Norueguesas investem US$ 2 bi na Bacia de Campos

O projeto de desenvolvimento do campo de petróleo de Peregrino, na Bacia de Campos (RJ), vai custar US$ 2 bilhões, anunciou nesta quinta-feira a porta-voz da Norsk Hydro, Kama Holte Strand. O projeto será realizado pela companhia em conjunto com a Anadarko Petroleum, também norueguesa.
As duas companhias planejam iniciar a produção em 2010 no campo localizado a 85 quilômetros da costa brasileira, com uma reserva estimada entre 300 e 600 milhões de barris de petróleo pesado. “O custo total do projeto é de US$ 2 bilhões”, Cada uma das duas empresas tem 50% de participação no campo de petróleo.
A Hydro está encarregada da fase de planejamento e a Anadarko vai coordenar a execução do projeto e a fase de operações. “Vamos apresentar em breve um plano de desenvolvimento e operações”, afirmou Holte Strand.  A unidade de petróleo e gás da Norsk Hydro está sendo adquirida pela concorrente norueguesa Statoil, para formar uma grande produtora norueguesa até outubro.

Artigo anteriorMais que WTC
Próximo artigoFicha
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Batendo palma para maluco dançar

CPI precisa ser ágil para não deixar governistas propagarem mentiras impunemente.

Cristiano Ronaldo, Coca-Cola e Nelson Rodrigues

Atitude do craque português realmente derrubou ações da companhia de bebidas?

Empresa pode dar justa causa a quem não se vacinar?

Advogado afirma que companhias são responsáveis pela saúde no ambiente de trabalho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Pacientes com Covid têm dificuldades a benefício por incapacidade

Nesta terça, Bolsonaro vetou PL aprovado pelo Congresso que dispensa carência do INSS para novas doenças.

Sauditas vêm visitar regiões cafeeiras do Brasil

Brasileiros convidaram os compradores árabes para visitar as lavouras locais no próximo ano.

Senado aprova MP que aumenta a tributação sobre lucro dos bancos

Como houve mudança no texto, medida volta à apreciação da Câmara.

Abertura de empresas cresceu 17,9% em março

Segundo Serasa, comércio alavancou alta do índice; MEIs registram aumento e representam a maior parte das empresas criadas.

Receita libera consulta a segundo lote de restituição do IR

Lote será o maior da história em valor e em número de contribuintes.