Não é o salário, estúpido

335
Preços em supermercado nos EUA
Preços em supermercado nos EUA (foto de Li Jianguo, Xinhua)

Robert Reich, ex-secretário do Trabalho dos EUA e professor de Políticas Públicas na Universidade da Califórnia, Berkeley, defende que a inflação atual, emergindo da pandemia, é análoga à inflação após a Segunda Guerra Mundial, “quando economistas defendiam controles temporários de preços para ganhar tempo para superar gargalos de oferta e impedir a especulação corporativa. Controles de preços limitados devem ser considerados agora.”

Em artigo publicado segunda-feira no jornal britânico The Guardian, Reich sustenta que é a ganância corporativa, não os salários, que está por trás da inflação. Segundo ele, os lucros das empresas estão próximos de níveis não vistos em mais de meio século.

“Os aumentos salariais nem sequer acompanharam a inflação. A maioria dos salários dos trabalhadores está diminuindo em termos de poder de compra real”, sustenta o ex-secretário de Bill Clinton. Desde a década de 1980, dois terços de todas as indústrias estadunidenses tornaram-se mais concentradas:

  • 4 empresas controlam 85% do processamento de carnes e aves
  • 1 corporação define o preço da maior parte do milho semente
  • 2 empresas dominam os produtos básicos de consumo.
  • a indústria farmacêutica é composta por 5 gigantes
  • a indústria aérea passou de 12 companhias aéreas em 1980 para apenas 4 hoje
  • Wall Street se consolidou em 5 bancos
  • a banda larga é dominada por 3 empresas

Além de controle de preços, Reich defende um imposto temporário sobre lucros extraordinários.

Espaço Publicitáriocnseg

 

Margens maiores

Confirmando o que Reich disse, Jeremiah Buckley, gerente de Portfólio na Janus Henderson Investors, afirma que se espera um forte crescimento do lucro para este ano, após um aumento de dois dígitos ano a ano nos lucros do S&P 500 (500 maiores empresas nas Bolsas de Valores Nyse e Nasdaq) no primeiro semestre do ano.

“Muitas empresas que enfrentaram a inflação de um dólar forte ou preços mais altos das commodities têm repassado os aumentos de custos aos clientes nos últimos trimestres. Esses aumentos tendem a ser rígidos mesmo depois que as pressões de custo diminuem, e as empresas agora estão vendo os benefícios por meio de vendas mais altas e margens melhores”, explica Buckley.

“Mais de 97% das empresas aumentaram seus dividendos ou os mantiveram estáveis no segundo trimestre. Ao mesmo tempo, as empresas norte-americanas aumentaram as recompras de ações para canalizar o fluxo de caixa crescente de volta aos acionistas”, finaliza.

 

Rápidas

O CIAPJ/FGV, em parceria com o Superior Tribunal de Justiça e o IREE, realizará nesta quarta, às 9h30, o seminário “Arguição de Relevância no Recurso Especial”, sobre limitação de recursos especiais. Será no auditório do STJ, em Brasília, com participação de vários ministros do Tribunal. Detalhes aqui *** A dupla de artistas cariocas Alma Salgada, de Camila Geoffroy e Japia, acaba de ser convidada pelo Hotel Pestana SP para pintarem alguns ambientes do hotel *** A SumUp está com um novo CEO para o Brasil: Carlos Grieco.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui