Mão invertida

A diretoria do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou financiamento de R$ 692,4 milhões para a multinacional francesa Carrefour. A expansão do supermercado em terras brasileiras irá gerar 7,8 mil empregos diretos e 26 mil indiretos. Como efeito colateral, aumentará também o envio de lucros e dividendos para a matriz. Resta saber se uma empresa brasileira gozaria do privilégio de um empréstimo a juros módicos de um banco estatal francês.

Factóides&factóides
Depois de criar a Secretaria de Proteção aos Animais, o prefeito do Rio, Cesar Maia, ameaça brindar os contribuintes com uma congênere sobre Aquecimento Global. Os cariocas agradeceriam se, no intervalo entre os próximos lançamentos, o prefeito colocasse a Secretaria de Obras para tapar os buracos que proliferam pela cidade e a Rio Luz para iluminar as ruas que vivem às escuras.

Neo-verde
O súbito interesse de Cesar Maia pelo aquecimento global se deve menos a uma queda pelos temas ecológicos do que à devoção que o prefeito carioca tem pela mídia. Estudioso da comunicação política, Maia sabe que o aquecimento global está – de forma exagerada e nem um pouco desinteressada – na pauta de todos os grandes grupos de comunicação. Assim, ele garante presença no noticiário.

Anti-CLT
Servidores federais, estaduais e municipais do Rio fazem assembléia nesta quarta-feira para juntarem forças contra o projeto de criação das fundações estatais e a proposta de emenda constitucional (PEC) que possibilita a contratação de servidores estaduais pelo regime celetista. A assembléia será realizada na ABI (Rua Araújo Porto Alegre 71 – Centro) às 18h.

Fiel
Iniciada nesta segunda-feira, a venda de Bilhetes Fidelidade pela Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) alcançou 57.140 bilhetes. Ao preço de R$ 42,00, o usuário adquire uma cartela com 20 bilhetes, o equivalente a R$ 2,10 por viagem, quase 20% menos que os R$ 2,30 normais. O projeto do governo estadual torna menos pesada a tarifa para o trabalhador que utiliza todo dia o trem ou metrô. A prática é comum em dezenas de países, inclusive ricos, como França e Estados Unidos, mas ainda é novidade no Brasil. No Rio, quem anda de metrô diariamente paga a mesma passagem que quem viaja uma única vez. A expectativa do governo paulista é que o Bilhete Fidelidade alcance uma participação de 10% no total de vendas de bilhetes, que representa cerca de 200 mil usuários diários, da CPTM e do metrô.

Ameaçada
A Escola Superior de Guerra realizará, de 2 a 4 de abril, o Ciclo de Extensão Amazônia Brasileira no Século XXI, com a finalidade de debater a defesa, segurança e o desenvolvimento da região.

Bomba silenciosa
Segundo dados do Ministério da Saúde, cerca de 3 milhões de brasileiros, quase 1,5% da população, estão infectados com a hepatite C. No mundo total, são cerca de 170 milhões de pessoas convivendo com a doença. O presidente da Sociedade Brasileira de Infectologia, João Silva de Mendonça, salienta que, como a hepatite C, geralmente, é assintomática e  leva até 20 anos para se manifestar, para se minimizar os estragos sobre o paciente é essencial o diagnóstico precoce e um bom acompanhamento médico.
“Não podemos focar em um só grupo de risco, já que todas as pessoas que receberam sangue antes de 1992 têm grandes riscos de estarem infectadas. No Brasil, antes dessa data, o material destinado às transfusões não era analisado para a detecção da doença”, alerta.

Xô Liberal!
Com a transmutação do PFL para Democráticos, mais uma significativa contradição paira sobre o espectro político brasileiro: num Congresso Nacional em que a política econômica neoliberal é tratada como dogma, nenhum partido, no entanto, quer ter seu nome vinculado ao liberalismo, transformado em sinônimo de políticas impopulares e fracassadas.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDoutores em fraudes
Próximo artigoDois pesos

Artigos Relacionados

Engie valerá R$ 2,5 bi a mais após acordo com Aneel

Semana passada, o Monitor noticiou que a proposta da Aneel de repactuação do risco hidrológico (GSF) deixaria a conta a ser paga pelo pequeno...

Apelo de Biden ao multilateralismo fica sem crédito

Na ONU, presidente dos EUA desmente mundo dividido em blocos rígidos.

Fintechs e bancos disputam quem cobra mais

‘Não temos vergonha de sermos bancos’, diz Febraban; mas deveriam.

Últimas Notícias

Copom elevou taxa de juros em 1% para 6,25% ao ano

Aguardamos agora a ata que será divulgada na próxima terça-feira para maiores informações sobre a trajetória da taxa Selic.

Alemanha escolhe sucessor de Merkel no próximo domingo

Eleições deverão ser as mais concorridas dos últimos anos; pesquisas indicam vitória do SPD, social-democrata.

Reajuste salarial fica abaixo da inflação em agosto

Fipe: não houve aumento mediano real como resultado de negociações nos últimos 12 meses; desde setembro, índice tem oscilado de -1,4% a zero.

Clima positivo no exterior deve beneficiar índice Bovespa

Mercado internacional opera no positivo motivado por noticiário sobre Evergrande.

Evergrande, Fed e Copom

Bovespa encerrou o segundo dia de alta com +1,84% e índice em 112.282 pontos, mas na máxima chegou a atingir 113.321 pontos.