35.5 C
Rio de Janeiro
domingo, janeiro 17, 2021

Muito além da marolinha

Um ano depois do estouro da crise internacional, discursos róseos, oficiais ou não, proclamam que o país já virou essa página. Tal garantia, porém, desconsidera que, nesse período, o país perdeu 700 mil empregos, dos quais ainda cerca de 150 mil não foram recuperados; teve cancelados R$ 98 bilhões de investimentos, dos quais apenas 30% foram retomados, situação apenas minimizada por R$ 20 bilhões em novos investimentos, basicamente na área de petróleo; viu desaparecer ou serem, digamos, reestruturados, dois dos dez maiores bancos do país. Esse breve balanço não inclui os efeitos da diferença entre crescer de 4% a 5% e ficar estagnado ou ter crescimento negativo este ano. Haja marolinha.

Grileiros
A Ampla, concessionária de energia de parte do Rio de Janeiro, que acusa 180 pessoas de terem invadido terreno próximo a torres de transmissão de energia da subestação de Alcântara, em São Gonçalo, é que está em situação irregular. A constatação é da deputada Graça Matos (PMDB), que preside comissão especial da Assembléia Legislativa do Rio criada para apurar o pedido de reintegração de posse por parte da empresa.
Segundo a parlamentar, no terreno há um loteamento aprovado, em 1952, pela prefeitura de São Gonçalo. “Ilegal é a Ampla, pois eles invadiram a área e tomaram metade da rua.” A comissão se reúne com o presidente da concessionária, Marcelo Llevenes, dia 21.

Novo Brasil
O ministro Nelson Jobim abre a X Convenção Nacional da Adesg, nesta quinta, 8h. Com o tema “A Crise Mundial e a Conjuntura Nacional, Construção de um novo Brasil”, a convenção debaterá os problemas nacionais com civis, militares e autoridades. O evento, que termina sábado, acontecerá no Clube de Aeronáutica, Rio de Janeiro.

Descarrilhamento
O quebra-quebra nos trens da Supervia, provocado por mais uma pane nos trens do Estado do Rio de Janeiro era pedra cantada. Em Mesquita, por exemplo, apenas uma roleta permite o acesso dos passageiros à plataforma, provocando filas intermináveis e revoltas diárias entre os usuários.

Pavio
A combinação baixa qualidade de atendimento aos usuários com a leniência das agências reguladoras também pode provocar a qualquer momento explosão semelhante entre os passageiros do Metrô Rio. Quem usa o transporte com frequência percebe que é a tensa a relação entre os usuários e a concessionária, que, desde a privatização, rebaixou a qualidade que fazia, até então, o metrô um dos principais orgulhos do carioca.

Olimpíada de erros
Trens, barcas, ônibus, metrô, vans… será que algum transporte público no Rio de Janeiro funciona? O que o secretário de Transportes tem a dizer?

Além da parede
A ONG Azulejaria vai participar da British Ceramics Biennial, primeira bienal de cerâmicas a ser realizada na Inglaterra. A entidade apresentará o trabalho que realiza com população de áreas carentes, permitindo acesso e desenvolvimento cultural através da arte de pintura e desenho em azulejos. A ONG realizou, junto com o MONITOR MERCANTIL, o projeto O Rio Passa por Aqui, pioneiro na revitalização da região do Porto do Rio e adjacências.

Sem grife
Dos 1.017 cursos de Direito em funcionamento no país, apenas 87 são recomendados pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Túnel do tempo
Um aposentado carioca foi surpreendido por uma cobrança, digamos, pouco ortodoxa da Receita Federal. Em carta ao contribuinte, o Leão o intima a pagar uma dívida de R$ 1.382,98 referente a um suposto erro que teria sido cometido na sua declaração de Imposto de Renda de… 1980. Ainda que existente, pelo período passado, a dívida teria prescrito.

Artigo anteriorCaminho da Índia
Próximo artigoCidade dividida
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Grande produtor rural não paga impostos

Agronegócio alia força política a interesses do mercado financeiro.

Não foi a disrupção que derrotou a Ford

Mercado de automóveis está mudando, mas montadora sucumbiu aos próprios erros e à estagnação que já dura 6 anos.

Quantas mortes pode-se debitar na conta de Bolsonaro?

Se índice de óbitos por Covid-19 no Brasil seguisse a média mundial, teriam sido poupadas 154 mil vidas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Varejo sente redução no auxílio e alta da inflação

Comércio ficou estável em novembro e quebrou sequência de recuperação.

Senado quer que Pazuello se explique

Pedido de convocação para cobrar ação do Ministério da Saúde no Amazonas.

Lenta recuperação na produção industrial dos EUA

Setor ainda está 3,6% abaixo do nível anterior à pandemia.

Realização de lucros em âmbito global

Bolsas europeias e os índices futuros de NY operam em baixa nesta manhã de sexta-feira.

Desaceleração deve vir no começo do primeiro trimestre

Novo pacote de estímulo fiscal, bem como o avanço da imunização, deve garantir reaceleração em direção ao final do período.