“Non grata”

Enquanto o prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB), e o governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), capricham nos salamaleques para receber o presidente dos EUA, Barack Obama, que chega ao Brasil dia 20, dez entidades dos movimentos sociais, como Campanha O Petróleo Tem que Ser Nosso, UNE, MST e CUT, reunem-se, nesta quarta-feira, para declarar Obama persona non grata no Brasil. Entre as razões para criticar a presença do presidente estadunidense no país, eles apontam o olho gordo dos EUA nas riquezas do pré-sal: “As imensas reservas do pré-sal, estimadas em pelo menos US$ 10 trilhões, atraem a imensa cobiça dos EUA. Com certeza, o ouro negro brasileiro é uma das maiores motivações da vinda do presidente estadunidense ao nosso país”, salientam.

Uma coisa é uma coisa
Um consultor esclarece, através desta coluna, que não é necessário construir reatores eletronucleares para produzir radiofármacos e fontes de radiações para uso industrial ou agrícola.

Outra coisa é outra coisa
Responsável pelas instalações de Angra 1 e 2, a Eletronuclear diz que o projeto leva em conta o maior terremoto que poderia ocorrer na região e foi feito para suportar até a queda de um avião. Os sistemas de proteção de Angra 1 e 2 incluem barreiras de concreto e de aço no prédio onde fica o reator nuclear.
As usinas japonesas também levam em conta o maior terremoto possível na região e devem resistir a qualquer impacto externo, inclusive de eventuais desastres de avião. E são igualmente protegidas por envoltórias de aço.

Nuclear
Em tempo: esta coluna defende a continuidade do desenvolvimento do projeto nuclear brasileiro, inclusive para geração de energia – garantidas as condições máximas de segurança.

Cenários
Os diretores das duas maiores empresas brasileiras e do maior fundo de pensão do país farão palestra durante almoço que o Ibef-RJ realizará dia 28 próximo, no Jockey Club, no Centro do Rio de Janeiro. Almir Barbassa, diretor Financeiro da Petrobras, falará sobre “Desafios e Oportunidades”; Roberto Castello Branco, diretor da Vale, discutirá p “Crescimento Sustentável”; e Renê Sanda, diretor de Investimentos da Previ, abordará o tema “Racional de Investimentos dos Fundos de Pensão”

Pré-sal
Em tempos de escassez de mão-de-obra para o pré-sal, o Conselho Regional de Economia (Corecon-RJ) dá início, nesta terça-feira, ao curso “Economia e Planejamento na Indústria de Petróleo”. As aulas vão até 7 de abril, às terças e às quintas, das 18h45m às 21h30m. Natália Gonçalves de Moraes, a professora, é mestre em Planejamento Energético pela UFRJ. Mais informações em www.corecon-rj.org.br/inscricao.asp ou (21) 2103-0119.

Alternativas
Aproveitando o Programa de Terapia Natural, em que hospitais públicos do Rio estão autorizados a oferecerem tratamentos naturais (Lei 5471/09), a Faculdades Integradas de Jacarepaguá oferece 14 cursos básicos nas áreas de terapias naturais, holísticas e massoterapia a partir de abril. Informações em www.unizencursos.com

Guerrilha
Diante da epidemia de adictos em jogos eletrônicos – hábito já equiparado por especialistas a doenças como o vício em drogas – um educador sugere uma solução capaz de ajudar pais e educadores na batalha diária para limitar a presença das crianças diante das telas dos computadores: “No futuro, alguns jogo terão de vir com mecanismos de autodeslisgamento. Depois de um determinado período, os games desligariam o computador”, defende.

Eles sabem
Em tempo: nunca é demais lembrar que Biil Gates, um dos bilionários mundiais que mais devem sua fortuna à indústria de TI, anunciou durante palestra limitar a apenas uma hora diária o tempo que permite seu filho, à época com oito anos de idade, acessar seu computador. Nos fins de semana, essa restrição – que não inclui o uso para tarefas escolares – sobe para duas horas. Diante da indagação do garoto se a restrição seria para sempre, Gates esclareceu: “Não, apenas enquanto eu te sustentar.”

Artigo anteriorZebra
Próximo artigoDestruição criadora
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Vacinas vendidas por até 24x o custo de produção

Aliança denuncia altos lucros dos laboratórios.

Energia rara e cara

Modelo equivocado colocou Brasil entre os campeões de tarifas elevadas.

União perde bilhões de dólares no petróleo

Lei isentou campo mais produtivo de pagamento de participações especiais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Auxílio impulsiona captação da poupança: R$ 6,37 bi em julho

Depósitos superam retiradas pelo quarto mês seguido.

Bahia e Sergipe exercerão direito de preferência em relação à Gaspetro

Privatização pode levar a monopólio de 2/3 do gás canalizado do país.

Câmara aprova projeto que privatiza os Correios

Nos EUA, ninguém pensa em abrir mão do serviço estatal.

Banco Mundial fez desembolso recorde para América Latina

Recursos para combater efeitos da pandemia na região que concentra 1 em cada 3 mortes globais.

Preço do diesel avançou quase R$ 1 por litro até julho

Valor médio registrado nos postos no último mês foi de R$ 4,803.