Nem na mãe

Quem pensa que a assunção da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, à condição de “Mãe do PAC” é condição suficiente para torná-la a candidata do peito do presidente Lula a sua sucessão é iniciante em matéria de Lula. Um ex-assessor palaciano conta que o presidente desconfia até da própria sombra. Para ilustrar essa postura, revela que, ressabiado com a unanimidade recorrente de outros ministros, especialistas e assessores com as propostas de Dilma para o setor de energia, Lula resolveu convocar uma reunião-surpresa, avisando à ministra apenas 30 minutos antes: “Só assim começaram a aparecer as divergências de outros ministérios, como o do Meio Ambiente”, recorda a fonte.

Herança
No Centro do Rio, parte da Av. Presidente Vargas estava às escuras, na noite de segunda-feira. Detalhe: bem em frente à Prefeitura, cujo prefeito se gaba de que deixará R$ 1,5 bilhão em caixa para seu sucessor.

Estorno
O Banco Real deverá pagar as diferenças entre os valores que foram descontados dos salários dos empregados da Baixada Fluminense e os valores a que eles efetivamente tinham direito pelo custeio do vale-transporte. A decisão é da 1ª Vara do Trabalho de Duque de Caxias. O juiz determinou também que o Real se abstenha de efetuar o desconto dos 4% referente ao vale-transporte sobre todas as verbas de natureza salarial dos empregados, determinando que o desconto ocorra somente sobre os ordenados. A vitória é do escritório Machado Silva Consultoria Jurídica, para o sindicato dos bancários da região. Cabe recurso.

Não foge à luta
“Amazônia, cobiçada e ameaçada” é o nome do seminário que o Centro Brasileiro de Estudos Estratégicos (Cebres), junto com clubes Naval, Militar e de Aeronáutica, realiza para acender o debate sofre a defesa da região. Os ministros da Defesa, Nelson Jobim, e da Agricultura, Reinhold Stephanes, os generais Maynard de Santa Rosa e João Carlos de Jesus Correa, senadores e especialistas no assunto se reunirão dias 26, 27 e 28 de março, no Clube da Aeronáutica (Praça Marechal Âncora, 15 – Centro, Rio. Mais informações pelo telefone 0800 2820020 ou pelo e-mail [email protected]

Furtado
O Longo Amanhecer, cinebiografia de Celso Furtado, ganha projeção e debate no Fórum de Ciência e Cultura da UFRJ, na Praia Vermelha, no dia 18, às 18h. Participarão da mesa o reitor da universidade, Aloísio Teixeira, Maria da Conceição Tavares, Carlos Lessa, José Luis Fiori, Rosa Freire d”Aguiar Furtado e José Mariani, diretor do filme. O Longo Amanhecer traz a última entrevista filmada que Furtado concedeu, apenas cinco meses antes de morrer, e estréia no Rio de Janeiro no dia 4 de abril.

Leão sem dentes
Insatisfeitos com a falta de uma proposta completa do governo às reivindicações da categoria, os cerca auditores-fiscais do Rio de Janeiro decidiram por greve por tempo indeterminado a partir da próxima terça-feira. Os auditores de todo o país devem fazer o mesmo, segundo o Unafisco Sindical.

Implosão
O deputado federal Indio da Costa lança seu segundo livro – Administração Pública no Século XXI – Foco no Cidadão – nesta quinta, às 20h, no Restaurante Kilograma (Av. N. Sra. de Copacabana, 1144). O livro expõe desafios e soluções para a administração pública. O deputado chama atenção para a urgente necessidade de o Estado implodir seu excesso burocrático.

Entrelinhas
Será lançado também nesta quinta-feira, em São Paulo, o livro Muito Além dos Índices – Crônicas, história e entrelinhas da inflação. A primeira obra do economista da FGV Salomão Quadros compila textos escritos entre 2004 e 2007. Além de análises de resultados de índices e comentários sobre a política econômica brasileira, o livro trata de elementos importantes do universo da inflação, ligados à maneira de se fazer os cálculos ou à reação de consumidores diante de números que contrariam a sua intuição.

Marcos de Oliveira e Sérgio Souto

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorLeão amarrado
Próximo artigoVerdadeiro escândalo

Artigos Relacionados

Os EUA lavam mais branco

Lavagem de dinheiro através de imóveis tem poucos obstáculos na pátria de Tio Sam.

Apagão já foi tragédia, volta como farsa

Modelo de mercantilização da energia é o culpado.

Volume de reservatórios pode cair a 6% em novembro

Quadro crítico poderá ser alcançado em 2 meses, mesmo com tarifaço.

Últimas Notícias

Condomínios do Rio podem exigir comprovante de vacinação

É recomendado que tal exigência seja aprovada em assembleia por maioria dos presentes

Agronegócio brasileiro ainda está amadurecendo tecnologicamente

Por Regina Teixeira – Especial para o Monitor Mercantil

Livro traz bastidores de aquisições de startups por grandes empresas

Livro: 'Saída de Mestre: estratégias para compra e venda de uma startup'

Plano de assinatura garante um smartphone novo todo ano

A parceria une o propósito da Samsung de trazer inovação a cada lançamento - desta vez oferecendo sua terceira geração de smartphones - e...

WhatsApp testa funcionalidade de indicação de negócios em SP

Por enquanto só São Paulo terá esse recurso