no subsolo do Museu de Arte Contemporânea de Niterói.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor