Neoudenistas

A bem da memória nacional, vale a pena recordar que os tucanos, hoje reivindicando a condição de arautos da moralidade nacional via CPIs, engavetaram 23 pedidos desse tipo de investigação durante os oito longos anos do governo FH. Dá uma média de quase uma CPI engavetada por ano.

Última chance
A concorrência entre as empresas de telefonia fixa no Brasil ficou no campo da miragem tucana: as concessionárias Telefônica, Telemar e Brasil Telecom detêm mais de 94% dos mercados onde atuam. A chance de melhorar a vida do consumidor está nos novos contratos de concessão, já que os atuais vencem – se não houver longas batalhas na justiça – no final deste ano. Entre as mudanças em estudo na Anatel estão: fim da cobrança por pulso, que passaria a ser por minuto; nos horários de tarifa reduzida em que se cobrava um pulso, a cobrança passa a ser por chamada; reajuste de tarifas feitos por um índice específico do setor e não mais pelo IGP-DI; e obrigação de fornecer contas detalhadas. Poderia ser acrescentada a obrigatoriedade de instalar medidor na casa do consumidor, como ocorre com luz, gás e água.
As novas regras, que valerão por longos 20 anos, estão na pauta do seminário “Política em Telecomunicação: Desafios presentes e futuros”, nesta terça-feira, em São Paulo. Mais informações em www.convergeeventos.com.br

Tacar fogo às vestes
Caso a equipe econômica consiga emplacar o governador do Acre, Jorge Viana, como substituto de José Dirceu na Casa Civil, o governo Lula dará mais um passo para fraudar a votação popular que o conduziu ao poder. Um dos mais tucanos dos petistas, Viana, que guarda as melhores relações com o ex-presidente FH, faria a ponte entre PT e PSDB, para costurar um governo entre os dois partidos. Com Dirceu, que era o principal opositor desse projeto, afastado e enfraquecido, as resistências dentro do PT ficariam mais fáceis de serem contornadas.
Resta saber o que achariam disso militantes e candidatos petistas, que marchariam para as eleições de 2006 a reboque de um não-projeto de país que levou José Serra a uma das mais contundentes derrotas eleitorais da história da República brasileira.

Torneira petista
Se o governador do Acre, Jorge Viana (PT), emplacar na chefia da Casa Civil talvez consiga melhorar o envio de verbas para seu estado. Fonte da Secretaria de Educação do Acre reclama que o setor recebia mais recursos no governo FH; na gestão Lula, nenhum projeto consegue ir à frente por falta de verbas.

Artesão
Proporcionar a inclusão de artesãos no mercado da moda, através de ações corporativas. Este é o objetivo do projeto Arte-Indústria, criado pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) e que será apresentado à ministra da Secretaria especial de Políticas para Mulheres, Nilcéa Freire, para que possa ser implementado em todo o país. Segundo o vice-presidente da entidade, Luiz Chor, o objetivo do projeto, que conta com o apoio de ONGS, é estimular a cultura popular e proporcional qualificação profissional.

Legado
O livro Atualidade de San Tiago Dantas (Lettera.doc) será lançado nesta segunda-feira, às 17h30, na Associação Comercial do Rio de Janeiro. Reúne análises e testemunhos sobre o advogado e jurista, professor, ministro da Fazenda e das Relações Exteriores durante o governo João Goulart, deputado federal, jornalista e escritor. Colaboraram, entre outros, os ministros Celso Amorim (Relações Exteriores) e Luiz Dulci (Secretaria-Geral da Presidência da República), Celso Lafer, Helio Jaguaribe, Arnaldo Niskier e Affonso Arinos de Mello Franco.

Quem?
A volta da novela da reforma ministerial conseguiu, pelo menos, fazer a mídia se lembrar que existe um ministro da Pesca.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPasta
Próximo artigoCega e engessada

Artigos Relacionados

Engie valerá R$ 2,5 bi a mais após acordo com Aneel

Semana passada, o Monitor noticiou que a proposta da Aneel de repactuação do risco hidrológico (GSF) deixaria a conta a ser paga pelo pequeno...

Apelo de Biden ao multilateralismo fica sem crédito

Na ONU, presidente dos EUA desmente mundo dividido em blocos rígidos.

Fintechs e bancos disputam quem cobra mais

‘Não temos vergonha de sermos bancos’, diz Febraban; mas deveriam.

Últimas Notícias

Eve desenvolverá modelo de operação de Mobilidade Aérea Urbana

A Eve Urban Air Mobility, empresa da Embraer, e a Bristow Group Inc. (NYSE: VTOL), líder mundial em soluções de voo vertical, anunciaram, nesta...

China: Ampliar apoio à energia verde agrada banco de investimento

O Banco Asiático de Investimento em Infraestrutura (BAII) declarou que dá as boas-vindas ao anúncio da China de aumentar o apoio à energia verde...

XP: Preços de ativos podem sofrer na atual turbulência de mercado

Um dia depois do aumento de 1 ponto percentual da taxa básica de juros, a Selic (agora em 6,25% ao ano), pelo Comitê de...

Projetos de energias renováveis em substituição ao uso do diesel

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e a Eletrobras firmaram um Pacto de Energia para atuarem conjuntamente na busca de soluções...

Proposta atualiza regulamentação sobre as cooperativas de crédito

Texto em análise na Câmara dos Deputados promove uma série de modificações na Lei do Sistema Nacional de Crédito Cooperativo (SNCC), abordando o Projeto...