Niterói em alta

Inédita queima de fogos na Ponte no réveillon deste ano.

Niterói promete um réveillon inovador: pela primeira vez na história do evento, haverá uma queima de fogos na ponte Rio-Niterói. A cascata de fogos distribuídos em dez caminhões voltada para a Baía na Ponte vai se juntar a outros oito pontos, que poderão ser vistos das janelas dos moradores. Não será permitido ficar na areia. Parabéns!

 

Novo álbum

O músico carioca André Marinho, radicado em Fortaleza, acaba de lançar seu novo álbum: Tempo Bom. Disponível no Spotify, traz dez músicas autorais em variados estilos.

 

Audiência com vacinação

A juíza Georgia Vasconcellos da Cruz, da 1ª Vara da Fazenda Pública, determinou que nos casos sob sua relatoria, todos os envolvidos deverão apresentar cartão de vacinação. A primeira audiência com comprovação da imunização acontece no dia 15 de setembro.

 

Cônsul do Cazaquistão no Rio

O empresário e hoteleiro Aloysio Teixeira é o novo cônsul honorário do Cazaquistão no Rio de Janeiro. A capital Nur-Sultã é uma cidade planejada, com aranhas-céus futuristas, cujo plano diretor foi projetado pelo arquiteto japonês Kisho Kurokawa.

 

Japão para japoneses

Sob pretexto de que apenas o idioma japonês deve ser falado, estabelecimentos naquele país trazem na porta um cartaz de que são apenas para japoneses. Fora um prefeito que sugeriu que os moradores não se relacionassem com estrangeiros por causa da Covid. Pois é, um pouco de xenofobia, devo confessar…

 

Palácio Capanema é nosso

Em função da pressão popular, parlamentar e de aliados de Bolsonaro no Rio contrários à venda de um dos maiores patrimônios do País, o Palácio Capanema não será mais vendido. Voltará ao seu projeto de recuperação original. Ideia infeliz do ministro Guedes que seguramente não levou em consideração o aprendizado de Harvard na proteção das cidades.

 

Pensamento da semana

“Eu gosto do mar. Da imensidão azul. Da areia. Dos leves tremores das ondas. Da visão universal de paz. Respiro a simplicidade da positividade verdadeira. Abraço com os olhos fechados um vento que sussurra lições de carinho e respeito. Choro e me emociono com o trepidar da vegetação que circunda o nadar parado, o mergulhar sensato e a vontade de ser grato e feliz pela dádiva da natureza. Contemplo, grito e justifico a perfeição que nos é oferecida pelo silêncio que toma minha emoção azul.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Alta dos preços leva a aumento de protestos

Agitação em países onde manifestações eram raras preocupa FMI.

Interlagos vai sediar feira de motos e carros

Eventos priorizam testes para clientes e potenciais compradores.

Romênia e Moldávia: duas faces de uma mesma moeda?

Em alguns aspectos as duas produções se assemelham e, em outros, apresentam diferenças que poderiam até se complementar.

Últimas Notícias

Câmara deve colocar em votação PL que desonera tarifas de energia

Em 2021, o Brasil passou pela pior crise hídrica em mais de 90 anos

Metodologia para participação de investidor estrangeiro

Serão considerados os dados de liquidação das operações realizadas no mercado primário nos sistemas da B3

Fitch eleva rating do Banco Sicoob para AA (bra)

Houve melhora do perfil de negócios e de risco da instituição

Petrobras Conexões para Inovação cria robô de combate a incêndio

Estatal: Primeiro no mundo adaptado para a indústria de óleo e gás

Brasil tenta ampliar diálogo com a UE

Debate da recuperação econômica nas duas regiões e discussão sobre as perspectivas das políticas fiscais