Natal do PC

“2005 foi o Natal do DVD. Mas as apostas agora são para que tenhamos neste ano o Natal do PC, com o consumidor diluindo suavemente suas compras em planos de financiamento de 12 ou 24 vezes”, diz Reinaldo Sakis, analista da consultoria IDC Brasil. De janeiro a outubro foram vendidas 4,6 milhões de unidades de computadores de mesa e 363 mil modelos portáteis. A queda dos preços e os planos de financiamento fizeram com que os modelos “de marca” dividissem ao meio o mercado com os computadores “montados” – normalmente fruto de contrabando. Em 2005, o mercado “cinza” ficara com 60% das vendas. A estimativa da IDC é de que sejam comercializados 7,1 milhões de PCs e 3,2 milhões de impressoras no Brasil.

Piso fluminense
A governadora do Rio de Janeiro, Rosinha Garotinho, enviou à Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro, em regime de urgência, o projeto de lei que aumenta em 15% os pisos salariais no estado para diversas categorias. Os valores, que devem entrar em vigor em 1 de janeiro, são: R$ 404,02; R$ 424,88; R$ 440,52; R$ 456,16; R$ 471,79; e R$ 486,13. O reajuste será antecipado em cinco meses.

Última palavra
Portador de uma incontinência verbal somente proporcional a sua escassa convicção sobre os temas sobre os quais se pronuncia, o presidente Lula tem alimentado num crescente número de brasileiros a impressão de que a, exemplo do personagem de Graciliano Ramos que “lia as folhas e tinha a opinião das folhas”, repete a última opinião que o impressionou.

Inflação na Web
Os preços dos produtos vendidos pela Internet subiram, em média, 0,8%, em dezembro, segundo o e-flation, criado pelo Programa de Administração do Varejo (Provar), da Fundação Instituto de Administração (FIA), em parceria com a Canal Varejo – Consultoria: Mercado de Bens e Serviços. A principal pressão sobre os preços de produtos comprados online veio dos gastos com viagens das férias de fim de ano. A categoria viagem e turismo teve inflação de 15,88%. Foi seguida pelas categorias perfumaria (6,43%), eletroeletrônicos (2,67%) e produtos para casa (0,07%). Em dezembro, a deflação mais expressiva foi registrada na categoria livros: 10,85%. Também houve queda de preços nas categorias telefonia (7,37%), CDs e DVDs (5,62%) e brinquedos (4,73%).

Preços deletados
Apesar dos riscos e da consequente desconfiança de muitos consumidores de fazerem compras pela Internet, adquirir produtos online pode sair bem mais em conta. Segundo o coordenador geral do Provar/FIA, Claudio Felisoni, nos últimos 12 encerrados em dezembro, o e-flation registrou deflação de 13,84%.

Nunca antes no PT…
Se o presidente Lula levou quatro anos sem cumprir a promessa de bater recordes de crescimento, o mesmo não se pode dizer do seu partido. No curto espaço de 12 meses, o PT teve quatro presidentes. Dos três apeados do poder, dois – José Genoino e Ricardo Berzoini – preferiram se imolar publicamente para isentar Lula de qualquer ligação com os escândalos que abalaram o partido. Um – Tarso Genro – foi atropelado pelo ex-ministro José Dirceu na luta interna.

Lugar de cada um
O cientista político William Carvalho, que se acorrentou em uma pilastra do Senado Federal para protestar contra o reajuste de 91% aos parlamentares, vai responder na Justiça pelos crimes de desacato e perturbação da ordem. Já os deputados e senadores vão bem, obrigado, e se preparam para receber a companhia de Juvenil Alves, recém-eleito pelo PT de Minas, acusado pela PF de crime contra a ordem financeira, e que teve sua diplomação liberada pelo TSE.

Alta tensão
Os corredores da Eletrobrás estão em polvorosa com denúncias sobre desatinos perpetrados pela estatal e sua subsidiária Lightpar. As notícias, revela fonte de Brasília, já chegaram aos ouvidos da ministra Dilma Roussef, que antes de ir para a Casa Civil era a titular das Minas e Energia, pasta à qual a Eletrobrás está vinculada. Resumo do imbróglio: pode ser a pá de cal nas pretensões de quem pretende continuar mandando na estatal.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorLet”s go Brazil!
Próximo artigoMilagre da multiplicação

Artigos Relacionados

Petroleiras ganham dinheiro no mercado, não com produção

Desde a década de 1980, companhias viraram empresas financeiras.

‘EUA do Mar’ seria considerado crime de lesa-pátria

Na terra de Biden, entregar navegação a estrangeiros é impensável.

Governo Bolsonaro não dá a mínima para a indústria

País perde empregos de qualidade e prejudica desenvolvimento.

Últimas Notícias

Lendas das small caps – market timing, recuperação e liquidez

O Monitor Mercantil publica a segunda parte do trabalho, iniciado no dia 18 de novembro, feito pela Trígono Capital sobre as sete lendas das...

Pesquisa mostra saúde financeira dos brasileiros

O brasileiro está “mais apertado” por conta da pandemia de Covid-19, com 6 em cada 10 pessoas reduzindo gastos neste período. E mais: 66%...

Recorde de retiradas líquidas da poupança: R$ 12,37 bi

O Banco Central (BC) informou, nesta segunda-feira, que as retiradas da caderneta de poupança superaram os depósitos em R$ 12,377 bilhões, em novembro. Essa...

Petrobras poderá se tornar uma empresa suja

A Petrobras anunciou no último dia 24 de novembro seu plano estratégico 2022-2026, com investimentos previstos de US$ 68 bilhões nos próximos 5 anos....

Empresas abertas na pandemia são 452% mais vulneráveis a fraudes

Com a chegada da pandemia e o aumento do desemprego, muitos brasileiros viram no empreendedorismo a oportunidade de conseguir uma renda mensal. A criação...