Nome e sobrenome

Os efeitos colaterais do primeiro apagão do governo Lula remetem o país ao dos seus congêneres do período FH. A exemplo do tucanato, o governo petista parece mais preocupado com o curto-circuito em sua imagem do que explicar aos brasileiros os riscos a que estão expostos pela política de trocar investimentos, inclusive em áreas-chave como a de energia, pela produção de megasuperávits primários para garantir o pagamento de juros aos rentistas e ao sistema financeiro. A diferença mais notável foi a substituição do raio de Bauru pela falha humana.

Vacinas
Quem viajar para a região atingida pelo tsunami deve ficar atento para os surtos de doenças, como sarampo, cólera, febre tifóide, hepatite A, leptospirose e tétano. A presidente da Regional Rio da Sociedade Brasileira de Imunizações – (SBIm-RJ), Isabella Ballalai, destaca que devem ser tomadas as vacinas dupla bacteriana (validade de dez anos), hepatite A e B, encefalite japonesa, febre tifóide, pólio inativada, tríplice viral e meningite meningocócica A e C. A recomendação para não esquecer as vacinas também vale para quem vai para outras regiões, inclusive no Brasil, e não quer passar as férias no quarto do hotel.

Solidariedade
Setenta mil caixas de medicamentos foram doadas pela Sanofi-Aventis para as vítimas do tsunami no Sri-Lanka. O presidente do laboratório francês, Jean-François Dehecq, acompanha o ministro da Solidariedade, Saúde e Família da França, Philippe Douste-Blazy, em uma missão ao país asiático para levar as seis toneladas de remédios. Cada estabelecimento do grupo Sanofi-Aventis na França apoiará uma das cidades destruídas durante o maremoto no Sudeste da Ásia. Uma doação de 1 milhão de euros será enviada às instituições e associações que atuam na região.

Caras novas
Sete deputados serão efetivados hoje e dois suplentes tomarão posse, às 15h, na Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro. A mudança foi provocada pela posse de deputados como prefeitos e vice-prefeitos. Um deles foi Otávio Leite (PSDB), um dos campeões de leis aprovadas na atual legislatura, com 27 leis e 87 projetos, que assumiu a vice-prefeitura da capital. Permaneciam indefinidas as situações de Nelson do Posto (PMDB) e Gilberto Silva (PPS), eleitos respectivamente prefeito de Guapimirim e a vice de Duque de Caxias. O deputado do PPS declarou que pretende continuar na Alerj. A situação de Nelson do Posto será definida pela Justiça. Se o parlamentar conseguir assumir a prefeitura, o líder do Governo do Rio, Noel de Carvalho (PMDB), será efetivado e o niteroiense Adroaldo Peixoto (PSC) entrará como suplente.

Brasil
“A Varig, para nós brasileiros, não é simplesmente uma empresa de aviação, mas representa o espírito desbravador do povo brasileiro e a pujança da economia nacional, prestando bons serviços em um ramo extremamente competitivo e de custos tão elevados”, disse o presidente da Assembléia Legislativa do Rio, Jorge Picciani (PMDB), ao propor a entrega da Medalha Tiradentes ao diretor-presidente da Varig, Luiz Martins. A solenidade será hoje, às 18h.

Prêmios
A Incentive House, empresa de marketing de relacionamento pertencente à Accentiv”, rede internacional do Grupo Accor presente em dez países, aumentou em 30% seu faturamento em 2004, contabilizando R$ 400 milhões em volume de negócios. O mercado de incentivos brasileiro cresceu 15% no ano passado, segundo a empresa.

Imagem boa
Não se sabe se o déficit de espírito público permitirá, mas o prefeito do Rio, Cesar Maia, e a governadora do Estado do Rio de Janeiro, Rosinha Garotinha, estão diante de raro caso de oportunidade para um anúncio conjunto para divulgar a imagem do Rio no exterior. Depois da tragédia que se abateu nas outroras paradisíacas ilhas asiáticas, uma cidade que reúne 2 milhões de pessoas numa das praias mais famosas do mundo para um Réveillon, cujo principal incidente foi um problema de fumaça, tem tudo para divulgar de forma positiva sua imagem no mundo e ampliar sua participação no mercado de turismo mundial.

Artigo anteriorDerretendo
Próximo artigoFora da lei
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Inflação e PIB expõem falácia do Teto dos Gastos

‘Faz sentido?’, pergunta Paulo Rabello. ‘Claro que não’.

Mirem-se nos exemplos da Shell e da Exxon

Petrobras é fundamental para o desenvolvimento brasileiro.

Governo pode – e deve – controlar progresso tecnológico

Tecnologias transformadoras do século 20 não teriam sido possíveis sem liderança do Estado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

MPEs veem oportunidades geradas pela crise

Principal mudança foi alocação de recursos para trabalhar e atender remoto, seguida por investimentos em tecnologia para vendas não presenciais.

Mudança de sinais

Terça começou tensa para os mercados de risco no mundo; hoje, a expectativa para o dia é de Bovespa seguindo em recuperação.

Quatro conselheiros da Petrobras decidem deixar o cargo

Eles são representantes da União no Conselho da empresa, petrolífera divulgou nota ontem à noite.

Biden quer estados priorizando vacinação de professores

Presidente americano pediu que educadores recebam pelo menos uma dose de vacina.

PEC fiscal e lockdown ficam no radar em dia de PIB

Em Nova Iorque, as pressões dos treasuries e a queda das companhias de tecnologia tiveram forte impacto nas Bolsas.