Na busca de apenas prestar satisfação para a

sociedade brasileira, o crativo senador João Alberto desenvolveu o jogo “Onde está Wally Cacciola?”. No primeiro da série, o contribuinte brasileiro, depois de examinar profundamente os contratos para a instalação da Teletrust de Recebíveis S.A., descobriu que Wally Cacciola não faz parte da sociedade. Em compensação, verificou que o banco do personagem, como poderia ter sido qualquer outra, antes da desvalorização cambial, foi a instituição responsável pela colocação das séries de debêntures da Teletrust, legalmente registradas na Comissão de Valores Mobiliários. E que um participantes da empresa, Roberto Cruz Moyses, ex-cunhado de Cacciola, possui apenas 10% das ações ordinárias e 45% das preferenciais, o que totaliza 19% do capital.

O jogo “Onde está Wally Cacciola?” é perigoso e já começa a preocupar o contribuinte, pois incomoda cidadãos que não participaram da bandalheira financeira do último verão. Um dos mais afetados é Mauro Sérgio de Oliveira, um dos mais respeitados analistas brasileiros e que já ocupou a presidência da Abamec. Na década de 80, Mauro Sérgio se especializou, criou a Oliveira Trust e adquiriu credibilidade para assumir a liderança como o agente fiduciário das debêntures emitidas pelas companhias brasileiras. Se tornar o profissional preferido das empresas abertas brasileiras. mas se transformou em objeto de inveja. E por precipitação da CPI, agora está exposto à mídia.

O grande problema do jogo “Onde está Wally Cacciola?” é que, se os membros da CPI ou do MP não provarem que o personagem estava em determinados locais, o contribuinte brasileiro arcará com as despesas, pois elevadas indenizações serão pleiteadas por todos aqueles que foram injustamente incomodados. E o estado da senadora Marina Silva, que é pobre, ficará mais pobre ainda.

No intenso esforço de condenar o ex-dono do Marka, os membros governistas da agora CPI das Lendas Urbanas consideram estranho que grande número de empresas, com o mesmo objeto social, possuam o mesmo endereço na Rua Álvaro Alvim, Centro do Rio. Por causa disso, suspeitam de que Cacciola e seus parceiros estejam envolvidos em esquema de sonegação. Aparentemente, tal pista não levará a nenhuma descoberta. A descoberta principal será que muitos grupos criam várias empresas, mas para reduzir custos, utilizam uma única instalação. A Prefeitura não cria obstáculos e a Receita Federal concede a inscrição. Não existe crime.

O MF descobriu que na Av. Brigadeiro Faria Lima, 3064, 12 andar, São Paulo, ou seja, no mesmo endereço, estão instaladas 19 empresas de participações: Pilcomayo, Gruçaí, Saquarema, Pati Alferes, Iriri, Piuma, Poconé, Pirajú, SPEL, LF TEL, SFSPV, Amari, Actori, Avidus, Altere, Albae, Alium, Aetatis e Aditus. Depois disso, o que fará o relator? Criará a CPI das Participações?

Os contribuintes brasileiros estão cada vez mais decepcionados, com a atuação de alguns membros governistas da comissão dos bancos para impedir que haja a descoberta daqueles que realmente se beneficiaram das informações privilegiadas e ficaram com o dinheiro dos brasileiros. Depois do gasto de milhões de reais para a instalação dos sistemas das TV Câmara e Senado, foi inexplicável a posição do senador João Roberto Arruda em batalhar para Everardo Maciel prestar depoimento em sessão reservada.

O depoimento do secretário da Receita Federal foi excelente, uma aula para qualquer brasileiro. Revelou as formas como são causados os prejuízos à Nação pelas grandes empresas brasileiras. E colocou nas mãos dos senadores a responsabilidade da correção das brechas na legislação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Nelson Priori (1942–2020)

Vida profissional marcada pelo jornalismo e pela luta em defesa do mercado de capitais.

Problema na Bolsa de Tóquio; sorte é que foi no feriado

Falha em hardware paralisou distribuição de informações ao mercado.

IRB é do 8% ou do 80%

Emissão de R$ 900 milhões em debêntures alavanca ações.

Últimas Notícias

Armazém Cultural: Câmara debate veto do prefeito do Rio

.Comissão de Justiça e Redação recomenda rejeição ao veto

Plataformas da Bacia de Campos tem hotéis flutuantes

Petrobras estuda investir US$ 220 milhões até 2023

Ações do setor de saúde puxam Ibovespa

Destaque também para Petrobras, que celebrou novo aditivo ao contrato de compra de gás natural com a YPFB

Governo de MG conclui leilão de 627,4 km de rodovias

Investimentos de R$ 3,2 bi, sendo R$ 1,4 bi nos oito primeiros anos da concessão

Bancos chineses: mais empréstimos para empresas privadas

No final de junho aumento de 11,4% em relação ao ano anterior