Mão única

A produção ligada à cultura responde por 8% do PIB mundial. Calcula-se que a chamada “economia criativa” gere US$ 1,3 trilhão de receita, crescendo uma média de 10% ao ano. Mas esse potencial econômico de bens e serviços culturais ainda está concentrado nas mãos de apenas uma dúzia de países. Para discutir novas estratégias de inclusão dos países situados abaixo do Equador, especialistas de 40 países, com a participação do ministro Gilberto Gil, debaterão o tema no Fórum Internacional de Economia Criativa, que acontece no Rio, de 26 a 29 de novembro.

Respeito aos contratos?
Desde a privatização, ocorrida há oito anos, foram feitos investimentos de mais de R$ 100 bilhões na área de telecomunicações, garante um grupo de 54 executivos de empresas do setor reunidos pela Câmara Americana de Comércio (Amcham). Para esses executivos, que estiveram no 11º Fórum de Telecomunicações, tais investimentos correm o risco de serem desperdiçados, pela “falta de planejamento”.
Reclamam a “construção de uma visão integrada do setor de TI e telecomunicações com um projeto de planejamento estratégico para o país”. Pedem um novo “marco regulatório” já que a lei atual “limita artificialmente as atividades, na contramão da evolução natural do processo de convergência” e reclamam da “a assimetria do tratamento constitucional e da legislação infraconstitucional de radiodifusão e telecomunicações”.
Traduzindo: as teles querem entrar sem restrições nos mercados de Internet e televisão paga.

Boné alheio
Além disso, as teles querem que os governos reduzam as alíquotas de impostos cobrados no setor, para poder atingir as classes mais baixas sem ter que reduzir os preços que cobram.

Próximo a Niemeyer
Niterói, que completou 433 anos nesta quarta-feira, ganhará uma árvore de Natal de 60 metros de altura, que será erguida na Ilha da Boa Viagem, próximo ao Museu de Arte Contemporânea (MAC), um dos pontos turísticos mais visitados da cidade. Ali se localiza a Igrejinha de Nossa Senhora da Boa Viagem, construída em meados do Século XVII, e ruínas do Forte da Barra. O enfeite natalino é patrocinado pela distribuidora de energia Ampla.

“Des putes”
A Daspu ganhou uma página inteira no jornal francês Le Monde no último fim de semana. O sucesso de sua linha de roupas chegou à França, informa o jornal, que acrescenta que a campanha pelos direitos das prostitutas cariocas “seduziu os brasileiros”.

Exportar
Serão anunciadas nesta quinta as entidades setoriais e empresas vencedoras do Prêmio Apex-Brasil de Excelência em Exportação. Em sua primeira edição, a premiação foi criada para reconhecer e tornar públicos os esforços para inserir os produtos e serviços brasileiros no mercado internacional. Composta de sete categorias e dois destaques do júri, a premiação recebeu inscrições de mais de 30 entidades setoriais parceiras da agência.

Jornalista preso
A TeleSul denuncia que seu correspondente em Bogotá, jornalista Fredy Muñoz, foi preso na noite de domingo pelo Departamento Administrativo de Segurança (DAS) da Colômbia, principal agência de inteligência do governo do país. Segundo a emissora – um projeto multiestatal regional, com participação dos governos de Venezuela (51%), Argentina (20%), Uruguai (10%) e Cuba (10%) – Munõz foi preso ao desembarcar na capital colombiana vindo de Caracas. A emissora rebate as alegações colombianas de que Munõz estaria vinculado a ataques de guerrilheiros nas cidades de Baranquilla e Cartagena, qualificando a prisão de “um ataque à liberdade de imprensa”.

Microondas
A informação, apurada pela LatinPanel, que 2,15 milhões de famílias deixaram a  classe de consumo D/E e passaram a integrar a C, este ano, principalmente devido à aquisição de itens duráveis  e semiduráveis, faz esta coluna lembrar uma frase dita por uma experiente consultora do ramo de pesquisas: “Eu e Antonio Ermirio de Moraes pertencemos à mesma classe A; um dos dois deve estar na classe errada”.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorUltrapassagem
Próximo artigoRumo norte

Artigos Relacionados

Bolsonaro invade TV Brasil

Programação foi interrompida 208 vezes em 1 ano para transmissão ao vivo com o presidente.

FMI: 4 fatores ameaçam inflação

Fundo acredita que preços deem uma trégua no primeiro semestre de 2022, mas...

Pandora Papers: novos atores nos mesmos papéis

Investigação mostra que pouco – ou nada – mudou desde 2016.

Últimas Notícias

Rio Indústria apoia lei que desburocratiza e facilita novos negócios

Em audiência pública realizada nesta quinta-feira (14), na Câmara Municipal do Rio, sobre o Projeto de Lei Complementar nº 43/2021 que regulamenta a Declaração...

Ciência: entidades pedem liberação de recursos

Organizações questionam redirecionamento para outras áreas de R$ 515 milhões, que eram do CNPq.

Rating da EDP BR não muda com aquisição da Celg-T

Para a Fitch Ratings, a qualidade de crédito da EDP Energias do Brasil S.A. (EDP BR, Rating Nacional de Longo Prazo ‘AAA (bra)’, Perspectiva...

Tesouro: Queda do investimento líquido em ativos não financeiros

O Tesouro Nacional informou nesta sexta-feira que no 2º trimestre de 2021, a necessidade líquida de financiamento do Governo Geral alcançou 7,1% do PIB,...

Leilão de Excedentes da Cessão Onerosa terá sucesso?

Após a realização da 17ª Rodada de Licitações de Blocos para exploração e produção de petróleo e gás natural no último dia 7, considerado...