No lugar de aulas, apregoações

Leilão e Cia / 17:36 - 3 de out de 2007

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Vocacionada desde a infância para ser professora, a carioca Ana Lucia Gomes de Sá conseguiu seu primeiro emprego, em dezembro de 1975, com 18 anos de idade, como secretária do leiloeiro Thyde Aôr, um dos mais respeitados profissionais de sua época, homem de fino trato e comportamento exemplar. Esta informação tranqüilizou o pai da garota, o severo Milton Gomes de Sá, funcionário da redação de um antigo jornal deste cidade, onde trabalhamos longos anos e estabelecemos laços de amizade. Com a morte de Thyde, em setembro de 1982, seu escritório e clientela passaram às mãos de Silas José da Silva, marido de sua filha Sandra e outro leiloeiro que deixou saudades: era alegre, brincalhão, companheiro, sem deixar de ser sério e pontual nos seus negócios. E como Thyde, Silas apreciava a competência e compenetração de Ana Lúcia e a manteve como sua assistente até seu falecimento, em janeiro de 1982. Assumindo o escritório - que ainda funciona na Rua do Carmo, 6, 13º -, Sandra Aôr encontrou na auxiliar de seu pai e de seu marido uma aliada poderosa e experiente, que indicou como preposta à Junta Comercial, já ciente de que o magistério tinha perdido Ana Lucia para a leiloaria. Formada em Direito no ano de 1986, com vastos conhecimentos e muito entusiasmo para exercer o ofício, a nova leiloeira pública deste Estado faz questão de ser grata à Sandra Aôr pelo apoio e encorajamento recebidos ao longo do tempo que estão trabalhando juntas. E promete continuar a tradição de bons serviços nas áreas Judicial, Varas Federais e dos guarda-móveis, iniciada por Thyde Aôr e levada avante por Silas e Sandra. Com certeza, Milton Gomes de Sá está orgulhoso de sua filha, onde quer que esteja o seu espírito. Melhor oferta está valendo A marca Páginas Amarelas, que comporta vários títulos a este coligado inclusive o amarelas.com, que interessa principalmente às empresas de telefonia, de buscas e de publicidade, vai ser leiloada no dia 16 deste outubro, às 15 horas, na Rua Primeiro de Março, 21, sobreloja, dando seqüência à uma execução de penhora da Justiça. Paulo Botelho baterá o martelo pela melhor oferta que houver pelo registro no INPI da patente que abre um leque imenso de possibilidades em informação e divulgação. Avaliada de início em R$ 320 milhões, a conhecida e popular marca Páginas Amarelas vai pertencer a quem oferecer o lance maior naquela hora. Quem dá mais? Duplex em São Conrado Privilégio de poucos, morar em São Conrado pode ser possível desta vez: Mario Ricart apregoa nesta quinta-feira, 4, no mini auditório do Fórum da Av. Erasmo Braga, 115, no Castelo, uma cobertura duplex que fica na Estrada da Gávea, 681, no edifício Port Grimaud - certamente em homenagem à família reinante no Principado de Mônaco. Dotada de ar condicionado central e direito a três vagas na garagem, o apartamento 2.501 tem sala com três ambientes, sala de refeições, três quartos (uma suíte com closet), banheiro social, copa, cozinha, área de serviço, despensa, quarto e banheiro de empregada só no primeiro andar. No segundo piso tem sala com bar, dois quartos e banheiro para serviçais, mais um banheiro, sauna, churrasqueira e piscina. Todos os quartos possuem armários embutidos. Leilão começa às 15h00 e quem fizer a maior oferta fica com a cobertura. Mais informações? É só ligar para 2215-1342 ou acessar o site www.marioricart.lel.br. Exposições Rio e São Paulo No Centro Cultural Correios, desde o último dia 26, uma bela amostragem do que foi feito em meio século de cartazes brasileiros de propaganda cultural. "A Cultura em Cartaz", que Paulo Moretto avaliza, ficará aberta ao público até o dia 4 de novembro, de terça a domingo, das 12h00 às 19h00, na Rua Visconde de Itaboraí, 20, em pleno Corredor Cultural do Rio. No Mube-Museu Brasileiro da Escultura, que tem endereço na Av. Europa, 218, na cidade de São Paulo, inaugura-se nesta sexta-feira, dia 5, às 19h00, a mostra de trabalhos do artista baiano César Romero, denominada Bramante 40 anos de Pintura. A abertura da mostra será ensejo para o lançamento do livro de Jacob Klintowitz , "César Romero - A Escritura do Brasil". A exposição permanecerá no Mube até o dia 21 deste mês. Também no Mube, já inaugurada, está a exposição de obras do escultor Pablo Atchugarry, intitulada "O Espaço Plástico da Luz", que só terminará no dia 9 de novembro. Ana Lucia é a nova leiloeira em atuação no Rio de Janeiro Mario Ricart apregoa duplex em bairro muito cobiçado

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor