Negócios

As empresas que não se deixam impressionar pelo discurso ideológico contra Chávez continuam lucrando na Venezuela. É o caso da carioca DNMCA, de consultoria e desenvolvimento de negócios, que fecha um novo contrato com o Banco Mercantil do país vizinho. A empresa, que no ano passado ajudou o banco a conquistar o primeiro lugar em fatia do mercado, renovou o contrato pela terceira vez.

Preferência
O contrato entre o Clube dos Treze e a Rede Globo para transmissão do Campeonato Brasileiro de Futebol é lesivo à concorrência. Essa é a conclusão preliminar da Secretaria de Direito Econômico (SDE) sobre a cláusula de preferência na renovação. Também a negociação conjunta dos direitos para várias mídias fere a livre competição.
Ainda de acordo com a SDE, a exclusividade na transmissão prejudica a livre concorrência porque o futebol é uma importante fonte de receita publicitária para a TV aberta e de captação de assinantes para a fechada. A Record abriu mão de fazer uma proposta pela transmissão em 2009 devido à cláusula que favorece a renovação com a Globo. As empresas investigadas terão dez dias para apresentar suas alegações finais.

Xepa
A ser verdadeiro que o edifício no qual está instalado o Bear Stearns vale US$ 1,2 bilhão, é o caso de perguntar se também esse ativo será atingido pelo desmoronamento do setor imobiliário que arrastou os Estados Unidos para a recessão. A prevalecer o mesmo deságio que marcou a venda do Bear para o Morgan, de US$ 20 bilhões, em janeiro, para US$ 236 milhões – pouco mais de 1% – no último fim de semana, o prédio da instituição deve valer US$ 120 mil.

A teoria na prática
Nada como uma crise para valer para pôr à prova as convicções liberalizantes dos crédulos das virtudes do mercado. Apesar da escalada estatizante do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA), os neoliberais tupiniquins continuam a guardar silêncio obsequioso diante dessas práticas heréticas. Até agora, salvo um isolado artigo de protesto, a turma que, até pouco tempo, tinha urticárias quando ouvia falar em intervenção no sistema financeiro permanece calada. Que fraqueza de princípios!

Sala de aula
O polêmico João Pedro Stédile, do MST, profere a aula magna do início do ano letivo da UFRJ, nesta quarta-feira, às 10h, no Auditório Roxinho do Centro Cultural Horácio Macedo (que fica no Centro de Ciências Matemáticas e da Natureza, no campus do Fundão).

Planejamento
A primeira edição de 2008 da série de encontros “Economia Brasileira em Perspectiva”, da Fundação Getulio Vargas de São Paulo, será no próximo dia 25, a partir das 10h. O tema será “Estratégia de Política Macroeconômica” e os palestrantes serão o secretário de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda, Nelson Henrique Barbosa Filho, e o diretor da Escola de Economia da FGV-SP, professor Yoshiaki Nakano. O evento é gratuito e aberto ao público. Inscrições: [email protected]

Veloz
Com crescimento de 23,6% sobre 2006, o Rapidão Cometa fechou 2007 com faturamento de R$ 561 milhões. Esse desempenho, segundo a empresa, deve-se à expansão dos serviços logísticos em todas as regiões do país, ao incremento do transporte aéreo, além da conquista de novos clientes e da ampliação da atividade econômica da clientela consolidada. Para 2008, a meta é crescer 30%.

Oferta e procura
A Hertz, de locação de veículos, já tem versões blindadas dos modelos Omega, Vectra e Corolla nas cidades de São Paulo, Campinas (SP) e Rio de Janeiro. “Devido ao nosso histórico de mercado e forte presença nesses municípios, passamos a ser consultados com freqüência sobre a disponibilidade de veículos brindados nessas regiões”, afirma Helio Netto, diretor Comercial da Hertz no Brasil. Os modelos Vectra e Corolla blindados são alugados por uma tarifa diária de R$ 650; já o do Omega antibala é mais salgado: R$ 900.

Marcos de Oliveira e Sérgio Souto

Artigo anteriorHierarquia
Próximo artigoMapa do Bric
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

No privatizado Texas, falta luz no inverno e no verão

Apagões servem de alerta para quem insistem em privatizar a Eletrobras.

A rota do ‘Titanic’: ameaça de apagão não é de agora

‘Por incrível que pareça, no Brasil, térmicas caras esvaziam reservatórios!’

TCU confirma que União paga R$ 3,8 bi de juros e amortização por dia

Mais de ¼ dos títulos da dívida pública vencem em 12 meses.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Em 12 meses, franquias tiveram queda de 11,4% na receita

Segundo associação do setor, no período, receita apresentou queda de 4% em relação ao mesmo período do ano passado.

Água, saneamento e crescimento para todos

Há pouco tempo para implantação das metas do novo marco legal.

Automação das matrículas acelera com o uso de biometria facial

Cresce procura por soluções tecnológicas de Reconhecimento Ótico de Caracteres para operações como cadastro dos alunos nos sistemas escolares

Mercado ainda digere Fomc e MP da Eletrobras passa no Senado

O Ibovespa fechou em queda de 0,93%, na esteira dos receios globais e das discussões envolvendo a MP.

Relator vota contra autonomia do BC, mas vista adia julgamento no STF

Lewandowski vota por derrubar a lei, sancionada em fevereiro, que dá autonomia ao BC, mas pedido de vista de Barroso interrompe julgamento.