Nossos nomes

No Brasil, Miguel e Helena; nos EUA, cresce tendência de nomes que atendem a todos os gêneros.

Segundo informação da Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen Brasil), Miguel e Helena foram os nomes mais atribuídos a recém-nascidos, 2021. Após investigação em mais de 2 milhões de registros realizados em 7.658 cartórios de registro civil existentes no Brasil, em 2021, Miguel foi o nome preferido para meninos, com mais de 28.301 registros, seguindo-se Helena, para meninas, com 21.890.

A lista é volátil. Não figuravam nela nomes como Gael que, ausente, sem constar nem entre os 50 mais até 2020, primeiro ano em que figura e aparece já na quarta posição na lista de registros. Supostas tendências, pela frequência com que figuram pela primeira vez na relação dos cinquenta mais registrados são Noah, Ravi, Isaac e Anthony, entre os meninos. Entre as meninas, Eloah e Liz. Ainda como suposição, Sophia, Maitê e Antonella.

 

Os 10 mais

Entre os meninos, os 10 nomes mais registrados, em 2021, são Miguel (14% dos registros do gênero); Arthur (13,2%); Gael (11,9%); Heitor (11,1%); Theo (9,5%); Davi (9,0%); Gabriel (8,5%); Bernardo (7,9%); Samuel (7,7%); e João Miguel (6,6%).

 

As 10 mais

Entre as meninas, os dez nomes mais registrados em 2021 são Helena (10,6% do total de registros deste gênero, em 2021); Alice (9,9%); Laura (8,9%); Maria Alice (7,1%); Valentina (5,6%); Heloísa (5,5%); Maria Clara (5,3%); Maria Cecília (5,2%); Maria Julia (4,9%); e Sophia (4,9%).

 

Hello, my name is

Nos EUA, há uma ferramenta de busca interativa (“Hello, my name is”) ligada ao banco de dados, criado em 1947 e desde então gerenciado por Andrew Thompson, com base nos registros incluídos na Administração da Seguridade Social Americana, que dialoga com interessados sobre a evolução de diferentes nomes próprios, desde 1910.

Desde então o nome masculino mais frequente é James (Thiago); seguido por John; Robert, Michael e William. E o nome feminino mais frequente é Mary, seguido por Patrícia Elizabeth, Jennifer, Linda e Barbara.

Uma tendência identificada por Thompson, no entanto, é de crescimento dos registros com nomes que atendam a todos os gêneros…

Paulo Márcio de Mello
Servidor público professor aposentado da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Anfavea espera que 2022 seja um ano de recuperação

Restrição na oferta de componentes deve ser menor este ano que no passado.

Governo sabota emprego doméstico

Desconto no Imposto de Renda, que acabou, incentivava a assinatura da carteira.

A ousadia da viúva Clicquot e a evolução do champanhe

Um dos seus empregados propôs um método que deu origem à rémuage, hoje integrada ao méthode champenoise.

Últimas Notícias

Empresa brasileira de produtos médico-hospitalares cresce 20% em 2021

Faturamento foi de R$ 28 milhões.

Brasileiro buscou mais crédito para compra de veículo

Veículos pesados e motos se destacam

Varejo, petrolíferas e bancos puxam Ibovespa

Siderúrgicas e Vale ficam na contramão do mercado

Uso de cheque cai ladeira abaixo

Avanço tecnológico mudou hábito arraigado da clientela

Covid-19 fecha 478 agências bancárias em SP

500 bancários foram confirmados com covid-19.