Museu parado

Recurso da Prefeitura do Rio contra liminar que suspende o contrato assinado com a Fundação Guggenheim para construção de um museu da franquia na cidade teve seguimento negado pelo desembargador Ademir Pimentel, da 13ª Câmara Cível. “Conforme vimos, o contrato possui ilegalidade. Ainda que fosse apenas uma ilegalidade, obviamente que ele estaria comprometido no seu todo. Portanto, há presunção de lesividade, o que melhor será apreciado quando do julgamento do mérito”, analisou o desembargador no despacho. A liminar fora concedida pela 8ª Vara da Fazenda com base na Ação Popular proposta pelo vereador do PT Eliomar Coelho.

As vísceras do poder
Embora a mais divulgada, a releitura do ministro da Casa Civil, José Dirceu, sobre o significado do “cavalo de pau” promovido pelo governo na economia não foi a única declaração durante o seminário sobre a Previdência promovido pelo PT e pela Fundação Perseu Abramo a ir ao encontro das críticas à administração petista. A economista Rosa Maria Marques, da PUC-SP, por exemplo, mostrou, com base em números oficiais, que, apenas em 2002, somando a arrecadação do INSS com a contribuição dos servidores públicos, houve superávit de R$ 15 bilhões.
A diferença abissal entre esse número e o déficit de R$ 22 bilhões apontado pelo ministro Ricardo Berzoni foi explicada pela professora Sulamis Dain, da Uerj: é que o dinheiro, que deveria ir para a Previdência, está sendo usado para outros fins. “Ao longo dos últimos anos, a receita da seguridade tem sido mais que suficiente para financiar os gastos do regime geral, os de assistência social, os pagamentos de inativos da União, o Orçamento do Ministério da Saúde e ainda gerar a metade do superávit primário (economia para pagar juros) do governo federal”, disse, repetindo os argumentos do Sindicato dos Auditores da Receita Federal (Unafisco) para o qual, “em vez de financiar a Previdência, tributos como o Cofins estão sendo usados para pagar juros da dívida”.
Diante dos dados, Dirceu admitiu que os tributos são usados para outros fins. “É verdade que, se o governo não pagasse juro da dívida, haveria superávit da Previdência. Essa avaliação já nos foi mostrada há dez anos pela Unafisco, mas como fazemos para reduzir o gasto com juros?”, perguntou, virando-se para Rosa Maria, sentada a seu lado na mesa, para, em seguida insistir na posição oficial do governo de que “as dívidas interna e externa não têm solução política, na atual conjuntura internacional e na forma que ganhamos a eleição, com as coligações que fizemos”. “Nessas condições, só há uma forma de pagar menos, é cortar os juros (que incidem sobre a dívida).”

Na escola
Cumprindo o que determina o Código de Trânsito, o Detran e a Secretaria de Educação do Estado do Rio de Janeiro inauguram hoje, num colégio da Barra da Tijuca, o 1° Pólo Educacional do projeto Edutran (Educação para o Trânsito). O programa vai ensinar noções de trânsito a crianças e adolescentes das escolas da rede estadual e treinar cerca de 2 mil professores que ficarão responsáveis pela transmissão do conteúdo aos alunos. Uma mini-cidade do trânsito foi montada na escola para que os alunos possam vivenciar os conceitos aprendidos nas aulas teóricas.

Ética
A viagem do presidente Lula à Europa a bordo de um jato novo em folha cedido “para teste” pela norte-americana Boeing dá margem a algumas especulações pouco elogiosas ao governo brasileiro. Espera-se que, pelo menos, o mimo seja devolvido ao final dos “testes” e não aconteça o que se passou na Argentina, onde o então presidente Carlos Menem resistiu até quando pôde a devolver uma Ferrari que tinha sido oferecida e que usou durante um ano.

Sucata
Em tempo: enquanto a FAB analisa a aquisição de um novo avião para os vôos presidenciais, a concorrência para compra de jatos para substituir os sucateados caças da Força Aérea continua engavetada; por determinação do presidente Lula, nos primeiros dias do governo.

Artigo anteriorFracasso
Próximo artigoCentralização
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Bolsonaro comanda pior resposta à pandemia da AL

Para formadores de opinião, Brasil foi pior até que a estigmatizada Venezuela.

Cem anos de Celso Furtado

A atualidade de um dos mais importantes intelectuais do planeta.

A Disneylândia espacial dos trilionários

Jornada nas estrelas escancara a desigualdade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

ENS abre inscrições de Curso para Habilitação de Corretores de Seguros

Inscrições começaram nesta segunda-feira.

Fitch:1ª emissão de debêntures da Rodovias do Brasil tem rating AA-

A Fitch Ratings atribuiu Rating Nacional de Longo Prazo ‘AA-(bra)’ à primeira emissão, em série única, de debêntures da Rodovias do Brasil Holding S.A....

Prazo de inscrições do Programa Petrobras Conexões para Inovação

A Petrobras prorrogou para 15 de agosto, o prazo de inscrições do 3º edital do Programa Petrobras Conexões para Inovação - Módulo Startups -...

UE fará empréstimos nos mercados de capitais de até 750 bi de euros

O Conselho da União Europeia (UE), aprovou nesta segunda-feira, o segundo pacote de planos de recuperação e resiliência (PRR), para aceder às verbas pós-crise...

Brasil tem 42% do total de empresas de inteligência artificial da AL

Estudo da consultoria Everis em parceria com a Endeavor mostra que o número de startups de inteligência artificial cresceu no Brasil, mas ainda esbarra...