Nita Freire no Sim Pro Samba

Nesta sexta-feira (5/3), quem estará no bate-papo do Sim Pro Samba é Nita Freire, viúva do Patrono da Educação, Paulo Freire, e o professor do Departamento de Educação da UniRio, Diógenes Pinheiro. Eles falarão sobre “Educação ontem e hoje: A atualidade de Paulo Freire e Darcy Ribeiro no Brasil do Século XXI.”

Logo após, com muito samba, arte e poesia, o grupo Nabêra coloca o povo pra cantar na companhia do artista plástico Vitor Vanes, com suas charges críticas, e o poeta Grandmaster Cotta, do Slam Paz e Guerra.

O projeto Sim Pro Samba: O Samba dxs Professorxs – 100 Anos de Paulo Freire, contemplado com a Lei Aldir Blanc através do Prêmio a Projetos de Fomento a Todas as Artes, terá início, às 17h.

Programação:

17h – Bate papo sobre educação.
18h20 – Slam e charge.
18h30 – Sim Pro Samba: O Samba dxs Professorxs.
20h – Término.

Artigos Relacionados

Livro ensina a lidar com o Transtorno do Déficit de Atenção

Proposta é oferecer um suporte para as aflições, além de mostrar a realidade do transtorno e apresentar possíveis caminhos para se encontrar soluções.

Cultura Inglesa lança imersão gratuita de inglês pelo celular

Atividades acontecerão em aplicativos WhatsApp e ClubHouse para prática gratuita do idioma.

DJ Cia lança 1º single ‘Não Espere Perfeição’

Música faz parte de seu 1º álbum ‘Por Onde Andei’.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Jornalista agora pode ser MEI

Senado tentou incluir corretor de imóveis, publicitários e produtores culturais no projeto.

STF determina reintegração de excluídos do Bolsa Família

Ministro Marco Aurélio avaliou que Governo Federal estava descumprindo determinação.

Preços dos medicamentos voltam a subir em março

Segundo levantamento, resultado reflete agravamento da pandemia, colapso das unidades de saúde e depreciação cambial.

Planos devem autorizar exame de Covid de forma imediata

Antes da determinação da ANS, os planos podiam demorar até três dias úteis para garantir o atendimento ao pedido.

Cresce demanda árabe por café verde e solúvel do Brasil

No primeiro trimestre deste ano, país exportou 37% mais café à região; além dos grãos verdes, crus, países têm demandado mais produto solúvel.