Não compre

Os entregadores fazem paralisação nesta quarta, movimento que está se espalhando pela Argentina, Chile e México. É uma tarefa árdua, pela pouca experiência da categoria e pela extrema necessidade de quem trabalha, que muitas vezes depende do dinheiro do dia para levar o pão nosso à mesa à noite. Mas a mobilização já é um sucesso.

Como já dito na coluna, as empresas que se disfarçam de aplicativos são companhias de entrega de produtos, e por isso seus empregados deveriam ser formalmente contratados. Só a Justiça do Trabalho brasileira – que acusam de ser paternalista – não vê isso, sabe-se lá por quais motivos.

A paralisação vai deixar claro que, sem entregadores, os aplicativos não funcionam. O que eles fazem é agilizar a entrega, explorando o trabalhador e o comerciante.

 

Saúde desamparada

As medidas de isolamento, bem como o medo da pandemia, afastaram os pacientes de consultórios e laboratórios médicos, o que tem colocado em risco a vida das pessoas. Há registros de queda de 70% nos atendimentos oncológicos e ociosidade de mais de 60% em boa parte da rede privada hospitalar.

O presidente da Federação Brasileira de Hospitais (FBH), Aldevânio Francisco Morato, tem sentido falta de um discurso mais assertivo do Ministério da Saúde apontando a necessidade das pessoas retomarem exames, consultas de rotina, bem como tratamentos em andamento. Ele cita também a sustentabilidade de diversos estabelecimentos com a queda no número de pacientes.

O que se esperar de um Ministério sem titular deste 15 de maio e no qual o interino só foi oficializado em 3 de junho, portanto, 46 dias sem ministro efetivo, sendo 18 dias sem ao menos interino oficial?

 

Quando acaba a quarentena???

A filial brasileira da farmacêutica sul-africana Aspen Pharma registrou aumento de quase 60% nas vendas do fitoterápico Calman – indicado para sintomas da ansiedade e da insônia – em maio, se comparado ao mesmo mês do ano passado.

Em meio ao isolamento social, os sintomas têm sido mais comuns. Entre abril e maio, um levantamento do Google mostrou que a palavra insônia foi a mais procurada em sua plataforma, com aumento de 130% na procura por substâncias para auxiliarem o tratamento.

 

Pague por mim

A distribuidora de energia elétrica Enel está oferecendo o seguro Proteção 360! por “apenas R$ 5,99 ao mês”. O objetivo é proteção em casos de emergências elétricas em casa, junto com seguro para pagamento da conta de energia em caso de doença ou desemprego.

O seguro é vantagem para o cliente ou para a empresa?

 

Responsabilidade social

A capacidade de leitos de UTI em hospital de São Leopoldo, no Rio Grande do Sul, dobrou após doação da… Taurus, uma das principais fabricantes de armas do mundo.

 

Rápidas

Neste sábado, às 8h, a Rio Ecoesporte, em parceria com o hotel Wyndham Rio Barra, apresenta programa que oferecerá práticas de exercícios gratuitas durante julho. A iniciativa é do professor Sérgio Tavares. Inscrições: (21) 99742-9191 *** De 13 a 17 de julho, gestores e empresários de Turismo e Hotelaria participarão da Travel Tech, conferência promovida pela Latam. O CEO da plataforma de reservas VisitNow, Bruno Guimarães, discutirá, dia 16, o tema “Quais as tendências tecnológicas para a área de viagens nos próximos anos”. Empresários como Felix Said (CEO da MyHotel) e Sergio Assis (COO da Transamerica Hospitality Group) também estão entre os palestrantes. Programação aqui *** Alan Victor entrevista Agatha Arêas, vice-presidente, Learning Experience Rock in Rio, nesta sexta-feira, às 15h, no Instagram @riofaciloficial *** A FGV Direito Rio realizará debate sobre o processo de seleção dos ministros do STF e suas implicações no cenário político nesta quinta-feira, no Canal da FGV no YouTube. Inscrições aqui *** Nesta quinta-feira, o movimento Compre do Bairro realiza a live “Acesso a Crédito: o que realmente funciona para as PMEs?”, com a participação de analistas técnicos do Sebrae, às 18h, no Facebook *** Em 26 de junho, em que se comemorou o Dia Internacional do Consultor, a ABCO realizou “Insights e Tendências” conduzido por Luiz Affonso Romano, CEO do Laboratório da Consultoria e conselheiro consultivo da ABCO, e debatido com os associados.

 

 

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Privatização da Eletrobras aumentará tarifa em 17%

Estatal dá lucro e distribuiu R$ 20 bi em dividendos para a União.

Dois mitos sobre a Petrobras

Mídia acionada pelo mercado financeiro abusa de expedientes que ataca quando usados por bolsonaristas.

Mudar preços implica parar venda de refinarias

Mercado financeiro cobrará deságio, e Petrobras precisa de ativos para poder operar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Preços dos carros mais vendidos subiram 9,4% em média em um ano

Com 18,23% de variação, Renault Kwid foi o que mais subiu de preço entre os 13 mais vendidos.

PEC Emergencial pode sair da pauta do Senado desta quinta

Parlamentares resistem a cortes na saúde e educação e propõem votar apenas questão do auxílio emergencial.

Desdobramentos da intervenção na Petrobras

Percepção é de que o 'superministro' de Bolsonaro pode estar ficando cada vez mais isolado.

IPCA-15 de fevereiro ficou abaixo da expectativa

Índice mostra variação mais fraca que o esperado em alimentação, educação; já saúde e transportes vieram mais fortes que a expectativa.

Tentativa de superação

Ontem foi dia de recuperação da Bovespa, liderada pelas ações da Petrobras, Eletrobrás e setor bancário.